Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

MATO GROSSO

Indústria de Mato Grosso bate novo recorde de confiança

Publicados

em

O Índice de Confiança do Empresário Industrial de Mato Grosso (ICEI MT) alcançou o maior resultado de toda série histórica ao atingir 67,5 pontos. A pesquisa, divulgada nesta sexta-feira (28), é realizada desde 2012 pela Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt). Os indicadores variam de zero a cem pontos. Quando estão acima de 50 pontos mostram que os empresários estão confiantes.

O resultado está 4,5 pontos acima do mesmo período do ano passado e o crescimento foi de dois pontos em comparação com janeiro. A confiança do industrial mato-grossense está maior do que o índice nacional, que ficou em 64,8 pontos em fevereiro.

“Os empresários demonstram, mais uma vez, acreditar no país. As recentes reformas contribuem com esse otimismo histórico. Contudo, é imprescindível que a agenda reformista tenha continuidade para que, entre outras, a reforma tributária e a administrativa sejam realizadas – e de forma benéfica à economia. Temos sérios problemas estruturais e o equilíbrio fiscal ainda não é uma realidade. Estamos no caminho, mas há muito para ser feito até alcançarmos novos patamares em direção ao desenvolvimento econômico sustentável”, avalia o presidente do Sistema Fiemt, Gustavo de Oliveira.

Leia Também:  Governo de Mato Grosso entrega 250 viaturas na próxima sexta-feira (22)

Confiança por porte

De acordo com a pesquisa, a confiança está nas indústrias de todos os portes. Nas pequenas empresas o índice marcou 67,2 pontos, o aumento foi de 6,2 pontos em relação a fevereiro de 2019. Mesmo com crescimento menor, a confiança está maior nas indústrias de médio e grande porte. O ICEI foi de 67,6 pontos no segmento, a alta foi de 3,7 pontos na comparação com o mesmo período do ano passado e de 1,9 ponto frente a janeiro.

A percepção dos empresários sobre a economia brasileira, em relação aos últimos seis meses, registrou leve retração de 0,4 ponto e ficou em 63 pontos. A expectativa para os próximos seis meses subiu 2,3 pontos frente ao mês anterior ao atingir 70,3 pontos, o que reforça a confiança dos industriais mato-grossenses.

Confira a pesquisa aqui.

Por: Helize Vieira – Assessoria de Comunicação Sistema Fiemt

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

MATO GROSSO

Governo de MT vai destinar R$ 65 milhões para que municípios acelerem imunização

Publicados

em

O Governo de Mato Grosso lançou, nesta quarta-feira (21.07), o programa Imuniza Mais MT. A iniciativa terá investimento de R$ 65 milhões para incentivar os municípios na melhoria da cobertura vacinal dos imunizantes contra a Covid-19, Influenza e outras doenças. A primeira-dama Virginia Mendes acompanhou o lançamento do programa, ao lado do governador Mauro Mendes.

“Estamos lançando esse programa com a proposta de melhorar a cobertura vacinal não só da Covid, mas de uma gama de quase 20 imunizantes previstos no Plano Nacional de Imunização. O incentivo financeiro é importante porque a performance adequada pode evitar que muitas pessoas percam suas vidas ou tenham complicações em função da falta de vacinação”, destacou o governador.

O investimento total será dividido entre premiações destinadas a municípios com bom desempenho na cobertura vacinal, reforma e construção da Rede Frio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), aquisição de veículos refrigeradores, câmara fria, ar-condicionado, equipamentos de refrigeração, insumos, serviços, capacitações e comunicação.

“Esse programa é o início de um reconhecimento em meritocracia na saúde de Mato Grosso, em que bons gestores passarão a capitalizar do trabalho executado na saúde do município. Os dados utilizados serão os fornecidos pelo sistema oficial do Ministério da Saúde, portanto, é necessário que os gestores municipais atualizem o sistema para que possam ser avaliados”, explicou o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Leia Também:  Fiemt e Simenorte realizam Diálogo Industrial em Alta Floresta

A premiação

A primeira premiação somada em R$ 2.070.000 ocorrerá em outubro deste ano. Inicialmente, serão considerados dados das vacinas contra Influenza e Covid-19 disponibilizados no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI). Concorrerão ao incentivo os municípios que alcançarem mais de 80% de cobertura vacinal contra influenza e mais de 90% de cobertura vacinal contra a Covid-19.

Na primeira quinzena de 2022, será realizada uma avaliação referente ao desempenho dos municípios no ano de 2021. Os municípios com melhor performance, com 90% a 100% de cobertura vacinal contra a Covid-19, Influenza e outras doenças, receberão selos bronze, prata, ouro ou diamante. Para 2022, as premiações estão estimadas em um total de R$ 7.770.000.

Para o conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE), Luiz Henrique Lima, a iniciativa reconhece o empenho dos municípios nas campanhas de vacinação.

“Acredito que essa iniciativa é pioneira entre todos os estados do Brasil. É uma iniciativa extraordinária, não pelo prêmio, mas pelo reconhecimento dos selos bronze, prato, ouro e diamante que demonstram que o gestor vencedor está fazendo o possível para salvar a vida de seus munícipes”.

Leia Também:  Governo de Mato Grosso entrega 250 viaturas na próxima sexta-feira (22)

Entusiasmado com a iniciativa, o prefeito de Arenápolis, Eder Marquis, que participou presencialmente do lançamento do programa, garantiu ser um dos gestores municipais que vai ganhar um dos selos.

“O incentivo financeiro é importante, mas o mais importante é o estímulo para a rapidez da vacinação porque lugar de vacina é no braço e não na geladeira. Arenápolis vai aderir ao programa e quero receber um selo desse, nem que seja o bronze, mas vou brigar pelo diamante, porque a iniciativa é de extrema importância já que vai elevar o estado de Mato Grosso no ranking de vacinação no país”, afirmou o prefeito.

Também participaram do evento o diretor-presidente da Desenvolve MT, Jair Oliveira Marques, o vereador de Cuiabá, Dilemário Alencar, e dezenas de prefeitos, por meio remoto.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:



Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA