Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

AÇÃO CRIMINOSA

Cabos elétricos do Hospital Estadual Santa Casa são furtados e polícia investiga caso

Publicados

em

A Polícia Civil já iniciou a investigação do furto de 25 metros de fios do quadro da rede elétrica do Hospital Estadual Santa Casa, que aconteceu na noite de domingo (27.09), e ocasionou a suspensão da energia em parte da unidade hospitalar.

Esta é a segunda vez que cabos de energia são furtados na unidade no mês de setembro. O primeiro caso ocorreu no dia 21 e os cabos foram retirados do mesmo local. A direção da Santa Casa registrou boletim de ocorrência nas duas ações e aguarda o resultado da investigação.

A diretora do Hospital Estadual Santa Casa, Patricia Dourado, informou que o setor mais prejudicado, durante o período de interrupção de energia, neste domingo, foi a UTI COVID. Ela ressaltou, que apesar da falta de energia não houve agravamento do quadro clínico dos pacientes internados, pois os equipamentos dos leitos de UTIs possuem baterias para permanecer com funcionamento por 24 horas.

Toda a unidade já funciona normalmente com a energia elétrica restabelecida.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  "Vou voltar a ter paz", desabafa ex-mulher de Carlinhos Mendigo
Propaganda

POLÍCIA

Motoristas são flagrados dirigindo sob efeito de álcool em Várzea Grande

Publicados

em

Três motoristas foram presos por embriaguez ao volante durante a 13º edição da Operação Lei Seca, realizada na tarde de domingo (25.10), na MT-070, km 530, em Várzea Grande. A ação começou às 16h40 e seguiu até às 18h. No período, foram confeccionados 50 Autos de Infração e realizados 68 testes de alcoolemia. Ao todo, 22 veículos foram recolhidos.

Do total de Autos de infração, oito foram pelo artigo 165 (dirigir sob influência de álcool) e dois pelo artigo 165-A (recusa a ser submetido ao teste de alcoolemia). Todos os AITs são aplicados com base na Lei Nº 9.503, do Código Brasileiro de Trânsito.

A Operação Lei Seca é realizada de forma integrada e coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI-E) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Nesta edição, participaram representantes das Polícias Militar (PM-MT), Civil (PJC-MT) e Rodoviária Federal (PRF), Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), Guarda Municipal e Sistema Penitenciário de Mato Grosso (Sispen).

Legislação

A multa para o motorista que é flagrado dirigindo sob efeito alcoólico é de R$ 2.934,70. No momento do teste do bafômetro, o condutor que tiver índice de álcool no sangue superior a 0,33 miligramas por litro de ar expelido será preso, pagará multa, terá a CNH suspensa e responderá por crime.

Leia Também:  Marido dorme fora de casa e encontra mulher morta ao voltar

Quando a quantidade de álcool for abaixo de 0,33mg/l, o condutor é autuado, tem a CNH retida e paga multa.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA