Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

MULHER

Casal recebe bilhete e gravação de vizinho para que façam menos barulho no sexo

Publicados

em


source
carta feita pelo vizinho e pen drive colado ao lado
Reprodução/Reddit

Vizinho que reclamou de barulho alto na hora do sexo gravou os sons e ainda fez um gráfico para os vizinhos

O que você faria se tivesse que escutar seus vizinhos tendo r elações sexuais todos os dias? Essa era a rotina de um usuário no Reddit, cujos vizinhos pareciam fazer sons muito altos quando estavam transando, o que incomodava não só a ele como a, pelo menos, outros 18 moradores.

A solução que ele encontrou para fazer com que seus vizinhos tenham um pouco mais de controle na  hora do sexo foi escrever um bilhete e colá-lo na porta dos moradores. Para reforçar ainda mais a reclamação, o vizinho gravou os barulhos e os colocou em um pen-drive, que também foi colado na porta.

“Meus vizinhos adoram fazer sexo muito alto. Após tentarmos reclamar, eles não pararam então eu deixei um educado aviso na porta deles para que todo mundo pudesse ver”, escreveu o usuário do Reddit, que é dos Estados Unidos.

Leia Também:  Banho relaxante: faça uma pausa para aliviar as tensões do cotidiano

Além de escrever, ele ainda colocou um gráfico que detalha como funciona a reverberação de sons, usando argumentos físicos.

“Viver em um condomínio significa que você tende a ser próximo de seus vizinhos do que outras pessoas seriam. Isso também significa que eu poderia estar vivendo em uma área completamente diferente do que nosso prédio e ainda seria capaz de ouvir vocês fazendo sexo”, diz o bilhete.

“Não me entendam errado. Eu estou muito feliz que vocês têm uma vida sexual incrível, mas eu acho que posso falar por muitos de nós no prédio quando eu peço para que vocês, por favor, fiquem quietos. Eu me sinto mal pelos vizinhos que estão ainda mais perto de vocês”, continua o usuário do Reddit.

O bilhete lembra os moradores que, quando as reclamações foram feitas, os barulhos cessaram por apenas duas semanas, mas logo depois continuaram. “Eu não posso dizer que gosto de ter que ouvir minha filha de cinco anos me perguntar toda vez ‘por que essa mulher está gritando lá fora?’”, afirma.

Em conclusão, o bilhete pede educadamente que os moradores “prestem atenção no volume de gemidos e barulhos sexuais”. “Caso vocês achem que estou exagerando e precisem de provas, gravei o barulho de vocês e coloquei neste pen drive para que vocês possam ouvir e tirar suas próprias conclusões”.

A postagem recebeu diversos comentários que falaram sobre a situação. “Olha só você dando pen-drive de graça. Você realmente deve querer parar de ouvir essas pessoas transando”, escreveu um primeiro usuário. “As pessoas não entendem até que você faça o mesmo com elas. Faça sexo mais alto”, aconselhou um segundo. “Comece a ligar para a polícia por reclamações de barulho”, disse um terceiro.

Você viu?

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MULHER

Luisa Mell faz cirurgia reparadora e comenta sobre comida de hospital

Publicados

em


source
Luisa Mell passou por uma cirurgia reparadora
Reprodução/Instagram

Luisa Mell passou por uma cirurgia reparadora

Luisa Mell realizou uma cirurgia reparadora e compartilhou uma foto no hospital. A ativista não especificou o motivo da cirurgia, mas vem passando por procedimentos para reparar os erros deixados pela  violência médica que sofreu no ano passado, quando foi submetida a uma lipoaspiração nas axilas enquanto estava inconsciente.

“Cirurgia realizada. Vocês sabem que estou lutando para conseguir reparar os erros… Mais um passo dado”, disse. A ativista também usou a publicação para chamar a atenção de hospitais que não oferecem comidas veganas para os pacientes. 

“Há alguns anos machuquei meu pé, passei fome. Não tinham ainda um menu vegano”, disse. Ela contou que ficou emocionada ao saber que além dela tinham mais veganos internados e que às vezes fica cansada de lutar, mas quando vê mudanças assim, o coração se enche de gratidão e esperança. 

Leia Também:  Curado da Covid-19, cacique Raoni recebe alta mas ainda não volta para a aldeia no Xingu

Relembre o caso 

No mês de julho,  Luisa Mell revelou ter sido vítima de violência médica e que também estava se separando do então marido Gilberto Zaborowsky. Em um desabafo, ela contou que foi realizar um procedimento simples, mas o médico aproveitou que ela estava sedada para pedir autorização do empresário e fazer uma lipoaspiração nas axilas da ativista.

O médico disse que tinha dado um presente a ela, que tinha a região “gordinhas”. Luisa ficou com as axilas deformadas e com cicatrizes devido o procedimento. Ela contou também que começou terapia e fazia o uso de remédio controlado para lidar com o trauma. 

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA