Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

ROUBOS E FURTOS

Foragido se passa por irmão, mas policiais civis checam identidade e localizam mandado

Publicados

em

Policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis (Derf) prendeu nesta segunda-feira (11.01) um rapaz de 22 anos que estava foragido da Justiça.

A prisão ocorreu no bairro Parque Universitário, durante uma ação de rotina. Os policiais abordaram o rapaz em frente a sua residência, que aparentou bastante nervosismo e se identificou com um nome que, em checagem, foi constatado ser do seu irmão, que não tem registros criminais.

Ao constatar o nome verdadeiro, os policiais verificaram um mandado de prisão expedido pela 2a Vara Criminal de Cuiabá para execução de sentença da condenação de sete anos pelo crime de roubo qualificado.

Em buscas na casa do foragido, os policiais encontraram uma porção de droga.

O rapaz foi conduzido à Derf, onde foi formalizado o cumprimento do mandado de prisão. Posteriormente, ele será encaminhado para realização de exame de corpo de delito e depois irá para a Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Uber passa a permitir que motoristas mulheres aceitem apenas outras mulheres
Propaganda

POLÍCIA

Polícia Civil identifica condutor que causou morte de motociclista na MT-251

Publicados

em

A Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran), esclareceu o acidente ocorrido na manhã de domingo  que resultou na morte de um motociclista, na MT-251, rodovia que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães.

O motorista do veículo Honda Civic envolvido no acidente foi identificado. D.S.G., de 25 anos responderá pelos crimes de homicídio culposo no trânsito, fuga do local, omissão de socorro e embriaguez ao volante, de acordo com as novas regras do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

O acidente causou a morte de Célio Marques de Oliveira, de 49 anos, que teve o corpo jogado para fora da pista após a colisão entre sua motocicleta e o veículo Honda Civic.

As investigações indicaram que o ponto de colisão entre os veículos ocorreu próximo ao acostamento da faixa de direção em que a motocicleta trafegava. Os danos sofridos pela motocicleta indicam que a vítima pilotava o veículo em alta velocidade no momento do acidente.

O condutor do Honda Civic fugiu do local logo após os fatos, não prestando socorro à vítima. Desde o acidente, a equipe da Deletran realizou diligências para localizar o suspeito, que foi identificado no mesmo dia.

Leia Também:  Com rastreamento de celular roubado, policiais encontram ponto de tráfico

Nesta quinta-feira (22), o delegado responsável pelas investigações, Christian Alessandro Cabral, ouviu na delegacia a primeira pessoa que esteve no local dos fatos, que confirmou a identidade do motorista do Honda Civic e também que o suspeito estava embriagado no momento do acidente.

Segundo o delegado, o suspeito deverá ser ouvido ainda nesta quinta-feira na Deletran e responderá pelos crimes de homicídio culposo, fuga de local, omissão de socorro e também pela embriaguez ao volante.

“Ele ficará sujeito a pena de até oito anos de reclusão e será o primeiro a se sujeitar ao novo rito do Código de Trânsito Brasileiro, com as mudanças implementadas no início do mês. Com as novas regras, ele terá que cumprir, ao final do processo, toda a pena pelo qual for condenado, encarcerado”, disse o delegado, acrescentando que o rápido desfecho do caso deve-se à colaboração prestadas por meio do Disque Denúncia da Polícia Civil.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA