Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

MULHER

Descubra como a Aromaterapia pode combater o estresse do dia a dia

Publicados

em


source

João Bidu

Descubra como a Aromaterapia pode combater o estresse do dia a dia
Redação João Bidu

Descubra como a Aromaterapia pode combater o estresse do dia a dia

As exigências do dia a dia, a rotina, os afazeres domésticos, as brigas familiares; tudo isso pode nos gerar muito estresse e ansiedade – e esses fatores se tornaram ainda piores agora, no período de isolamento social.

Além disso, somos bombardeados diariamente com notícias sobre tudo que está acontecendo de ruim no mundo e no Brasil, o que intensifica ainda mais o nosso nervosismo.

Para combater esses sentimentos, a Aromaterapia pode ser uma ótima aliada. Com aromas naturais, extraídos de plantas e flores, é possível diminuir a ansiedade e promover maior bem-estar ao corpo e à mente.

Então, se você está sofrendo com as consequências da quarentena e da pandemia, conheça os 12 óleos essenciais para estresse e ansiedade que vão te ajudar a combater o nervosismo e trazer paz para seus dias.

+Inscreva-se no Clube João Bidu e receba conteúdo exclusivo! Basta baixar o app do Telegram no seu celular e entrar neste Link !

O que é Aromaterapia

A Aromaterapia é um método alternativo de tratamento que tem como objetivo aumentar a qualidade de vida das pessoas sem precisar fazer o uso de medicamentos alopáticos; apenas de forma natural.

A técnica é eficaz pois, como as emoções influenciam a percepção, o aprendizado e a memória, é possível, por meio do uso de determinados aromas, levar a pessoa até uma recordação carregada de sentimentos que contribuem para o processo terapêutico por conter substâncias que ativam áreas do cérebro importantes para a cura.

Leia Também:  Descubra já como conquistar um visual perfeito para o ano novo!

Mas, como uma fragrância pode ajudar no tratamento de problemas emocionais e físicos? Ao serem inalados, os óleos essenciais atingem diretamente o cérebro, principalmente uma área conhecida como sistema límbico, responsável pelos sentimentos.

Além de inalados com o uso de difusores de ambiente ou pessoais, os óleos essenciais também podem ser utilizados em massagens para aliviar tensões musculares, dores de cabeça e cansaço. No aspecto emocional, a massagem também trabalha a ansiedade, os medos, o sentimento de raiva, a angústia, a depressão e a irritabilidade.

Quando o corpo está tenso, há um bloqueio nos músculos, incluindo o diafragma. Esse músculo é responsável pela respiração, digestão e circulação – ou seja, o estresse pode afetar todas as áreas mais primordiais do nosso corpo. Porém, com o auxílio da Aromaterapia, seja por meio da inalação ou das massagens, é possível mudar esse cenário.

A Aromaterapia também utiliza essas fragrâncias, diluídas em óleos vegetais, em banhos terapêuticos, escalda-pés, compressas, xampus, cremes, óleos corporais, gargarejos e sprays aromáticos. No entanto, antes de iniciar um tratamento, o ideal é ser orientado por um profissional da área para identificar qual método é mais eficaz para o seu tratamento.

Óleos essenciais para estresse

Conheça os óleos essenciais para estresse – também eficazes para outras áreas da vida. São os mais famosos pelas suas propriedades medicinais:

Leia Também:  Banhos com Cristais: descubra seus benefícios

Alecrim: Dá energia e disposição. Ótimo para ativar a memória e curar gripes e resfriados.

Você viu?

Camomila: É um relaxante muscular. Indicada para o tratamento de artrite e combate a ansiedade.

Capim-limão: Fortalece o raciocínio, a criatividade e a concentração. Junto com a lavanda é ideal para fazer escalda-pés.

Cipreste : Atua no sistema circulatório. Em conjunto com os óleos de laranja, lavanda e erva-doce, alivia o inchaço nas pernas.

Cravo: Age como revigorante e fortificante. Ótimo analgésico contra dores musculares e dores de dente. Também é afrodisíaco. 

Erva-doce: Traz segurança. Ótimo para combater a halitose, gengivites, tosse, rouquidão e TPM.

Eucalipto glóbulos: É bactericida. Indicado para aliviar a congestão nasal, febre, gripes e resfriados.

Gerânio: Ideal para amenizar a TPM (Tensão Pré-Menstrual). Também estimula o sistema linfático, diminuindo a celulite.

Lavanda: É um poderoso antiestresse e relaxante. Ótima alternativa para combater a insônia e as cólicas menstruais.

Rosa: Perfeito para trabalhar a feminilidade e dar aquela revigorada na autoestima e no amor próprio.  

Tangerina: Proporciona alegria. Ótimo para resolver problemas de insônia e de timidez excessiva.

Ylang-ylang: Óleo afrodisíaco, o utilize para esquentar a relação e relaxar. Também é indicado para quem tem hipertensão. 

LEIA TAMBÉM:

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MULHER

Entenda a relação entre as plantas murchas e energia negativa no ambiente

Publicados

em


source

Alto Astral

Entenda a relação entre as plantas murchas e energia negativa no ambiente
Reprodução: Alto Astral

Entenda a relação entre as plantas murchas e energia negativa no ambiente

A energia negativa em um ambiente pode ser tão poderosa ao ponto de deixar as plantas murchas. Por isso, fique atenta à saúde e comportamento das suas plantinhas, elas podem indicar mais do que você pensa.

Todo ser vivo é capaz de emitir um tipo de energia que pode variar de acordo com a espécie e o estado de espírito. No caso das plantas, essa energia tem variações que fazem com que cada uma seja benéfica para uma determinada questão.

Por essa razão, existem espécies que são capazes de atrair sorte, outras podem ser usadas para conquistar um amor e também há aquelas que purificam o ambiente. Todos esses benefícios são possíveis graças às suas energias .

A energia que vem das plantas pode ser considerada ‘limpa’ porque não está contaminada pelos sentimentos de raiva, tristeza, negação, inveja, solidão, entre outros. São seres puros que vivem de acordo com as suas necessidades naturais de sobrevivência e de harmonia com o meio em que estão inseridas. Por isso, a energia da natureza é equilibrada e pacífica.

Leia Também:  Primeiro condomínio para mulheres trans é fundado por freira na Argentina

Já a energia dos seres humanos sofre variações motivadas pelo humor, emoções, sentimentos e desejos. Assim, quando você está em um bom dia, a sua energia vibra de forma mais positiva, que pode variar, por exemplo, entre a felicidade, amor ou otimismo, de acordo com o seu estado de espírito no momento. Do mesmo modo, quando você está em um dia ruim, sua vibração irá transmitir essa situação.

Ao emitir uma energia negativa no ambiente, a planta que estiver no mesmo espaço que você irá absorver essas vibrações enquanto o seu corpo energético suga as boas energias da planta. É como uma troca, em que o objetivo é alcançar o equilíbrio . Esse processo pode ser fatal para as plantas quando a carga negativa é muito grande.

Você viu?

O excesso de energias negativas em uma pessoa pode ser causado por variados motivos, como tristeza e desânimo. Isso quer dizer que se a sua planta murchou assim que alguém saiu da sua casa, procure saber se a pessoa precisa de ajuda antes de acusá-la de ser invejosa. Dessa forma, você evita injustiças e propaga mais empatia.

Leia Também:  Duda Reis diz que Nego do Borel ameaçou mandar matar a família dela
alecrim
Shutterstock

As plantas mais fortes para remover as energias negativas do ambiente são conhecidas pelo nome “sete ervas da proteção”. Confira o poder de cada uma delas:

  • Arruda : elimina a inveja e o mau-olhado, além de chamar a prosperidade e garantir proteção.
  • Alecrim : protege os ambientes, dá mais ânimo e favorece a atividade mental
  • Comigo-ninguém-pode : capaz de afastar as energias negativas e de proteger das pessoas.
  • Espada de São Jorge : as folhas pontiagudas dessa planta são conhecidas por afastar todas as vibrações negativas do ambiente.
  • Guiné : é conhecida por criar um campo de força que protege contras as más energias.
  • Manjericão : pode mandar para longe os pensamentos negativos, ajuda a encontrar a paz de espírito e a resolver problemas digestivos.
  • Erva-pimenteira : atrai boas energias e é uma potente contra o negativismo.

Referência : João Bidu

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA