Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

LUTO

Sesp-MT lamenta falecimento de policiais penais em acidente de carro

Luto por policiais penais que morreram em acidente de carro – Foto por: Sistema PenitenciárioLuto por policiais penais que morreram em acidente de carro

Publicados

em

Três policiais penais da Cadeia Pública de Alta Floresta (800 km ao Norte de Cuiabá) sofreram um acidente de carro, nesta terça-feira (06.04), no Km 27 da BR-163, próximo ao Posto Gil. Eles retornavam de uma escolta feita até a capital, onde acompanharam um reeducando da unidade para ser internado no Hospital Psiquiátrico Adauto Botelho, quando colidiram com uma carreta.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) lamenta profundamente que dois deles, Alexsandro Leite e Giovane Matos da Silva, tenham morrido no acidente. Alexsandro tinha 45 anos de idade e era natural de Osasco (SP), já Giovane tinha 38 anos de idade e nasceu em Alta Floresta.

O outro policial penal que estava na viatura do Sistema Penitenciário, Nivaldo Dias da Silva, de 45 anos, natural de Altonia (PR), foi socorrido com ferimentos. Ele foi atendido no local por uma equipe da concessionária Rota do Oeste e, posteriormente, resgatado por uma aeronave do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). Nivaldo passou por uma cirurgia na perna, permanece internado e seu estado de saúde é considerado estável.

O superintendent regional Oeste do Sistema Penitenciário, João Borba, afirmou que eles iriam pernoitar na cidade de Sinop (505 km ao Norte da capital), para seguir viagem nesta quarta-feira (07.04), e evitar pegar a estrada no período da noite.

Leia Também:  Projeto de lei quer aumentar pena para receptação de carro roubado

“Perdemos pessoas dedicadas, bons profissionais, que estavam no cumprimento de suas funções. Estiveram comigo pela manhã, quando trouxeram o reeducando para a internação no Adauto Botelho. E aproveitavam a viagem de volta à Alta Floresta para levar alguns materiais, como testes de Covid-19, medicamentos, capas de colete, como é de praxe quando há escoltas e missões cumpridas por servidores dessas unidades do interior”, lamenta.

Segundo ele, é uma grande perda não só para o Sistema Penitenciário, mas também para os familiares, com os quais, em nome de toda a categoria, se solidariza. “Imaginamos o sofrimento para toda a família neste momento e prestamos nossa solidariedade e estimamos força e conforto. Nós também, que somos colegas, sentimos muito, e nos faltam palavras para expressar essa dor”, acrescenta João Borba.

O secretário adjunto de Administração Penitenciária, Jean Carlos Gonçalves, endossa o sentimento de pesar e reforça a contribuição dos servidores ao longo da vida. “Agradecemos pela dedicação em prol do Sistema Penitenciário e da segurança como um todo, sempre foram motivos de orgulho, e por isso lamentamos muito esse trágico acidente. Emanamos força à família neste momento de dor, e também voltamos nossas energias para que o servidor Nivaldo se recupere logo”.

Quanto a informações que circulam sobre o desaparecimento de armas que os policiais penais envolvidos no acidente portavam, o superintendente esclarece que uma equipe do Serviço de Operações Especiais (SOE) que estava na Cadeia de Diamantino e o diretor da Cadeia de Nova Mutum estiveram no local assim que foram informados do acidente. Eles encontraram no entorno da viatura uma pistola e três carregadores de pistola, sendo que as outras duas armas poderiam estar presas entre as ferragens.

Leia Também:  Bandidos disfarçados de policiais dopam homem de 36 anos e roubam R$ 5,7 mil

Porém, após a averiguação feita pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), as pistolas não foram encontradas. Neste caso, a possibilidade de furto será investigada pela Polícia Judiciária Civil (PJC-MT).

Luto no Sistema Penitenciário

O último mês de março tem sido difícil para os policiais penais e toda a segurança pública, com mortes de sete profissionais, sendo seis em decorrência do coronavírus (Covid-19). A Sesp-MT lamenta todas essas perdas e estende condolência a todos os familiares e amigos.

O superintendente João Borba se deslocou, nesta quarta-feira (07.04), até Alta Floresta, para prestar apoio aos familiares dos servidores e aos colegas que integram a Cadeia Pública da cidade. Os corpos dos dois servidores foram liberados esta manhã pelo Instituto Médico Legal (IML) a uma funerária de Nova Mutum e, após os procedimentos necessários, serão levados pelo Ciopaer até Alta Floresta.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Polícia Civil recupera carreta roubada por criminosos armados

Publicados

em

Uma carreta roubada na BR-163 entre os municípios de Itaúba e Nova Santa Helena foi recuperada pela Polícia Civil, cerca de 24 horas após a comunicação do crime. No assalto, a vítima foi mantida refém pelos criminosos armados por aproximadamente 12 horas.

As investigações iniciaram no final da tarde de quinta-feira (15), após a equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF), conduzir a vítima até a Delegacia de Itaúba para registrar a ocorrência de roubo da carreta, ocorrido na BR 163.

Segundo as informações, o roubo ocorreu durante a madrugada de quinta-feira (15), quando os suspeitos aproveitaram o momento que a vítima reduziu em um quebra-molas para subir no caminhão.

Cerca de cinco quilômetros à frente, os criminosos armados abordaram o motorista e anunciaram o assalto. A vítima foi retirada do caminhão e levada para fora da pista, onde mantida refém por horas, sendo liberada somente no final da manhã, ocasião em que conseguiu pedir ajuda no posto da PRF.

Imediatamente, os policiais civis da Delegacia de Itaúba iniciaram as diligências para esclarecer o crime e durante os trabalhos, conseguiram localizar o veículo roubado na zona rural do município, na estrada do Rio do Fogo, a sete quilômetros da Rodovia MT 320.

Leia Também:  Projeto de lei quer isentar carro importado de imposto

O veículo foi apreendido e encaminhado para o pátio da Delegacia de Itaúba. As diligências continuam em andamento para identificar e prender os autores do crime.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA