Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

GERAL

Mulher leva soco no rosto uma semana após conseguir medida protetiva e marido é preso em MT

Publicados

em

Uma mulher de 37 anos pediu socorro à Polícia Militar de Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, depois de ser agredida pelo ex-companheiro, na  última quinta-feira (23). Ela denunciou ter levado uma paulada na perna e um soco no rosto.

À polícia, a vítima informou que se separou de Aristides Ribeiro de Paula Filho há uma semana por ter sido agredida e que conseguiu na Justiça uma medida protetiva.

O suspeito não respeitou a determinação da Justiça e na tarde dessa quinta-feira invadiu a casa dela, que fica no Bairro São Cristovão e a agrediu.

Os PMs encontraram Aristides na casa da vítima. Ele estava deitado na cama dela. O homem foi preso e levado pra delegacia da Polícia Civil.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Gretchen acompanha o Círio de Nazaré ao lado do marido Esdras de Souza
Propaganda

GERAL

Governo determina regime de teletrabalho e mantém 50% do efetivo presencial

Publicados

em

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), instituiu a partir desta quarta-feira (19.01) o regime de teletrabalho com revezamento a todos os órgãos e entidades do Poder Executivo, determinando a permanência mínima de 50% do efetivo nas repartições públicas. A medida tem o objetivo de garantir a manutenção dos serviços públicos à população e conter o aumento de casos de Covid-19.

De acordo com a normativa, publicada em edição extra do Diário Oficial desta terça-feira (18.01), as regras devem ser aplicadas a todos os órgãos e entidades, com exceção das áreas finalísticas, tais como exercício do poder de polícia, vistorias, fiscalização, medição e serviços de saúde. Seguindo vigente até o dia 31 de janeiro.

Conforme o documento, o teletrabalho será permitido aos servidores que realizem atividades que permitam a mensuração da produtividade e do desempenho.

Segundo o titular da Seplag, Basílio Bezerra, as medidas adotadas resguardam a saúde dos servidores, mas sem afetar a continuidade da prestação dos serviços públicos.

“O teletrabalho é uma forma de melhorar o distanciamento social, contribuindo para evitar possíveis contaminações dos nossos servidores, sem perder a produtividade desses colaboradores e mantendo a continuidade da prestação dos serviços públicos à população”, disse.

Leia Também:  Prefeitura de Sinop (MT) faz concurso com salário de até R$ 11 mil
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA