Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

RECURSOS

Secretário do TCE-MT reforça papel orientativo do órgão em fórum para discutir gestão

Publicados

em

O secretário de Apoio às Unidades Gestoras (Saug) do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), Adjair Roque de Arruda, destacou o papel orientativo do órgão de controle externo durante o Fórum Regional de Fortalecimento da Rede + Brasil – Etapa Mato Grosso, promovido pelo Governo do Estado. O evento, realizado de forma virtual, teve a gestão dos recursos públicos como tema central do debate.

Na oportunidade, o secretário da Saug apresentou o Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado (PDI), desenvolvido pelo TCE-MT a partir da percepção da necessidade de se dar suporte às prefeituras para boa aplicação dos recursos públicos.

“Percebemos, há muito tempo, que o cumprimento da aplicação dos mínimos Constitucionais não significava que as políticas públicas estavam sendo bem aplicadas. Então, começamos a desenvolver esse programa, que dá suporte para que as prefeituras tenham como prioridade o planejamento estratégico”, explicou.

Conforme o secretário, não basta o Tribunal de Contas exercer o controle, que é uma função Constitucional, é preciso orientar, principalmente com foco na boa aplicação de recursos públicos.

Leia Também:  Bolsonaro endurece com TSE e diz que estão “rasgando a Constituição”

Durante o evento foram apresentados painéis com temas como os desafios dos municípios nas transferências de recursos da União, a importância da atuação do sistema de controle interno nas transferências federais e sobre a plataforma e rede +Brasil.

O objetivo foi reunir todos os atores que participam do processo de gestão das transferências da União para maior integração entre os parceiros da Rede +Brasil, de forma a fortalecer a governança, o diálogo, a gestão e a melhoria do gasto público, garantindo, assim, maior efetividade das políticas públicas implementadas com recursos públicos.

Rede + Brasil

A Rede + Brasil é um mecanismo de governança colaborativa e de troca de informações voltada ao fortalecimento da transparência, da acessibilidade do diálogo e da gestão, bem como à melhoria do gasto público, e maior efetividade das políticas públicas implementadas com recursos decorrentes das transferências da União.

A Rede é composta por representantes dos estados, municípios, de organizações da sociedade civil, órgãos de fiscalização e controle e outros agentes envolvidos com a gestão das transferências da União operacionalizadas por meio da Plataforma + Brasil.

Leia Também:  Marcelo Castro vê avanços no projeto que altera regras do Imposto de Renda

Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: [email protected]
Flickr: clique aqui

Fonte: TCE MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

LEGISLATIVO

Vacinação da ALMT já imunizou mais de 200 mil pessoas: “Atuação do Parlamento faz a diferença”, diz Russi

Legislativo abriu 5 polos de vacina, sendo 3 na baixada cuiabana, 1 em Rondonópolis e 1 em Tangará da Serra

Publicados

em

Mato Grosso já vacinou mais de 40% de sua população, contra a Covid-19, conforme os últimos dados do consórcio de veículos de imprensa. No total já foram aplicadas 3.823.526 doses de vacinas, de acordo com levantamento da Secretaria de Estado de Saúde. Dessas, 239.756 pessoas foram imunizadas nos cinco postos de vacinação, instalados pela Assembleia Legislativa em Cuiabá, Várzea Grande, Tangará da Serra e Rondonópolis. “Esses pontos de vacinação estão sendo essenciais para acelerarmos esses processo de imunização e diminuir o número de óbitos em nosso Estado. Uma ação, que teve a participação de todos os deputados”, avalia o presidente do Legislativo, deputado Max Russi (PSB).

FOTO: Fablício Rodrigues

O parlamentar foi um dos entusiastas e um dos principais articuladores para a implantação e ampliação de novos postos de vacinação em MT, na parceria entre Assembleia, prefeituras e parceiros.

“São recursos da Assembleia, que contribui com estrutura, servidores e servidores, dando condições de trabalhar e prestar esse serviço para a população”, complementou.

No caso do polo de vacinação da Assembleia Legislativa, segundo o quantitativo da Supervisão de Saúde e Qualidade de Vida (SGP), já foram aplicadas 91.921 doses de imunizantes, até o dia 13 deste mês.  No de Rondonópolis foram 71.646, Tangará da Serra 40.000 e Várzea Grande 36.189, somados os dois polos da baixada.

Leia Também:  Portal e-Cidadania do Senado oferece oficinas a escolas e universidades

De acordo com a gerente de Saúde e Assistência do Legislativo, Ivana Mara Mattos, a vacinação segue normalmente, atendendo a todos os protocolos preconizados pelas autoridades de Saúde e conforme a chegada de mais vacinas.

“Já estamos vacinando, aqui na Assembleia, adolescentes de 12 a 17 anos. Além disso, a terceira dose já está disponível par a faixa etária de 70 anos e profissionais da Saúde. Isso tudo de acordo com a chegada de vacinas”, esclareceu.

ALMT/Assessoria

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA