Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

TECNOLOGIA

HBO Max terá ao menos 10 filmes exclusivos da Warner Bros por ano

Publicados

em


source
Space Jam: um Novo Legado
Reprodução

Space Jam: um Novo Legado

Após adotar uma estratégia ousada de lançar simultaneamente, nos EUA, seus filmes nos cinemas e no streaming , a Warner Bros . promete uma postura mais tradicional a partir de 2020. A partir do próximo ano, o estúdio pretende manter seus grandes lançamentos nas salas de exibição por pelo menos 45 dias antes de chegar ao streaming. A grande novidade, porém, é que a Warner Bros. também vai investir mais em longas-metragens exclusivos para a HBO Max , com pelo menos dez lançamentos por ano.

Em outros mercados, como no Brasil, a Warner segue realizando seus lançamentos primeiro nos cinemas, com lançamento posterior na HBO Max. Enquanto nos EUA o mais recente filme do estúdio, Space Jam: um Novo Legado , teve estreia simultânea no streaming e nas salas, aqui o título chegou exclusivamente nos cinemas. Só depois que, em data a definir, que o longa-metragem chega ao catálogo nacional do serviço de streaming.

Você viu?

A informação foi apresentada pelo CEO da WarnerMedia, Jason Kilar, em teleconferência com investidores sobre os resultados do segundo trimestre do ano. De acordo com a Variety , Kilar explicou que quer fortalecer o calendário de estreias da HBO Max com filmes exclusivos ao mesmo tempo que outras produções da Warner Bros. serão exibidas primeiramente nos cinemas.

Leia Também:  Dia das Bruxas: 5 filmes de bruxas para ver

Cinema continua importante

Kilar enfatizou, no entanto, que não enxerga a indústria cinematográfica retornando ao padrão visto em anos anteriores, com janelas de 75 a 90 dias entre a data de exibição nos cinemas a chegada dos títulos ao home video . O CEO não adiantou detalhes sobre os filmes exclusivos da HBO Max , mas o primeiro da fila deve ser Batgirl , que está em fase inicial de desenvolvimento.

“É evidente que o cinema importa e continuará sendo importante”, disse Kilar, que citou como exemplo recente o desempenho positivo de Godzilla Vs. Kong nas salas de exibição, que teve bilheteria de US$ 560 milhões. Ele também destacou que a chegada desses filmes ao streaming também é convertido em receita, já que atrai assinantes para a HBO Max .

Leia Também:  Facebook lança app que paga usuários por opiniões no Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

Seguindo tradição, chegada do iPhone 13 às lojas tem filas e aplausos a clientes

Publicados

em


source
Início das vendas do iPhone 13 em Londres
Divulgação/Apple

Início das vendas do iPhone 13 em Londres

A linha iPhone 13 e os novos iPad e iPad Mini chegaram oficialmente às lojas da Apple em várias localidades do mundo nesta sexta-feira (24). Como tradicionalmente, as Apple Stores registraram filas de clientes e os primeiros compradores foram aplaudidos pelos funcionários da empresa.

iPhone 13, iPhone 13 Mini, iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max  foram lançados na semana passada e estavam em pré-venda desde a última sexta-feira (17). Foi somente hoje, porém, que os dispositivos chegaram às lojas físicas dos Estados Unidos, Austrália, Canadá, China, Alemanha, Índia, Japão, Reino Unido e mais 30 países e regiões. Por enquanto, os modelos não têm data para chegarem ao Brasil.

A Apple divulgou fotos de sua loja oficial em Londres, no Reino Unido, e em Pequim, na China. Em ambas, é possível ver filas, clientes sendo aplaudidos e adquirindo seus novos iPhone 13. Confira:

Mesmo sem data para chegar ao Brasil, os preços oficiais da linha iPhone 13 no país já foram divulgados pela Apple. Por aqui, o modelo mais caro, o  iPhone 13 Pro Max com 1TB de armazenamento, sai por R$ 15,5 mil –  o valor é o mais alto praticado em um smartphone no país.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA