Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

NA MADRUGADA

Suspeito de estuprar e agredir vítima é preso em flagrante

Publicados

em

A Polícia Civil de Sorriso (442 km ao norte de Cuiabá) prendeu em flagrante, um homem apontado como autor de crime de estupro e cárcere privado ocorrido durante a madrugada no município. O suspeito, de 21 anos, é vizinho da vítima e a manteve refém por quase 12 horas enquanto praticava os abusos e agressões.

As diligências iniciaram após a vítima, de 25 anos, comparecer à Delegacia de Sorriso, visivelmente abalada e com vários hematomas pelo corpo para comunicar o crime. A comunicação ocorreu logo após ser libertada pelo agressor. Segundo as informações, o suspeito pulou o muro da sua casa por volta de meia noite e meia,  e em posse de uma faca a ameaçou, agrediu fisicamente e obrigou a vítima a manter relações sexuais no período em que permaneceu dentro da residência.

Além do abuso sexual, a vítima foi agredida com socos, tapas e mordidas, a todo tempo sendo ameaçada com a faca. O suspeito ainda filmou a vítima e disse que publicaria os vídeos nas redes sociais, caso fosse denunciado.

O suspeito manteve a vítima em cárcere até 11 horas deste sábado (17), momento em que ela conseguiu convencê-lo de que não iria o denunciar e que deveria liberá-la.

Leia Também:  Suspeito em cinco inquéritos de violência doméstica tem prisão cumprida

Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Delegacia de Sorriso, coordenada pelo delegado José Getúlio Daniel iniciou as diligências em buscas do suspeito, conseguindo realizar sua prisão em flagrante.  O suspeito foi flagrando com a motocicleta da vítima no estacionamento de um supermercado da cidade.

Ele foi conduzido à Delegacia de sorriso e após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de estupro.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Polícia Civil cumpre ordens judiciais em investigação contra vereador

Publicados

em

A Polícia Civil em Rio Branco (356 km a oeste de Cuiabá) deflagrou nesta terça-feira (11.05) a Operação “Luva Branca” para cumprimento de mandado de busca e apreensão e indisponibilidade de bens em desfavor de um vereador do município de Lambari d’Oeste, que é investigado por furto qualificado.

A operação teve origem em investigações realizadas pela Delegacia da Polícia Civil de Rio Branco que apurou que vereador, que também é técnico de enfermagem do município, teria, durante o gozo de licença prêmio, se utilizado do cargo para enganar um idoso e subtrair seu cartão de crédito.

Segundo a vítima, o vereador marcou uma consulta que não foi solicitada por ela. Durante a realização de um exame, o servidor público pediu que o idoso fechasse os olhos por 15 minutos.

Após a consulta, a vítima foi ao banco e não encontrou seu cartão magnético. Para sua surpresa, ao tentar pedir o bloqueio do cartão, o idoso descobriu que alguém estava utilizando-o para realizar saques em sua conta bancária.

Ao conferir as filmagens da agência bancária, os policiais civis descobriram que o suspeito era o vereador e foi a única pessoa que esteve no banco no momento em que os saques foram realizados.

Leia Também:  Investigação chega a autor de latrocínio de vítima que estava desaparecida em Sapezal

Em decorrência da operação, o vereador teve bens bloqueados em quantia equivalente ao prejuízo causado à vítima. Os policiais cumpriram busca em sua residência para localização do cartão bancário subtraído e de outros elementos que possam auxiliar a Polícia Civil no esclarecimento dos fatos.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA