Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

TECNOLOGIA

Xiaomi lança Redmi Note 10 Pro no Brasil com câmera de 108 MP por R$ 3,3 mil

Publicados

em

Redmi Note 10 Pro
Divulgação/Xiaomi

Redmi Note 10 Pro

A Xiaomi lança dois smartphones no Brasil nesta quarta-feira (5): o  Redmi Note 10 Pro e o  Redmi Note 10S . Os modelos chegam com atrativos topo de linha e preços que começam na casa dos R$ 2,7 mil.

Redmi Note 10 Pro

O principal lançamento é o Redmi Note 10 Pro, que vem equipado com câmera principal de 108 MP. O conjunto traseiro é composto por quatro câmeras, e as demais são uma telemacro de 5MP, ultra angular de 8MP e um sensor de profundidade de 2MP.

A lente de 108 MP vem com um sensor óptico de 1/1.52″, que permite maior entrada de luz para a realização de boas fotos noturnas. Além disso, alguns efeitos interessantes e bastante conhecidos da Xiaomi , como os foto clones (que colocam a mesma pessoa várias vézes em uma imagem ou vídeo) e a longa exposição, estão presentes.

No que diz respeito ao design, o modelo tem tela de 6,67 polegadas AMOLED – é a primeira vez que a tecnologia chega à família Redmi Note. Um pequeno e discreto notch abre espaço para a câmera frontal de 16 MP. Um recurso exclusivo do Redmi Note 10 Pro é a presença de taxa de atualização de 120 Hz. A tela é equipada, ainda, com Gorila Glass 5 , que garante a proteção, e a traseira também é de vidro.

O smartphone vem com 5.020 mAh de bateria , e a Xiaomi promete que ela dura em torno de 50 horas para uso geral. O carregador rápido de 33W (incluso na caixa) promete preencher a bateria em menos de uma hora, alcançando 59% em 30 minutos.

Leia Também:  BMW confirma chegada da R 1250 RT ao Brasil

Apesar de tantas configurações premium, o celular tem um processador utilizado em modelos intermediários, o Qualcomm Snapdragon 732G , que vem acompanhado de 6 GB de memória RAM. O sistema operacional é o Android 11 , equipado com a MIUI 12Confira nosso review sobre o Redmi Note 10 Pro.

Redmi Note 10S

Redmi Note 10S
Divulgação/Xiaomi

Redmi Note 10S

O Redmi Note 10S é um smartphone um pouco mais modesto, embora bastante parecido com seu irmão maior. Dentre as diferenças, estão:

  • Câmera principal de 64 MP acompanhada de ultra grande angular com 8MP, sensor de profundidade de 2MP e câmera macro de 2MP;
  • Tela de 6,43 polegadas com Gorila Glass 3;
  • 5.000 mAh de bateria;
  • Processador MediaTek Helio G95.

No restante das configurações, os smartphones são idênticos, com excessão das cores. Enquanto o Redmi Note 10 Pro tem as opções bronze gradiente, cinza ônix e azul glacial, o Redmi Note 10S tem as versões pedra branca, oceano azul e cinza ônix.

Você viu?

Preços do Redmi Note 10 Pro e Redmi Note 10S

Os modelos, que foram lançados na Índia no início de março , chegam ao Brasil por cerca de R$ 2 mil a mais. Luciano Barbosa, head do projeto Xiaomi Brasil, explica que isso acontece, sobretudo, devido à alta carga tributária brasileira, somada ao dólar e à crise global de chips .

“Essa falta de matéria-prima também está pegando, eu vou ser honesto porque é óbvio que se tem menos, aí o preço naturalmente sobe. Mas o principal ponto é a carga tributária”, afirma.

Leia Também:  Leo Dias toma choque ao vivo durante entrevista com o sertanejo Belutti

Como os produtos da Xiaomi no Brasil são importados, a empresa arca com muitos impostos . “Outras empresas também sofrem, mas nós sofremos diretamente 100% disso. Então outra marca que fabrica no Brasil, querendo ou não tem alguns incentivos por fabricar aqui. Claro, ela também sofre porque a matéria-prima dela vem de fora, mas ela sofre em um percentual, e nós sofremos 100%”, diz Luciano, que preferiu não falar em datas para uma produção nacional da Xiaomi. “Nossa operação ainda é jovem”, justificou, dizendo que a marca está no Brasil há menos de dois anos.

Apesar do alto preço, os celulares trazem especificações interessantes e já têm feito bastante sucesso no Brasil. Antes mesmo de ter o lançamento oficial, o  Redmi Note 10 Pro foi vendido durante a promoção Mi Fan Festival , no início de abril. Mesmo sem grande divulgação na ocasião, Luciano conta que as vendas chegaram a cerca de 70% das registradas no lançamento do Redmi Note 9S , no ano passado. “A gente estava com as lojas fechadas, e minha equipe de loja estava despachando bastante via Rappi. Teve uma excelente aceitação”, conta.

Confira os preços dos novos smartphones da Xiaomi no Brasil:

Redmi Note 10 Pro

  • 64 GB de armazenamento – R$ 3.299,99
  • 128 GB de armazenamento – R$ 3.399,99

Redmi Note 10S

  • 64 GB de armazenamento – R$ 2.799,99
  • 128 GB de armazenamento – R$ 2.999,99

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

Leilão do 5G já tem data para acontecer; confira

Publicados

em


source
5G
Justin Tallis/Divulgação

5G

Quando a primeira versão do edital do 5G foi apresentada, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) alegou que não havia tempo hábil para as mudanças, ainda. Agora dos cinco conselheiros do órgão, três já votaram a favor do leilão acontecer no dia 4 de novembro.

A informação é do colunista Lauro Jardim, que diz ainda que o Ministério das Comunicações receberá propostas de interessados até o dia 28 de outubro. 

A reunião da Anatel acontece neste momento e transcorre para firmar a data do novo padrão de tecnologias da rede banda larga. A expectativa é que o certame movimente R$ 44 bilhões.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Qual é melhor? Amazon Prime Video cresce mais que Netflix no Brasil
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA