Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

DEFESA DA MULHER

Polícia Civil apreende arma de fogo usada por suspeito para ameçar esposa

Publicados

em

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher do município de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá), apreendeu na segunda-feira (19.07), uma arma de fogo durante cumprimento de mandado de busca e apreensão domiciliar.

O revólver de calibre 22 foi localizado pelos policiais civis dentro de uma fossa numa propriedade rural. O dono da arma de 59 anos, foi autuado em flagrante, dias antes por agredir fisicamente e ameaçar de morte sua esposa.

A prisão do suspeito ocorreu na noite de quinta-feira (15.07), após a equipe da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher ser acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica e familiar.

A vítima relatou que foi agredida pelo marido e ameaçada de morte diversas vezes, sendo uma das agressões cometidas com emprego de arma de fogo. Ela contou que nunca havia registrado boletim de ocorrência por temer pela reação do agressor.

Diante das informações, a Polícia Civil representou pelo pedido de busca e apreensão domiciliar, visando a localização da referida arma de fogo usada para ameaçar a mulher.

Leia Também:  Alvo de operação que investiga roubo de gado é localizado em pesqueiro

De posse da ordem judicial, os policiais civis foram até a propriedade onde o casal trabalha como caseiros, e localizaram o revólver escondido dentro de uma antiga fossa.

A arma foi apreendida e subsidiará o inquérito instaurado para apurar os crimes praticados no âmbito da Lei Maria da Penha. O investigado também responderá por posse ilegal de arma de fogo.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Polícia Civil identifica suspeitos e apreende armas de fogo

Publicados

em

Os autores do bárbaro homicídio que vitimou uma mulher em Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá) foram identificados e duas armas de fogo foram apreendidas pela Polícia Civil, durante diligências para apuração do crime.

Entre os envolvidos está um casal, formado por uma mulher de 31 anos e um menor de 16, apontados como autores da execução da vítima. Um segundo casal teria presenciado os fatos, não interferindo na ação dos executores.

O homicídio que vitimou Lázara Izabel Souza da Silva, de 35 ocasião em que a vítima foi com a tia buscar garrafas pet na residência vizinha. Havia dois casais na casa, e a tia decidiu ficar no local, onde ficou ingerindo bebida alcoólica com a suspeita e o marido dela.

Em determinado momento o casal entrou para a casa, ocasião em o suspeito saiu com uma arma de fogo atirando contra a vítima, que saiu correndo, porém foi alcançada pelo casal. Vendo que a vítima ainda estava com vida, a suspeita a esfaqueou, assim como o marido dela deu várias coronhadas na cabeça da vitima.

Leia Também:  Polícia Civil prende dois suspeitos e recupera 50 toneladas de soja furtadas

O outro casal não se envolveu na situação, porém ficou o tempo todo observando com uma espingarda calibre 28. Após o crime, os dois casais esconderam as armas e fugiram do local.  A vítima foi socorrida, porém não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã de sexta-feira (30).

Assim que foi acionada do crime, a equipe da Polícia Civil foi até o local, onde localizaram uma das armas escondida na mata. Em continuidade as diligencias, os policiais localizaram o casal, dono da residência. Questionados sobre a outra arma, eles confessaram que também estava escondida na região de mata próxima a casa.

O suspeito apontado como dono da arma, de apenas 18 anos, e casado com um menor de 15, foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e liberado após pagamento de fiança. O menor que atirou contra a vítima se apresentou na Delegacia na presença de advogado na sexta-feira (30), sendo ouvido e liberado.

A companheira dele, suspeita de esfaquear a vítima, continua foragida. Segundo as informações, o crime foi motivado por uma briga ocorrida em um bar no ano de 2018, ocasião em que a vítima o irmão da suspeita (casada com o menor).

Leia Também:  Cristina Mortágua quer leiloar calcinha usada em ensaio: "Estou sem dinheiro"

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA