Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

FEMINICÍDIO

Polícia Civil cumpre prisão de suspeito pela morte de adolescente em Guiratinga

Publicados

em

A Polícia Civil de Guiratinga (328 km ao sul de Cuiabá) prendeu o principal suspeito de matar uma adolescente de 16 anos na cidade. O rapaz de 24 anos foi preso em cumprimento a mandado de prisão temporária decretado pela Comarca do município pelo crime de homicídio qualificado (feminicídio).

A menor Ketrin Antunes de Lima desapareceu no dia 30 de agosto. Desde então, os policiais civis da Delegacia de Guiratinga iniciaram diligências ininterruptas para esclarecer o crime. No dia 03 de setembro, o corpo da vítima foi localizado em um prédio abandonado no bairro Tancredo Neves, já em estado avançado de decomposição.

Durante investigação, a equipe realizou várias oitivas e diligências e todas as evidências indicam como principal suspeito o rapaz com quem a menor estava se relacionando.

O jovem foi interrogado na Delegacia de Guiratinga e durante depoimento entrou em contradição por diversas vezes, sendo também percebido que ele tentava atrapalhar as investigações.

Diante dos indícios de autoria, a Polícia Civil representou pelo pedido de prisão temporária do suspeito. Com a ordem de prisão decretada pela Comarca do Município, os policiais civis efetuaram a prisão do rapaz na tarde de sexta-feira (18.09), em uma fazenda na zona rural de Guiratinga.

Leia Também:  PM descobre mulher transportando 13 sacos de coca durante abordagem

Conduzido para a delegacia, o suspeito foi novamente ouvido e negou as acusações. Em conformidade ao mandado, o preso foi encaminhado para uma unidade prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Assessoria | Polícia Civil-MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Motoristas são flagrados dirigindo sob efeito de álcool em Várzea Grande

Publicados

em

Três motoristas foram presos por embriaguez ao volante durante a 13º edição da Operação Lei Seca, realizada na tarde de domingo (25.10), na MT-070, km 530, em Várzea Grande. A ação começou às 16h40 e seguiu até às 18h. No período, foram confeccionados 50 Autos de Infração e realizados 68 testes de alcoolemia. Ao todo, 22 veículos foram recolhidos.

Do total de Autos de infração, oito foram pelo artigo 165 (dirigir sob influência de álcool) e dois pelo artigo 165-A (recusa a ser submetido ao teste de alcoolemia). Todos os AITs são aplicados com base na Lei Nº 9.503, do Código Brasileiro de Trânsito.

A Operação Lei Seca é realizada de forma integrada e coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI-E) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Nesta edição, participaram representantes das Polícias Militar (PM-MT), Civil (PJC-MT) e Rodoviária Federal (PRF), Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), Guarda Municipal e Sistema Penitenciário de Mato Grosso (Sispen).

Legislação

A multa para o motorista que é flagrado dirigindo sob efeito alcoólico é de R$ 2.934,70. No momento do teste do bafômetro, o condutor que tiver índice de álcool no sangue superior a 0,33 miligramas por litro de ar expelido será preso, pagará multa, terá a CNH suspensa e responderá por crime.

Leia Também:  Polícia Civil prende mulher com munições, drogas e R$ 9,5 mil no Pedra 90

Quando a quantidade de álcool for abaixo de 0,33mg/l, o condutor é autuado, tem a CNH retida e paga multa.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA