Trabalhos no bairro Morada do Ouro evoluem em diferentes etapas

0
23

Uma extensão de aproximadamente 30 mil metros quadrados, antes utilizada como ponto de descarte irregular de lixo, transformada em um espaço totalmente voltado ao lazer e à preservação ambiental. É com esse propósito que a Prefeitura de Cuiabá, o Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPE-MT), o Poder Judiciário – representado pelo Juizado Volante Ambiental (Juvam), a Águas Cuiabá, a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e o Instituto Ação Verde trabalham na recuperação de uma área verde situada no bairro Morada do Ouro.

A iniciativa, promovida por meio do projeto Água Para o Futuro, evolui de forma célere e, com uma atuação que contempla trabalhos em diferentes frentes, alcança, gradativamente, os estágios programados no cronograma da obra. Depois de finalizado o processo arborização – com o plantio de mais de 3 mil muda de árvores das mais variadas espécies, construção de calçadas e vagas para estacionamento, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos coordena a execução de novas etapas.

Atualmente, a equipe de operários disponibilizada para a execução do projeto trabalha nas atividades de terraplanagem, edificação da rede de drenagem – com mais de 40 metros de manilhas e quatro caixas de passagem, instalação dos postes de iluminação – com três luminárias cada, e marcação para a construção da passarela de madeira. Ainda nesta semana, o espaço onde será edificada a academia ao ar livre e playground deve receber a massa de concreto. A previsão é de que, até o fim de dezembro, a obra esteja concluída.

“O prefeito Emanuel Pinheiro nos deu a missão de promover a democratização dos espaços de lazer ao longo da cidade. A ideia do prefeito foi ao encontro daquilo que o projeto Água Para o Futuro busca, que é unir a preservação ambiental com oferta de locais para a recreação. Nesse sentindo, vimos nessa parceria com as demais instituições uma grande oportunidade para colocar em prática esse plano. A população da região da Morada do Ouro e bairros vizinhos, muito em breve, terá um área completamente transformada e que tem tudo para se tornar mais um cartão postal da cidade”, comenta o secretário José Roberto Stopa.

O Projeto

Implantado no ano passado, o Água Para o Futuro prevê a identificação, recuperação e preservação das nascentes distribuídas no território cuiabano. No total são quase 200 já mapeadas, sendo que a da Morada do Ouro é a de número 83 e foi escolhida como ponto de partida para a atividade. A recuperação da área degradada contempla a criação de dois espaços diferentes, alinhando a oferta de alternativas de recreação à população com a conservação ambiental.

O primeiro espaço do novo parque está voltado para a edificação de equipamentos que assegurem a conservação do manancial. O segundo, direcionado para o desfrute do cidadão, abrange a construção de uma pista de caminha e corrida com 700 metros de extensão, playground, estacionamento, relógio solar, pergolado de madeira, academia ao ar livre, praça mundo, dentre outros aparelhos.