Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

DIA 5

Comissão pode votar PEC do Voto Impresso na próxima quinta-feira

Publicados

em

A Comissão Especial do Voto Impresso (PEC 135/19) se reúne na próxima quinta-feira (5) para votar o parecer do relator, deputado Filipe Barros (PSL-PR). A reunião está marcada para as 14 horas, em plenário a definir.

Os integrantes da comissão vão analisar um substitutivo elaborado por Filipe Barros. Apresentado no final de junho, o texto exige a adoção de um tipo de urna eletrônica que permita a impressão do registro do voto. Esse registro será uma espécie de cédula em papel, a ser depositada em recipiente indevassável, assegurada a conferência pelo eleitor, mas sem qualquer contato manual.

Segundo o texto do relator, a apuração se dará após a votação e ainda nas seções eleitorais, por meio de equipamento automatizado para contagem dos registros dos votos, aptos à verificação visual. Para garantir o sigilo do voto, será proibido o uso de qualquer elemento de identificação do eleitor na cédula impressa.

Votos em separado
Até agora, foram apresentados quatro votos em separado. Dois, capitaneados pelos deputados Arlindo Chinaglia (PT-SP) e Fernanda Melchionna (Psol-RS), são contrários a mudanças nas regras atuais. Os outros, dos deputados Pompeo de Mattos (PDT-RS) e Paulo Ganime (Novo-RJ), apoiam algumas alterações.

Leia Também:  Proposta cria linha de crédito emergencial para motoristas de vans

A PEC foi apresentada originalmente pela deputada Bia Kicis (PSL-DF). O texto original determina que, em processos de votação e apuração das eleições, independentemente do meio empregado para o registro do voto, será “obrigatória a expedição de cédulas físicas conferíveis pelo eleitor”.

Da Redação
Edição ‒ Pierre Triboli

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

LEGISLATIVO

Botelho participa da luta por investimentos em Santo Antônio de Leverger

Publicados

em

O trabalho em parceria está rendendo bons frutos para Santo Antônio de Leverger, cidade há 30 quilômetros de Cuiabá. Além de emendas para a revitalização da orla e melhorias na distribuição de água, o deputado Eduardo Botelho (DEM) trabalha para a ampliação do sinal de telefonia celular nas comunidades, como a agrovila das Palmeiras.

Nesta segunda-feira (27), Botelho participou da cerimônia para o anúncio de mais recursos. É que o senador Jayme Campos (DEM) destinou R$ 1 milhão em emendas para a reforma e ampliação do Hospital Municipal de Santo Antônio de Leverger. O senador também somará esforços com Botelho para articular, junto à Anatel, os investimentos para melhorar os serviços de telefonia, atendendo os moradores das comunidades.

“Esse recurso é muito importante para o hospital, temos emendas para a orla da cidade, uma demanda para resolver, junto a Anatel [Agência Nacional de Telecomunicações], a questão da Agrovila, e outras comunidades onde não funciona o telefone celular. Temos emendas para o município, a Assembleia Legislativa está presente em todas as ações”, afirmou Botelho.

Leia Também:  Trabalhadores nascidos em julho podem sacar auxílio emergencial

A prefeita Francieli Magalhães disse que a obra do hospital ficará em torno de R$ 3 milhões. “Fiquei muito feliz com essa emenda, já temos R$ 1 milhão em caixa e, aos poucos, as coisas vão dando certo. Tenho certeza que virão muito mais investimentos. Ninguém faz nada sozinho, por isso sempre buscamos apoio também da Assembleia Legislativa, que é fundamental para município pequeno como o nosso, que tem poucos recursos. Então, quando o deputado destina recursos quem ganha é a população”, afirmou a prefeita.

Construído na década de 90, durante o governo de Jayme Campos, atualmente, o hospital é mantido com 100% de recursos da Fonte 100. Com a reforma e adequação, o hospital poderá receber mais recursos, inclusive, voltar a fazer partos.

“Com certeza esse recurso é bastante substancial para esse hospital que merece a reforma e novos equipamentos. E o deputado Eduardo Botelho tem colaborado, não só com Santo Antônio, mas para todas as cidades já foram distribuídos milhões de reais de autoria do deputado Botelho, que sem sombra de dúvidas é um valoroso deputado. Tem se preocupado muito, sobretudo, com os mais humildes, mais carentes, faz um trabalho exemplar como deputado, sobretudo, como ser humano”, disse Jayme Campos.

Leia Também:  Ibama admite delegar licenciamento de novos trechos da Ferronorte para Sema

De acordo com o secretário Municipal de Saúde, Amilton José e Silva, com a reforma serão possíveis internações e outros procedimentos, pois atualmente a unidade funciona apenas como pronto atendimento, além de retornar a sala de partos. Habilitado para 21 leitos, também serão abertos mais quatro para melhorar o atendimento que fica em torno de 200 pacientes por mês.

“Vai ser uma satisfação gigantesca para a população voltar a ter os serviços de maternidade, resgatando o orgulho de falar que nasceu na cidade”.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA