Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

TECNOLOGIA

Xiaomi lança Redmi K40 com especificações poderosas a partir de R$ 1,7 mil

Publicados

em


source

Olhar Digital

Xiaomi lança linha Redmi K40
Divulgação/Xiaomi

Xiaomi lança linha Redmi K40


A Redmi , subsidiária da Xiaomi , lançou nesta quinta-feira (25) sua linha de smartphones K40 com tela, processamento e áudio aprimorados. Os modelos são equipados com display AMOLED, chips da Qualcomm e alto-falantes duplos.

O Redmi K40 , modelo de entrada, adotou o novo chip Snapdragon 870, com 8 núcleos, fabricação em 7 nm e frequência máxima de 3,2 GHz. O telefone é equipado com o processador gráfico Adreno 650, que promete rodar todos os jogos do mercado sem travamentos.

Já o K40 Pro e K40 Pro+ utilizam o mais recente Snapdragon 888 – mesmo SoC do Mi 11 –, com núcleo Arm Cortex-X1 e processo de fabricação em 5 nm.

Conectividade e especificações da linha K40

O Redmi K40 suporta Wi-Fi 6, enquanto o Redmi K40 Pro e o K40 Pro+ foram aprimorados com suporte ao padrão Wi-Fi 6E, que aumenta as velocidades da rede para até 3,5 Gbps. Com isso, de acordo com a fabricante, os smartphones da série prometem “conexão Wi-Fi de alta velocidade e estável”, mesmo em ambientes com vários dispositivos conectados.

Todos os modelos possuem tela de 6,67 polegadas com uma pequena perfuração na parte superior para o sensor de câmera frontal de 20 MP. O display, fabricado pela Samsung e com tecnologia AMOLED, pode atingir brilho máximo de 1.300 nits e oferece suporte ao padrão de imagens em HDR10+. A taxa de atualização de 120 Hz também é algo que vai permitir que os dispositivos ofereçam uma experiência mais suave e satisfatória nos jogos.

Você viu?

A série K40 também suporta detecção de luz em 360° graças ao seu conjunto de sensores de iluminação. Esses sensores servem para melhorar a precisão do ajuste automático de brilho, oferecendo 8.192 níveis de ajuste. Os celulares também apresentam um sensor de luz ambiente embutido que ajusta a temperatura da cor da tela de acordo com os níveis de iluminação do ambiente. Isso permite que o celular combine a temperatura da cor com os níveis de iluminação em tempo real.

Leia Também:  Mesmo descontinuado, Windows 7 cresce e está presente em 23% dos PCs

Com som Dolby Atmos, a fabricante diz que a linha K40 entrega “qualidade de áudio incrível, com detalhes, profundidade e realismo incomparáveis através dos fones de ouvido e dos alto-falantes embutidos”.

Câmera tripla

O Redmi K40 Pro+ , o mais completo da turma, é fabricado com um conjunto de câmeras triplas, composto por: uma câmera principal de 108 MP, um sensor grande-angular de 8 MP e uma lente macro de 5 MP. Já os modelos Redmi K40 Pro e o K40 se diferem, respectivamente, pela câmera principal de 64 MP e 48 MP, respectivamente.

A câmera de 108 MP , restrita ao K40 Pro+, promete melhorar a qualidade das imagens captadas em condições de pouca luz. A tecnologia de ISO duplo do sensor pode capturar um nível de detalhes superior tanto em áreas escuras como em condições de iluminação intensa.

Já a lente grande-angular de 119°, presente em todos os modelos, foi adaptada para as fotos de paisagens, edifícios e grupos de pessoas. Por fim, o sensor macro, equivalente a uma lente 50mm, permite foco mais claro nos detalhes das imagens.

A série Redmi K40 também possui o recurso Audio Zoom para captura de vídeos. Ao contrário dos microfones duplos, padrão em muitos smartphones, os dispositivos Redmi K40 são construídos com três. Ao gravar um vídeo, esse terceiro microfone permite que o aparelho “amplie” o som em conjunto com a imagem, melhorando a recepção de áudio durante uma filmagem.

Leia Também:  Marca de eletrônicos, Xiaomi quer virar fabricante de carros

Visual, bateria e preço

Com apenas 7,8 mm de largura, os dispositivos K40 são finos sem comprometer a vida útil da bateria, trazendo 4.500mAh de capacidade. Segundo a Xiaomi , os smartphones “passam facilmente um dia inteiro de uso sem a necessidade de recarga” e suportam carregamento rápido de 33 watts, que pode recarregar o aparelho de 0% até 100% em 52 minutos. A fabricante chinesa também oferece um sensor infravermelho, que transforma o celular em controle remoto, além do NFC para pagamentos.

Os dispositivos da série Redmi K40 vêm em três cores: preto brilhante, branco gelado e azul dreamland, todos com quatro variantes de armazenamento: 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento, e 8 GB de RAM e 128 GB, com preços de RMB 1.999 (R$ 1.700) e RMB 2.199 (R$ 1.885) respectivamente; e 8 GB de RAM e 256 GB, ou 12 GB de RAM e 256 GB, ambos por RMB 2.699 (R$ 2.310).

O K40 Pro oferece três versões de armazenamento: 6 GB + 128 GB, 8 GB + 128 GB e 8 GB + 256 GB; os preços são de 2.799 RMB (R$ 2.400), 2.999 RMB (R$ 2.570) e 3.299 RMB (R$ 2.825), respectivamente. Por fim, o Redmi K40 Pro+ , com 12 GB de RAM e 256 GB de espaço interno, sai por RMB 3.699 (R$ 3.170).

O Redmi K40 e o K40 Pro, ainda em pré-venda, estarão disponíveis para compra a partir da próxima quinta-feira (4) nos canais oficiais da Xiaomi na China . Já o K40 Pro+ chega às prateleiras apenas no fim de março.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

Seguindo tradição, chegada do iPhone 13 às lojas tem filas e aplausos a clientes

Publicados

em


source
Início das vendas do iPhone 13 em Londres
Divulgação/Apple

Início das vendas do iPhone 13 em Londres

A linha iPhone 13 e os novos iPad e iPad Mini chegaram oficialmente às lojas da Apple em várias localidades do mundo nesta sexta-feira (24). Como tradicionalmente, as Apple Stores registraram filas de clientes e os primeiros compradores foram aplaudidos pelos funcionários da empresa.

iPhone 13, iPhone 13 Mini, iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max  foram lançados na semana passada e estavam em pré-venda desde a última sexta-feira (17). Foi somente hoje, porém, que os dispositivos chegaram às lojas físicas dos Estados Unidos, Austrália, Canadá, China, Alemanha, Índia, Japão, Reino Unido e mais 30 países e regiões. Por enquanto, os modelos não têm data para chegarem ao Brasil.

A Apple divulgou fotos de sua loja oficial em Londres, no Reino Unido, e em Pequim, na China. Em ambas, é possível ver filas, clientes sendo aplaudidos e adquirindo seus novos iPhone 13. Confira:

Mesmo sem data para chegar ao Brasil, os preços oficiais da linha iPhone 13 no país já foram divulgados pela Apple. Por aqui, o modelo mais caro, o  iPhone 13 Pro Max com 1TB de armazenamento, sai por R$ 15,5 mil –  o valor é o mais alto praticado em um smartphone no país.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA