Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

TECNOLOGIA

FCA e TIM lançam parceria para carros com conectividade a bordo a partir de 2021

Publicados

em


source
fca tim jeep compass
Divulgação/Leo Lara

Parceria entre FCA e TIM trará conectividade aos carros

Futuros lançamentos das marcas Fiat , Jeep e RAM fabricados a partir da primeira metade de 2021 já virão conectividade embarcada. A novidade foi anunciada nesta quarta (28) durante apresentação online de CEO´s da Fiat Chrysler Automóveis (FCA) e da operadora TIM .

Os executivos da TIM e da FCA não deram detalhes específicos sobre o funcionamento prático da novidade e nem quanto impactará no valor dos veículos , mas disseram que os “clientes vão se surpreender”.

Haverá uma plataforma integrada às funções multimídia do veículo e também com parceiros externos, como redes de fast food, restaurantes, postos de gasolina e serviços, como seguro do automóvel.

Será possível, por exemplo, receber no veículo o anúncio de uma promoção de lanche de uma cadeia de fast-food e, em um toque, escolher o sanduíche desejado. Com um outro toque, realizar o pagamento. E, sem seguida, passar pela lanchonete e buscar o pedido. Sem invadir a privacidade dos usuários.

Leia Também:  Chevrolet Tracker LTZ 1.0 Turbo estreia a partir de R$ 105.490

“O carro conectado criará uma experiência digitalizada e personalizada do usuário, que terá acesso a serviços e tecnologias integradas, fáceis de usar e seguras, mudando a forma como o carro é utilizado e como os ocupantes se relacionam com tudo o que está ao redor”, comenta André Souza, chief information officer da FCA para a América Latina.

Os veículos já virão com o chip virtual eSIM para acesso a Wi-Fi nativo a bordo, com cobertura 4G da operadora. Será possível, por exemplo, dar a partida remotamente no veículo e acionar o ar-condicionado para garantir a temperatura interna desejada antes mesmo de entrar no automóvel. Os proprietários também poderão fazer a identificação remota de eventuais falhas carro , por meio de sensores conectados, que vão enviar os dados aos servidores da montadora, para que seja feita a análise.

“Na medida em que conhecemos e aprendemos junto com o consumidor, teremos condições de desenvolver novas soluções que irão melhorar significativamente sua experiência ganhando mais conveniência e fluidez”, disse Luis Santamaria, diretor de Mopar – o braço de pós-vendas, peças, acessórios e serviços da FCA.

Leia Também:  Empreendedores locais apostam em parceria com fintechs para cresce

Cobertura 4G

Em relação à parceria entre FCA e TIM , a ideia é aproveitar a cobertura 4G da operadora (atualmente presente em mais de 3,5 mil cidades no Brasil). “Somos pioneiros no desenvolvimento de projetos com o 5G e acreditamos no potencial que a próxima geração de redes móveis tem, especialmente na geração de negócios explorando novas possibilidades”, destacou Alberto Griselli, chief revenue officer da TIM Brasil.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

Procon de SP vai exigir que Apple forneça carregador para iPhones

Publicados

em

O  Procon-SP irá exigir a disponibilização do carregador do iPhone caso o consumidor solicite. A nova manifestação do órgão surge semanas após a notificação enviada à Apple em outubro , que solicitou explicações por vender o iPhone 11, XR e SE sem o adaptador de tomada na caixa, pouco antes do lançamento do iPhone 12 no país.

O comunicado desta quarta-feira (2) abre um novo episódio à ação da fundação devido à remoção do carregador das caixas dos celulares. Em resposta ao órgão paulista, a companhia afirmou que a alteração teve como objetivo a redução da emissão de carbono e lixo eletrônico, pois, em geral, os consumidores já possuem o adaptador de tomada em casa e não utilizam os acessórios novos que acompanham o smartphone.

Ainda assim, o Procon-SP irá exigir a disponibilização do adaptador de tomada aos clientes. “É incoerente fazer a venda do aparelho desacompanhado do carregador, sem rever o valor do produto e sem apresentar um plano de recolhimento dos aparelhos antigos, reciclagem etc”, disse Fernando Capez, diretor executivo do Procon-SP. “Os carregadores deverão ser disponibilizados para os consumidores que pedirem”.

Leia Também:  Hyundai terá carros elétricos capazes de funcionar como ponto de recarga

Em nota, o órgão paulista observa que o equipamento é “essencial para o uso do produto” e é esperado pelo consumidor durante a compra do celular. Ainda segundo o Procon-SP, a Apple não esclareceu se o uso de carregadores antigos ou de terceiros podem comprometer a recarga, a “segurança do procedimento” e a garantia, assim como não informou ao consumidor sobre a alteração e não demonstrou o ganho ambiental devido à remoção.

“A conduta da Apple será analisada pela diretoria de fiscalização e, caso sejam constatadas infrações à lei, poderá ser multada conforme prevê o Código de Proteção e Defesa do Consumidor”, afirmou o órgão. A empresa também foi notificada pela Senacon.

Procurada pelo Tecnoblog , a Apple não se manifestou sobre o assunto.

Apple passa a vender iPhones sem carregador

Em outubro, além de apresentar o novo iPhone 12, a Apple também anunciou que não venderia mais celulares com o carregador e fones de ouvido na caixa. A alteração, no entanto, afetou não somente a nova linha de smartphones da marca, como, também, o iPhone 11, XR e SE.

Segundo a Apple, a remoção acontece para preservar o meio ambiente, ao reduzir a emissão de lixo eletrônico. No lugar, a companhia sugeriu os usuários a utilizarem seus acessórios antigos, incluindo o cabo Lightning, que ainda acompanha os smartphones na embalagem. Caso não possua em casa, o consumidor terá comprá-los separadamente.

Leia Também:  Senado Federal oferece visita virtual guiada a partir desta quinta-feira

Com informações: Procon-SP

Procon-SP vai exigir que Apple forneça carregador para iPhones

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA