Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

TECNOLOGIA

Linha Redmi Note da Xiaomi ultrapassa 200 milhões em vendas no mundo

Publicados

em


source

Tecnoblog

Redmi Note 10 Pro
Divulgação/Xiaomi

Redmi Note 10 Pro

A Xiaomi está colhendo bons frutos com a linha Redmi Note . A família de smartphones da companhia chinesa ultrapassou a margem de 200 milhões de unidades comercializadas globalmente. A marca chega após a empresa vigorar entre as três maiores fabricantes de celulares do mundo no primeiro trimestre de 2021.

Você viu?

O resultado é destinado às vendas da categoria como um todo. Em uma publicação na rede social chinesa Weibo, a marca anunciou nesta quinta-feira (20) que vendeu 200 milhões de unidades do telefone até o momento. Em novembro de 2020, a cifra era de 140 milhões de celulares comercializados.

Os números mostram a expressividade da linha que surgiu em 2014. Mais tarde, em 2019, a Xiaomi transformou a Redmi em uma marca independente. Sua estreia se deu com o lançamento do Redmi Note 7 no mesmo ano, cujo estoque se esgotou em menos de 9 minutos. O celular chegou a ser vendido no Brasil pela DL Eletrônicos.

No primeiro trimestre de 2021, a Xiaomi conseguiu outra marca positiva. Segundo a consultoria Strategy Analytics, a companhia alcançou a terceira colocação no mercado global de celulares, atrás somente da Samsung e Apple , respectivamente. Além disso, a empresa teve um crescimento de 80% em relação ao mesmo período do ano passado.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

Seguindo tradição, chegada do iPhone 13 às lojas tem filas e aplausos a clientes

Publicados

em


source
Início das vendas do iPhone 13 em Londres
Divulgação/Apple

Início das vendas do iPhone 13 em Londres

A linha iPhone 13 e os novos iPad e iPad Mini chegaram oficialmente às lojas da Apple em várias localidades do mundo nesta sexta-feira (24). Como tradicionalmente, as Apple Stores registraram filas de clientes e os primeiros compradores foram aplaudidos pelos funcionários da empresa.

iPhone 13, iPhone 13 Mini, iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max  foram lançados na semana passada e estavam em pré-venda desde a última sexta-feira (17). Foi somente hoje, porém, que os dispositivos chegaram às lojas físicas dos Estados Unidos, Austrália, Canadá, China, Alemanha, Índia, Japão, Reino Unido e mais 30 países e regiões. Por enquanto, os modelos não têm data para chegarem ao Brasil.

A Apple divulgou fotos de sua loja oficial em Londres, no Reino Unido, e em Pequim, na China. Em ambas, é possível ver filas, clientes sendo aplaudidos e adquirindo seus novos iPhone 13. Confira:

Mesmo sem data para chegar ao Brasil, os preços oficiais da linha iPhone 13 no país já foram divulgados pela Apple. Por aqui, o modelo mais caro, o  iPhone 13 Pro Max com 1TB de armazenamento, sai por R$ 15,5 mil –  o valor é o mais alto praticado em um smartphone no país.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA