Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

MULHER

Marcella Fogaça mostra barrigão da gravidez de gêmeas

Publicados

em


source
Marcella Fogaça mostra barrigão de grávida
Reprodução/Instagram

Marcella Fogaça mostra barrigão de grávida

Marcella Fogaça publicou algumas fotos na manhã desta terça-feira (23) mostrando o barrigão de grávida. A cantora está grávida de gêmeas , fruto do relacionamento com o ator Joaquim Lopes. Na publicação, a compositora está de biquíni na varanda de um apartamento em frente a uma praia paradisíaca.

“Bom dia, gente linda. Que delícia esse respiro de um dia. Gratidão é um sentimento muito mágico, né? Abastece a gente de esperança”, Marcella ecreveu na legenda.

A cantora e o ator anunciaram que estão esperando gêmeas em novembro de 2020. Nas fotos publicadas hoje, o tamanho da barriga de Marcella chamou atenção e rendeu elogios de muitos seguidores. “A barriguinha mais linda e dourada de sol”, elogiou uma fã. “A rainha e as princesinhas”, escreveu outra.

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Maquiagem para pele madura: seis dicas e ideias para se inspirar
Propaganda

MULHER

Animais exóticos usados para consumo no Brasil

Publicados

em


source

João Bidu

Animais exóticos usados para consumo no Brasil
Ana Melo

Animais exóticos usados para consumo no Brasil

Existem alguns costumes que os brasileiros tem e poucos comentam por serem exclusivamente regionais. Já lembrou de algum? Em alguns estados do país é normal o abate de alguns animais para comer, você sabia disso? E não estamos falando de boi, galinha e porco, pelo contrário, são espécies típicas brasileiras que são especiarias em algumas regiões. Ficou curioso? Veja a seguir animais exóticos usados para consumo no Brasil.

Animais exóticos usados para consumo:

Tanajura

Costume antigo, as formigas do bundão, como são chamadas as tanajuras, que saem em época de chuvas aos montes para acasalar e depois formar seus formigueiros. A tanajura é a fêmea da formiga da espécie Saúva, muito comum em regiões rurais. Para serem consumidas, separam o abdômen da formiga e torram com manteiga ou gordura. Elas podem ser consumidas sozinhas ou em farofas. 

Tatu selvagem

A carne de tatu é bastante popular no Brasil, porém não é recomendável a caça deste animal para consumo, pois o animal pode estar doente e provocar doenças, como a micose pulmonar. Além disso, os animais são transmissores de hanseníase, a conhecida lepra. Alguns órgãos governamentais não recomendam o consumo da carne de tatu selvagem.

Leia Também:  Como limpar colchão com receitas caseiras simples

Porco do mato Queixada

Carne bastante comum em restaurantes especializados em carnes exóticas, o queixadinha. São animais selvagens que são bastantes visados pela caça. O consumo de carne de porcos selvagens se estende também ao javali que não é nativo do Brasil, é considerado uma espécie invasora.

Cavalo

O Brasil é um dos grandes exportadores de carne de cavalo que são bastante apreciados no exterior. Não só como os cavalos, também existe registro de consumo de burro, jegue e mula em regiões mais interioranas. 

Jacaré

Você viu?

Não, você leu errado! Existem abatedouros de jacaré para o consumo legalizados no Brasil no Mato Grosso. Conhecida por sua cor branca, a carne de jacaré é bastante apreciada por quem já teve oportunidade de experimentar. A carne do jacaré criado em cativeiro não é igual à do jacaré selvagem, por isso, existem lugares com autorizações de órgãos legais para a criação destes animais.

Tartaruga

A carne de tartaruga é tradicional na região de Amazonas. A venda desse animal só é permitida por criadouros autorizados por órgãos oficiais para evitar a extinção da espécie na natureza.

Leia Também:  Gêmeas se "abraçam" momentos após o nascimento: "Gesto de amor"

Por ter a carne delicada, a carne de rã é considerada uma especiaria bastante refinada. Existem criadouros de rã no Brasil com autorização de órgãos competentes. 

+Inscreva-se no Clube João Bidu e receba conteúdo exclusivo! Basta baixar o app do Telegram no seu celular e entrar neste Link !

Essas são algumas das espécies consumidas ou produzidas no país, existe também o consumo de cutia, avestruz, coelhos, cobra e muitos outros animais. Alguns desses têm o consumo liberado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA, enquanto, outros animais são consumidos de forma deliberada, o que não é recomendado por alguns animais serem transmissores de doenças, além de constituir crime ambiental. 

LEIA TAMBÉM:

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA