Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

MATO GROSSO

Entidades do comércio montam comissão para debater “PLC do Aumento de Impostos”

Publicados

em

Com objetivo de evitar uma crise econômica em Mato Grosso, aumento da sonegação fiscal, fechamento de empresas e demissão em massa, diversas entidades representativas do comércio montaram uma comissão para apontar os riscos que o projeto de lei complementar nº 53/2019, demonizado como “PLC do Aumento de Impostos”, pode causar no setor que representa 66% da arrecadação de ICMS no estado.

A medida foi implantada na sede da Fecomércio-MT, em Cuiabá, e contou com o apoio de lideranças empresariais de grande expressão nacional.

Segundo o presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, a comissão deve levantar a demanda de cada setor em relação ao impacto tributário e interceder junto ao governo estadual para a melhor solução para ambos os lados.

“Já temos empresários estudando a viabilidade de encerrar as atividades em Mato Grosso e transferir os negócios para Goiás com receio do impacto que a lei pode ter. Somos a favor do desmembramento do projeto, e que no primeiro momento façamos a convalidação dos benefícios fiscais, e posteriormente a reforma tributária. Decidirmos dois temas importantes em poucos dias, é um suicídio econômico para Mato Grosso”, afirma Wenceslau.

Leia Também:  Comissão mista da Reforma Tributária retoma trabalhos hoje

Francisco Almeida, diretor da Fecomércio-MT, esclarece que a reforma não é necessária ser feita até o dia 31 de julho, já que possui o prazo final até dezembro deste ano. “Essa medida de incluir a convalidação junto com a reforma tributária no mesmo projeto de lei complementar, é querer forçar a barra com os deputados estaduais. Isso daí é tentar enfiar goela abaixo um plano de governo que não foi feito em gestões anteriores”.

Os empresários do comércio estão correndo contra o tempo, a mensagem do projeto de lei complementar nº 53/2019, trata da reinstituição dos incentivos fiscais em Mato Grosso, foi enviada no final de junho para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso, e deve ser votada até o final de julho, com um curto prazo para discussão.

A medida prevê revalidação de alguns incentivos fiscais atuais e mudanças em outros, além de alterações de alíquotas e na forma de tributação. Desta forma, haverá redução dos benefícios fiscais e nenhuma perspectiva de novos incentivos.

Leia Também:  Comissão se reúne e discute adequações do Zoneamento de MT ao MacroZEE

Fonte: Fecomércio

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

MATO GROSSO

Bazar da primeira-dama é um sucesso de público e vendeu mais de 8 mil peças

Publicados

em

Os bazares beneficentes organizados pela primeira-dama Virginia Mendes são um sucesso de público. Assim como foi na Prefeitura de Cuiabá, quando organizou a primeira edição do evento, a segunda edição, iniciada na última terça-feira (06/10), no Palácio Paiaguás, foi encerrada com recorde de vendas.

Programado para ir até esta sexta-feira (09.10), o bazar Vem Ser Mais Solidário foi encerrado com a venda dos mais de 8 mil itens. Entre as peças, centenas delas eram do acervo pessoal da primeira-dama e também doação de marcas e estilistas famosos, como Martha Medeiros, Cavalli, Prada, Gucci, Armani, Lolitta, Patricia Bonaldi, Fabiana Milazzo, Ricardo Almeida, Glória Coelho, Calvin Klein, entre outras marcas nacionais e internacionais.

Vários parceiros ajudaram com a doação de roupas, calçados e acessórios novos, como, por exemplo, as lojas e marcas: Martha Medeiros, 2 AM Brand, Editions Store, Vila Konceito, Soul Teen, Passagiata, Casa Prado, Bruba Kids, Óticas Bamboo Brasil, Voriques Ótica, Cleuzete Bernardes, Dress Express, e centenas de outros doadores.

“Foram mais de 500 doadores. Agradeço desde quem doou uma peça até quem doou centenas. Cada doação foi importante para que conseguíssemos reunir um acervo de mais de 8 mil itens”, destacou a primeira-dama Virginia Mendes.

As formas de pagamento eram em dinheiro e cartão e os preços começavam a partir de R$ 10. Os itens foram identificados por cores: preto R$ 10,00; amarelo R$ 20,00; vermelho R$ 50,00; azul R$ 80,00; Verde R$ 100,00; laranja R$ 150,00; branco R$ 250,00; azul Claro R$ 300,00; cinza R$ 500,00 e rosa R$ 1.000. Este último valor eram as roupas de estilistas nacionais e internacionais, que novos, custam acima de R$ 20 mil nas lojas e estavam sendo vendidos a menos de 10% do valor original.

Leia Também:  Pesquisa registra forte queda no número de famílias inadimplentes em Cuiabá

Toda a renda arrecadada será revertida em prol de famílias carentes e projetos sociais. A primeira-dama Virginia Mendes irá anunciar em breve a destinação dos recursos.

“Vamos avaliar tudo que foi arrecadado para destinar para as entidades carentes do Estado e nossas ações sociais desenvolvidas no governo. A quantidade de doações superou nossas expectativas e só tenho que agradecer a todos que doaram e trabalharam para que essa ação, em especial minha equipe da UNAF, os voluntários, que ficaram dia e noite, inclusive aos finais de semana, para que pudéssemos realizar esse evento e beneficiar muitas pessoas vulneráveis”, afirmou a primeira-dama.

Desfile

A abertura do bazar contou com desfile de moda, realizado no dia 06 de outubro, nos jardins do Palácio Paiaguás, que encantou a todo o público presente. O desfile contou com produção de moda de Edson Guilherme Produções, cabelo e maquiagem por Joana D’arc e equipe e a presença do ator André D’Lucca, com a personagem Almerinda.

O desfile contemplou todos os públicos, com crianças, mulheres, homens, modelos plussize, cadeirantes, mostrando que a moda é inclusiva e atende a todos os públicos.

Sorteio

Com apoio da joalheria Miranda Castro, de Brasília, a primeira-dama vai sortear um colar de ouro branco da coleção Butterfly para quem comprou acima de R$ 1.500. Além da jóia, quem comprou qualquer quantia no bazar estará concorrendo a sessões de massagem corporal, método Renata França. Serão sorteados dois vouchers destes, cada um com quatro sessões, doados pela esteticista Gracielle Carvalho. Outros prêmios que também serão sorteados são dois procedimentos de estética, sendo um corporal e outro fácil, doados pela clínica de estética La Renovence. A data do sorteio será anunciada em breve e os ganhadores serão divulgados nas redes sociais da primeira-dama.

Leia Também:  Comissão do Fundeb na Câmara depende de Maia para ser instalada

“Agradeço de coração todos que colaboraram conosco neste tão importante projeto, desde os parceiros e amigos que fizeram as doações das peças, até a equipe que trabalhou na organização do evento, produção do desfile e modelos, e todos os voluntários e a minha dedicada equipe da UNAF, que prestaram apoio durante todos estes dias, trabalhando sem parar para cuidar de todos os detalhes. Estou muito feliz e agradecida a todos”, destacou a primeira-dama.

Sucesso de público

Quando foi primeira-dama de Cuiabá, na gestão de Mauro Mendes como prefeito, Virginia Mendes também organizou, no ano de 2015, um bazar que superou todas as expectativas. Na época, o evento era para ter duração de uma semana, mas tudo foi vendido em um único dia.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA