Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

INFÂNCIA FELIZ

Primeira-dama entrega brinquedos para crianças em tratamento no Cridac

Publicados

em

A primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, participou na tarde de sexta-feira (16.10) de mais uma ação de entregas de brinquedos do projeto Infância Feliz. Desta vez, aproximadamente 140 crianças com deficiência que recebem tratamento do Centro de Reabilitação Integral Dom Aquino Corrêa (Cridac), em Cuiabá, foram beneficiadas com brinquedos e sacolinhas de guloseimas.

Na ocasião, Virginia Mendes, aproveitou para conhecer as dependências da instituição, que presta diversos atendimentos na área de saúde para pessoas com algum tipo de deficiência.

“O nosso objetivo é levar alegria e diversão às nossas crianças e principalmente hoje, aqui no CRIDAC, proporcionar um pouco de entretenimento, para as crianças que passam por tratamentos e estão fragilizadas.  Espalhar amor e carinho e ver o sorriso de cada uma em reposta ao nosso projeto é gratificante”, comentou a primeira-dama.

A ação é promovida em conjunto com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) e pela Unidade de Ações Sociais e Atenção a Família (Unaf). A secretária-adjunta de Direitos Humanos, Salete Morockoski representando a secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, acompanhou as entregas e pontuou a importância da iniciativa.

“Essa é mais uma ação que a primeira-dama está presente fazendo a diferença na vida dessas crianças e tendo a oportunidade de conhecer todas as ações que o CRIDAC desenvolve”, pontuou Salete.

Leia Também:  O fogo passou e destruiu parte do Pantanal em setembro, mas o pior está por vir

Para o diretor do CRIDAC, Luís Antonio Ferreira, a visita da primeira-dama aproxima o Governo do Estado da sociedade. “Todos ficaram muito animados com a visita dela. Foi um grande presente e muito especial. Isso traz uma expectativa positiva. Foi uma tarde maravilhosa”, ressaltou.

Desempregada, Sebastiana Maria de Jesus, mãe dos gêmeos Adrian e Agatha de 4 anos, que fazem tratamento no local devido nascerem prematuros, disse que esse ano é a primeira vez que os pequenos recebem brinquedos.

“Esses brinquedos são uma bênção. Achei bacana a atitude da primeira-dama de vir entregar pessoalmente os brinquedos, eles estão muito felizes”, celebrou.

A tarde também foi mais feliz para o pequeno Saimon Silva, 6 anos, diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista. A mãe Dalva Vera Silva, comemorou durante a entrega. “Estou muito contente, não foi só o meu filho que ganhou presente, eu também me senti presenteada com ação”, externou.

Entregas

O cronograma de entregas do projeto Infância Feliz esteve em Primavera do Leste, beneficiando os projetos Mãe Cidinha e o Centro da Juventude (CREJU) e também na aldeia indígena Sangradouro, localizada próximo do município. Em dois aterros sanitários, um localizado em Cuiabá e outro em Várzea Grande, e na escola espírita Irmão Praeiro, também em Cuiabá. E nos municípios de Torixoréu, Alto Araguaia e Poconé.

Leia Também:  Primeira parcela do 13º dos aposentados será antecipada todos os anos

Com essa entrega mais de 6 mil crianças carentes de municípios do interior, de Cuiabá e também de três aldeias indígenas receberam brinquedos entre Barbies, Baby Alive, super-heróis, bolas e jogos.

Ser criança

O projeto Infância Feliz integra o programa Ser Criança, que além de beneficiar crianças carentes em datas comemorativas, também vai proporcionar que mães em situação de vulnerabilidade recebam recursos, por meio de um cartão, para a compra de itens de primeira necessidade: roupas, calçados, material escolar, alimentos.

Também dentro do programa estão sendo estruturados espaços físicos adequados com acesso a aulas de reforço, desenvolvimento cognitivo, esportes, música, artes e tudo o que possa melhorar o desenvolvimento infantil. A primeira unidade será no interior, na cidade de Poconé, e depois o Ser Criança expandirá para demais cidades.

“Estas são apenas algumas das ações e posso garantir que tem muito mais ainda por vir. Cuidar das crianças é investir no futuro e estamos priorizando isso nesta gestão”, finalizou a primeira-dama Virginia Mendes.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Governo de MT lamenta morte do fotojornalista Lenine Martins

Publicados

em

O Governo de Mato Grosso lamenta o falecimento do fotojornalista Lenine Martins de Oliveira nesta sexta-feira (23.10), vítima da Covid-19. Ele tinha 64 anos e estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por complicações da doença desde o início de outubro.

Lenine era servidor efetivo e atuou por 41 anos na Secretaria de Comunicação. Mesmo após a aposentadoria continuou fotografando e permaneceu no Estado como funcionário comissionado entre os anos de 2014 a 2019.

Ele começou a trabalhar para o governo na gestão de José Fragelli, entre os anos de 1971 e 1975. Na época, um funcionário da assessoria de imprensa do então governador. Tornou-se fotógrafo no governo de Frederico Campos, entre 1979 e 1983.

O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, lamentou a morte do fotógrafo e externou condolências à família e amigos. “Foi um funcionário que dedicou sua vida a servir ao Estado. O trabalho de Lenine, está registrado na história da fotografia de Mato Grosso. Que Deus dê forças aos familiares e amigos e abençoe a todos neste momento difícil”.

Leia Também:  Nova Ducati Multistrada V4 será a primeira moto do mundo com radares

A secretária adjunta de Comunicação, Laice Souza, lembrou dos tempos em que trabalhou com o fotógrafo. “Tive o prazer de trabalhar com Lenine. Um profissional que amava o que fazia e um ser humano incrível. Fará muita falta. Meus profundos sentimentos à família”.

O repórter fotográfico Mayke Toscano fez questão de destacar ter aprendido muito com Lenine. “Perco um grande amigo, que conheci no início da minha carreira. Lenine, o fotógrafo que trabalhou por mais tempo na Secom, 40 anos de história. Aprendi muito com ele”.

A assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública, Débora Siqueira, contou ter trabalhado com Lenine entre os anos de 2016 e 2018. “Sempre foi muito respeitado, sempre disposto para fotografar operações, o que fazia dele um cara muito querido pelas forças policiais”.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA