Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

MATO GROSSO

Seciteci realiza segunda edição do evento ‘Jovens de Futuro’

Publicados

em

Uma miss teen, um advogado, um faixa preta de taekwondo e uma integrante de uma equipe de robótica. Esses são os quatro jovens que participarão da segunda edição da transmissão ao vivo ‘Jovens de Futuro’, realizado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci). O evento ocorrerá no dia 29 de agosto, às 15h, na Arena Pantanal, no bairro Verdão, em Cuiabá.

A ação conta com a parceria da Unicef, Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Secretaria de Estado de Educação (Seduc), União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-MT), Associação para Desenvolvimento Social dos Municípios (APDM), Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca-MT) e Federação Mato-grossense de Associações de Moradores de Bairros (Femab-MT).

“Tivemos uma excelente repercussão na primeira edição. Muitas pessoas nos procuraram para contar o quanto foi importante mostrar histórias que servem de exemplo para outros jovens. Em função disso, com o apoio dos nossos parceiros, decidimos dar continuidade ao evento que, ao todo, terá quatro edições, encerrando durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em outubro”, explicou o secretário da Seciteci, Nilton Borgato.

Leia Também:  Medo do futuro?

Com apenas 16 anos, a estudante Britney Freire, uma das participantes desta edição, já tem muita história para contar. Diagnosticada com Transtorno de Déficit de Atenção (TDA) na infância, teve bastante dificuldade na escola, mas conseguiu superar esse obstáculo e, por meio de um processo seletivo, entrou na equipe de Robótica do Sesi Escola. Devido ao seu potencial, também se tornou líder de uma equipe de Fórmula 1 da escola, que construiu uma miniatura de carro de F1 e disputou um torneio nacional no Rio de Janeiro.

Outra história que será apresentada é o do advogado Marco Augusto de Almeida, 26 anos. Criado somente por sua mãe, empregada doméstica, Marco passou por muitas dificuldades para se formar em Direito pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Depois de aprovado no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), conseguiu um bom emprego, faz duas pós-graduações e curso de inglês, e está próximo de realizar seu grande sonho: comprar uma casa para sua mãe.

Já a estudante de Saúde Coletiva da UFMT, Suzana Andrade, foi classificada para representar o Brasil no concurso ‘Reina Teen Universal 2019’, que ocorrerá na Bolívia, em novembro deste ano. Da cidade de Cuiabá (MT), Suzana, que tem 19 anos, conta com apoio de sua família e amigos, mas busca patrocínio para arrecadar o valor necessário para as despesas da viagem internacional.

Leia Também:  Saúde realiza testes nos reeducandos da Penitenciária Central do Estado

A trajetória do quarto participante, João Marcelo Brasil da Silva, de 21 anos, também é digna de exemplo. Na infância, sua mãe, preocupada com o filho que “vivia na rua”, resolveu matriculá-lo no curso de artes marciais do projeto Rede Cidadã, que atende crianças e adolescentes em condições de vulnerabilidade social. Hoje, Marcelo é faixa preta de taekwondo e dá aulas no projeto que o acolheu. Também é estudante de Direito e está se preparando para conquistar seu próximo sonho: se tornar policial.

O evento será transmitido pelo canal da Seciteci no YouTube. Para assistir, basta se inscrever por meio do link https://www.youtube.com/channel/UCZASKdvkdZbfkAoCRbUafwg e acionar o “sininho” para receber as notificações. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (65) 3613-0121.

Fonte: Sesi MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

MATO GROSSO

Auditores aprimoram técnicas de entrevistas, interrogatórios e detecção de mentiras

Publicados

em

Auditores da Controladoria Geral do Estado de Mato Grosso (CGE-MT) participaram, neste mês, de treinamento online em técnicas de entrevistas, interrogatórios e detecção de mentiras. O curso foi ministrado por Thompson Cardoso, professor de Inteligência Policial da Academia Superior de Polícia Civil do Rio Grande do Sul.

O objetivo da capacitação foi aprimorar as habilidades e táticas dos profissionais da CGE-MT para conduzir entrevistas quando da execução de auditorias e avaliações de controle interno, bem como para conduzir interrogatórios quando da realização de procedimentos punitivos em desfavor de agentes públicos e empresas contratadas, a fim de obter o maior número de informações úteis para o objetivo pretendido.

“A ideia do curso foi capacitar os auditores no sentido de colher mais informações tanto em entrevistas para trabalhos de auditoria quanto em interrogatórios para produzir mais provas para a finalidade de procedimentos administrativos voltados a apurar a conduta de servidores e pessoas jurídicas”, destacou o organizador do treinamento, auditor Renan Zattar, da Secretaria Adjunta de Corregedoria Geral da CGE-MT.

Leia Também:  The Mandalorian ganha segunda temporada no Disney+ em outubro

Nesse contexto, o palestrante abordou aspectos verbais e não verbais necessários para maximizar a produção de informações em entrevistas e interrogatórios. “E, concomitantemente, a inferir efetivamente quanto à veracidade destas informações produzidas para, com o domínio dos fatos, prover a admissão ou confissão, sendo, pois, ferramenta indispensável para a função de auditores estaduais”, destacou o professor Thompson Cardoso.

O curso foi dividido em quatro módulos, com abordagens teóricas e exercícios práticos. No primeiro módulo, o palestrante tratou da análise do discurso, em que abordou os mitos e as verdades na leitura de sinais corporais, apresentou técnicas utilizadas pela Polícia Federal Norte-Americana (FBI) e a Polícia Judiciária de Londres em entrevistas e apresentou tecnologias na detecção das mentiras (polígrafo, analisadores de voz etc).

O segundo módulo foi voltado ao planejamento dos questionamentos e à análise dos aspectos não verbais em uma entrevista. No terceiro módulo, o palestrante explanou sobre técnicas de análise profunda de veracidade de informações do discurso de entrevistados.

Já o último módulo foi voltado às técnicas de interrogatório, em que foram abordadas questões como: planejamento, fases, táticas e postura do auditor em interrogatórios.

Leia Também:  Bairro da capital recebe última edição do Multiação em 2019

Sobre o palestrante

Professor de Inteligência Policial da Academia Superior de Polícia Civil do Rio Grande do Sul e professor convidado da Escola Superior de Polícia de Goiás, Thompson Cardoso possui 12 anos de experiência como palestrante e professor de técnicas de entrevistas, interrogatórios e detecção de mentiras em empresas, universidades e instituições governamentais.

Na bagagem, acumula cursos realizados com a Polícia Federal Norte-Americana (FBI), o Grupo de Armas e Táticas Especiais de Los Angeles, o Dr. Ray Bull (consultor da Polícia Judiciária de Londres e maior autoridade da Europa em entrevistas e detecção de mentiras) e o Dr. Rui Mergulhão Mendes (maior autoridade de Portugal na área de linguagem não verbal no gerenciamento de situações de crise).

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA