Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

MATO GROSSO

ETA Sul findará com a intermitência no fornecimento de água tratada

Publicados

em

Cuiabá contará, a partir de agosto de 2019, com uma nova Estação de Tratamento de Água. Localizada em um terreno de 20 mil metros quadrados, no Parque Geórgia, a obra de construção foi oficialmente lançada nesta terça-feira (11) pela Prefeitura de Cuiabá e a concessionária Águas Cuiabá. A entrada em funcionamento da ETA possibilitará o fim da intermitência no fornecimento de água, fazendo com que dezenas de bairros da região passem a ser abastecidos durante 24 horas.

A nova estrutura faz parte do Sistema Sul de Abastecimento de Água, que representa um ganho de qualidade operacional no saneamento básico do município. Todo o conjunto é composto por uma unidade de captação instalada no Rio Cuiabá, quatro reservatórios com capacidade total de armazenar 18 milhões de litros, 36 quilômetros de adutoras e uma ETA apta a tratar 750 litros de água por segundo.

“Água na torneira, com pressão, 24 horas por dia. É isso que nós queremos e que todas as famílias cuiabanas vão ter. Saneamento básico traz saúde, qualidade de vida e é prioridade da nossa gestão. Estamos virando a página na história do saneamento básico da Capital e firmo o compromisso de fiscalizar o andamento destes trabalhos e o cumprimento da meta de acabar com a intermitência em Cuiabá”, declarou o prefeito Emanuel Pinheiro.

Leia Também:  Números de emergência receberam mais de 94 mil trotes em 2018

Integrante do Plano de Investimentos Águas Cuiabá 300 Anos, o Sistema Sul beneficiará a 203,6 mil pessoas em 83 bairros da Capital mato-grossense – resultado do investimento de R$ 65,3 milhões. Depois de finalizadas as obras de construção, entram em cena as equipes responsáveis pelo trabalho de setorização do abastecimento, fundamental à eficaz gestão do Sistema.

“A criação do Sistema Sul, proposta pela Águas Cuiabá, une inteligência em engenharia e em gestão de saneamento. Ela vai possibilitar a substituição dos sistemas Parque Cuiabá e Coophema por uma nova estrutura, mais moderna, de melhor qualidade e ambientalmente mais sustentável, dada a elevada eficiência no processo de tratamento do lodo”, explicou o diretor-geral da Águas Cuiabá, Luiz Fabbriani.

Neste momento, as tubulações responsáveis por levar a água tratada às unidades consumidoras, conhecidas como adutoras, estão em adiantada fase de implantação, com 80% desta etapa do trabalho concluída. No que se refere à fabricação dos reservatórios e módulos de tratamento de água, 73% dos serviços estão prontos. “Essas unidades são produzidas em indústrias especializadas e, no momento adequado, são instaladas na Estação de Tratamento de Água”, complementou Fabbriani.

Leia Também:  Cuiabá recebe 2ª edição do Fórum IEL de Carreiras

 

 

Credito:Assessoria da Prefeitura de Cuiabá(Com informações – assessoria Águas Cuiabá)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

MPMT lança edital para credenciamento de banco de peritos

Publicados

em


.
Com o objetivo de agilizar a realização de vistorias e análises técnicas em procedimentos investigatórios e administrativos, o Ministério Público do Estado de Mato Grosso lançou edital para credenciamento de profissionais e pessoas jurídicas interessados em prestar serviços de perícia, estudos, pareceres técnicos, coleta e exames. Os valores dos honorários são definidos de acordo com a complexidade do trabalho técnico e variam de R$ 711,00 a R$ 2.400,00.

O procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, ressalta que o  banco de peritos possibilitará a realização de perícias em demandas que exigem um apoio mais especializado, tanto na área administrativa quanto em procedimentos investigatórios, e com isso o Ministério Público terá condições de dar uma resposta mais ágil e eficaz à sociedade. A regulamentação do procedimento de cadastro, seleção, designação e pagamento dos profissionais e laboratórios que prestarem serviços de forma auxiliar às demandas apresentadas nos Centros de Apoio Operacional se deu por meio de Ato Administrativo.

“O edital que acaba de ser lançado traz todas as informações para os profissionais e empresas interessados em prestar serviços ao Ministério Público. Ao todo, foram contempladas mais de 10 áreas. O prazo de vigência do credenciamento será de 36 meses, a contar da data de publicação do edital”, destacou o procurador-geral de Justiça.

Leia Também:  Ministério Público pede interdição de ginásio municipal

ÁREAS CONTEMPLADAS: Contabilidade, engenharia civil, arquitetura e urbanismo, engenharia elétrica, laboratório de análise físico-química e microbiológica, medicina, farmácia, engenharia florestal, agronomia ou engenharia agronômica, geografia, biologia, engenharia ambiental, odontologia e tecnologia da informação.

Saiba mais sobre o Edital e os anexos que deverão ser preenchidos e encaminhados aoo e-mail ([email protected]) para inscrição, clicando aqui

Fonte:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA