Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

PROTEÇÃO

Primeira-dama entrega espaço voltado à vítimas de violência doméstica

Inauguração aconteceu de forma online, no Hospital Municipal de Cuiabá, com a participação virtual da ativista feminina Maria da Penha

Publicados

em

Ruan Cunha | A primeira-dama Márcia Pinheiro, com o apoio logístico da Secretaria Municipal da Mulher, da Prefeitura de Cuiabá, entregou primeiro espaço destinado ao acolhimento de vítimas de violência doméstica presente nas dependências de um hospital público. A inauguração aconteceu de forma online, nesta quinta-feira (16), no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), com a participação virtual da ativista feminina Maria da Penha.

O espaço foi um pedido da própria líder dos movimentos em defesa da mulher, feito em agosto passado, à primeira-dama durante o evento de comemoração dos 13 anos da Lei Maria da Penha. Na oportunidade, o desejo da ativista foi externado na intenção de contar com esse tipo de espaço dentro da maior obra de saúde pública da história de Mato Grosso, o HMC.

“É uma alegria muito grande ver pela primeira vez um centro de referência da mulher dentro de um hospital público. Em todas essas minhas viagens pelo Brasil, eu sempre questionei a importância dessa política pública dentro de um centro de saúde porque muitas vezes a violência aconteceu durante à noite e essa mulher, gravemente ferida, vai ser socorrida no postinho de saúde e, a partir desse apoio do centro de referência, ela tomará conhecimento e poderá sair dessa situação”, elencou Maria da Penha.

“Esse espaço é inédito no Brasil assim como todas as ações que temos promovido, ao longo dos anos, que têm colocado Cuiabá como referência no que se diz respeito à políticas públicas para mulheres” – Márcia Pinheiro

O espaço de acolhimento funcionará durante 24 horas e contará com equipe multidisciplinar, composta por 12 profissionais entre psicólogas, assistentes sociais e outros. A secretária da Mulher, Luciana Zamproni, explica que, mediante o funcionamento do espaço, a vítima de violência pode ir diretamente ao local. De lá, terá respaldo jurídico, psicológico e de todo assistencialismo social garantido pela prefeitura.

Leia Também:  Antonia Fontenelle faz proposta a Bolsonaro para vetar comunistas no Brasil

“A sala atenderá todas às mulheres que adentrarem no hospital, via emergencial ou irem diretamente para a sala de acolhimento. A equipe, além de atendimento de saúde e saúde mental, também atenderá a parte assistencial que será encaminhada a secretarias competentes. O espaço também consolida a gestão humanizada do prefeito Emanuel Pinheiro”, frisou a secretária Zamproni.

Segundo a primeira-dama Márcia Pinheiro, o espaço é mais uma política púbica do conjunto de ações que a atual administração promove desde 2017. Para ela, o município está em consonância com as entidades mato-grossenses que buscam melhor condições para mulheres e a promoção de trabalhos direcionado à igualdade de gênero, bem estar social, empoderamento, qualificação e o combate à violência doméstica e familiar.

“Esse espaço é inédito no Brasil assim como todas as ações que temos promovido, ao longo dos anos, que têm colocado Cuiabá como referência no que se diz respeito à políticas públicas para mulheres. Nossa capital atravessa um momento histórico para o movimento feminino e ações como essas só consolidam mais para a equidade que tanto procuramos, que tanto o poder público carece de ações que coloquem nós mulheres em igualdade”, disse.

Leia Também:  Hilary Duff anuncia que está grávida. Anúncio foi feito no Instagram

Na prática, a vítima pode buscar apoio na unidade mesmo antes de registrar uma denúncia formal perante as instituições de Segurança Pública. O Espaço da Mulher conta com sala de acolhimento infantil, sala de aconchego, sala para atendimento médico, além de recepção e banheiros.

A solenidade teve a participação de diversas autoridades ligadas ao movimento feminino, além de membros especializado do juriciário nacional; o deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, o Emanuelzinho; e a secretária nacional da Mulher, Cristiane Brito, representando, na ocasião, a primeira-dama Michelle Bolsonaro.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MULHER

Nap dress: conheça o vestido que viralizou nas redes sociais

Publicados

em


source

Alto Astral

undefined
Reprodução: Alto Astral

Nap dress: conheça o vestido que viralizou nas redes sociais

Essa ano, graças às redes sociais, novas estéticas da moda tomaram conta da internet e conquistaram o coração das fashionistas pelo mundo. Algumas peças, como é o caso do nap dress , viraram marca registrada do estilo cottagecore .

Esse vestido soltinho, com estampas em cores claras e mangas bufante,s é a nova sensação do Instagram e, até mesmo, do TikTok. Ele ganhou esse nome por, realmente, lembrar uma camisola, bem no estilo da época regencial, o que o torna perfeito para quem procura uma roupa bonita e confortável para deixar o pijama de lado.

Nap dress: conheça o vestido que viralizou nas redes sociais
Fotos: Reprodução/Pinterest

Aliás, esse foi um dos motivos pelos quais ele se popularizou tanto durante a quarentena, pois é uma ótima opção para o home office. Durante esse período de isolamento social, muitas pessoas trocaram a vida na cidade pela experiência de morar no campo, o que fez com que as redes sociais ficassem lotadas de fotos e vídeos do famoso nap dress em cenários dignos de filmes de época.

Leia Também:  "Para respirar": pais contam como foi voltar a viajar com filhos e dão dicas

E é claro que as marcas viram ali uma grande oportunidade de se tornarem uma referência nesse tipo de peça, como foi o caso da loja americana Hill House. Ela possui diversos modelos de vestido, além de roupa de cama e toalhas, e o melhor de tudo: também entregam para o Brasil!

Fotos: Reprodução/Pinterest

No entanto, basta dar uma olhada nas lojas nacionais para ver que o nap dress já faz parte do guarda-roupa das brasileiras. Com diversos comprimentos, estampas e decotes, ele é perfeito para enfrentar as altas temperaturas do nosso verão.

Para quem possui um estilo mais básico, os modelos brancos podem ser a melhor pedida, no entanto, as estampas florais e xadrez também fazem sucesso. Além disso, para os dias mais quentes, existem modelos de alcinha. Já para temperaturas amenas, as mangas bufantes são o grande destaque.

Nap dress: conheça o vestido que viralizou nas redes sociais
Fotos: Reprodução/Pinterest

Para complementar o visual, acessórios como papetes e chapéus complementam o estilo cottagecore. Correntinhas, brincos e bandanas também complementam o look. Mas se quiser incrementá-lo ainda mais, basta escolher sua sandália ou bota favorita e combiná-la com uma bolsa para estar pronta para os desafios do dia a dia.

Leia Também:  Shorts godê: aprenda a montar looks com essa tendência polêmica

Agora não tem por que não investir no nap dress , não é mesmo? Basta escolher o seu modelo favorito para se sentir estilosa e confortável!

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA