Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

GAIOLA

GAp prende homem com arma de fogo e descobre dois mandados de prisão em aberto

Publicados

em

Em Peixoto de Azevedo (691 km de Cuiabá), policiais do Grupo de Apoio (GAp) do 22º Batalhão de Polícia Militar prenderam um homem de 46 anos por porte ilegal de arma. Ele levava na cintura um revólver calibre 38 com seis munições intactas.

A abordagem dele, ocorrida no estacionamento de um posto de combustíveis da principal avenida da cidade, a Lions Internacional, levou a descoberta de dois mandados de prisão em aberto. Ou seja, esse suspeito estava sendo procurado pela Justiça e tinha duas prisões decretadas conta ele.

Os dois mandados foram confirmados por meio do Banco Nacional de Mandados de Prisão(BNMP), órgão do Conselho Nacional de Justiça(CNJ), todavia os policiais não descobriram quais os crimes que levaram aos decretos de prisão. Em Peixoto de Azevedo, conforme narrativa da equipe do GAp, esse suspeito tem diversas passagens criminais.

O preso e a arma que portava foram entregues no plantão da Delegacia da Polícia Judiciária para demais providências, entre as quais a atuação em flagrante por ilegal de arma de fogo.

Leia Também:  No ar em Malhação, Mouhamed Harfouch reestreia monólogo on-line "Homem de Lata"

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Crimes de roubo têm redução de 30% no estado de janeiro a setembro

Publicados

em

As ações repressivas deflagradas em todo o estado de Mato Grosso resultaram na redução de 30% nos crimes de roubos (quando há violência). Os dados correspondem ao período de janeiro a setembro deste ano, em comparação com 2019. Na modalidade furto, a queda também foi de 30%.

Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Superintendência do Observatório de Segurança Pública, e o quantitativo é obtido mediante os registros de Boletim de Ocorrência (B.O) das 15 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp’s), que contemplam os 141 municípios de Mato Grosso.

Nos primeiros nove meses de 2020, foram registradas 7.555 ocorrências de roubo. Já no mesmo período do ano passado somaram 10.820 casos. Ainda neste ano, foram 23.726 registros de furto contra 34.087 no mesmo período de 2019. O total de roubo e furto equivale as ocorrências em residências, estabelecimentos comerciais, pedestres, entre outros.

O secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp-MT, Coronel PM Victor Fortes, ressalta que mesmo com um ano atípico por conta da pandemia, as forças de segurança continuaram atuando firmemente no combate à criminalidade, reforçando o policiamento, as ações integradas e as investigações criminais.

Leia Também:  Justiça abre consulta para atualização do Plano Nacional de Segurança

“O empenho das forças de segurança e o comprometimento dos profissionais foram primordiais para alcançar os resultados. A Secretaria fortaleceu a integração tanto na atividade de inteligência quando na atuação operacional entre as instituições, com ações preventivas e repressivas no enfrentamento aos principais índices criminais, principalmente aos crimes contra a vida e o tráfico de drogas. Nosso objetivo é continuar ampliando as nossas ações”, enfatiza.

Ainda segundo o secretário, todas as Risp’s apresentaram reduções nos crimes de furto. Já em relação ao crime de roubo, somente as Regiões representadas pelas cidades polos de Barra do Garças e Nova Mutum tiveram aumento de 5% e 20%, respectivamente.

As outras 13 Risp’s são representadas pelos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Sinop, Rondonópolis, Cáceres, Tangará da Serra, Juína, Alta Floresta, Vila Rica, Primavera do Leste, Pontes e Lacerda, Água Boa e Guarantã do Norte.

Veículos

De janeiro a setembro, Mato Grosso registrou queda de 30% nos números de veículos roubados. Foram 1.027 roubos em 2020 contra 1.464 no mesmo período de 2019. Já os crimes de furtos reduziram 23%. Saiu de 1.810 ocorrências em 2019 para 1.394 em 2020.

Leia Também:  Mulher descobre traição ao cheirar cueca de namorado

Fazem parte das forças de segurança a Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Sistema Penitenciário e Sistema Socioeducativo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA