Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

INAUGURAÇÃO

Governo inaugura ampliação da Escola Estadual Bromildo Lawisch e entrega material didático aos estudantes

Publicados

em

O Governo de Mato Grosso, através da Secretaria de Estado de Educação, inaugurou nesta segunda-feira (13.09) a ampliação da Escola Estadual Bromildo Lawisch, no município de Itanhangá (475 km de Cuiabá). A unidade ganhou cinco novas salas de aula totalmente climatizadas, além da manutenção das outras seis salas de aula já existentes.

Na cerimônia, que contou com a presença do secretário de Educação Alan Porto e do prefeito da cidade, Edu Pascoski, foi realizada, ainda, a entrega oficial do material didático para os alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio, além do compromisso de ampliação do refeitório, em parceria com o município.

O investimento no novo bloco da unidade foi de R$ 558 mil, sendo R$ 500 mil do Governo do Estado e R$ 58 mil de contrapartida do município.

A obra, uma reivindicação de mais de cinco anos da comunidade, coloca fim a um problema que preocupava os profissionais. Parte dos estudantes ocupava salas alugadas, em outro prédio, que era locado desde 2014 a um custo mensal de R$ 2,1 mil. Ou seja, a ampliação da unidade representa também uma economia de R$ 25,2 mil por ano.

“Há muito tempo precisávamos destas salas. Tínhamos salas superlotadas, alunos em outro prédio em salas pequenas, com problemas no período de chuva, e que precisavam atravessar a rua até para utilizar banheiro”, relata a diretora da escola, Rosimary Aparecida Rodrigues.

Ela enfatiza que os estudantes adoraram o ambiente novo e afirma que a nova estrutura será uma aliada na recuperação da aprendizagem dos estudantes. “Vamos ter um trabalho bem grande e a nova estrutura é um ânimo para os estudantes começarem de novo, depois de um ano e meio parados devido à pandemia”.

Ex-diretora da escola, a professora de Ciências Justina Inês, que está na unidade desde 2013, afirma que foram muitos anos de luta até ter o projeto de ampliação da unidade aprovado na gestão do governador Mauro Mendes, em 2019.

Leia Também:  Após iniciativa do Governo, TJ promove conciliação com Prefeitura de Cuiabá para aprimorar combate

“Esse era um sonho para toda escola, para todos os professores e estudantes. Um espaço confortável muda a aprendizagem dos alunos. A escola está linda, pintada, reformada. Dá orgulho. Os estudantes estavam cobrando para voltar para a escola”, declara Justina.

Parceria em destaque

O secretário Alan Porto ressaltou a parceria do Estado com o município, afirmando que desta forma é possível chegar com mais celeridade dentro das escolas.

“Começo a semana de forma muito especial, vendo uma escola atrativa, que faz toda a diferença na educação de qualidade. Temos aqui um espaço digno para o trabalho dos profissionais, para implementar os projetos pedagógicos que visam a recuperação da aprendizagem dos nossos estudantes”.

O secretário reforçou que o Estado age como facilitador, para que a educação de Mato Grosso se transforme em uma das melhores do país. “A educação é uma ação conjunta que inclui os pais, os profissionais, o legislativo, o executivo, toda a sociedade. Afinal, falar em educação é falar do futuro, da família e isso precisamos fazer juntos”.

Enfatizou ainda todas as ações que o Governo do Estado tem implementado para provocar a mudança necessária, com a previsão de investimentos de R$ 936 milhões, até o próximo ano, por meio do Programa Mais MT. Investimentos estes na infraestrutura física e tecnológica e, principalmente, na área pedagógica.

“O governador Mauro Mendes e o vice-governador Otaviano Pivetta implementaram a política fiscal que deu condições para que o Estado hoje faça os maiores investimentos da história. Não há atrasos em pagamentos, em repasses, e aqui, em parceria com o município, conseguimos fazer uma obra em tempo recorde e com um custo baixo. O governo de Mato Grosso tem maturidade e responsabilidade com o dinheiro do contribuinte”.

Leia Também:  Escape 60' oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

O secretário reforçou que o Governo vai continuar avançando na educação, com melhorias na infraestrutura, com formação continuada dos profissionais, com material didático de qualidade. “Nós vamos virar esse quadro, recuperar a aprendizagem dos nossos estudantes, tão prejudicada durante a pandemia, e vamos ser um dos melhores do país na educação. O governador e o vice-governador não vão descansar enquanto isso não acontecer”.

O prefeito Edu Pascoski lembrou que, após o projeto aprovado, a Seduc fez o repasse e o município teve condições de licitar e executar a obra. Aos estudantes, reforçou que o patrimônio é deles e que precisam cuidar do espaço.

“Quero agradecer o governador e o vice-governador, que vêm fazendo uma gestão descentralizada, em parceria com os municípios. E aqui está a prova disso, entregando oficialmente 5 salas de aula. Aqui os recursos são bem aplicados. Agradecemos as parcerias que são realizadas, não só na educação, mas na infraestrutura, nas estradas e rodovias. Obrigado pelo Estado estar presente em Itanhangá”.

Momento histórico

A secretária municipal de Educação, Suzana Bêss, descreveu o momento como histórico. Afirmou que está há 22 anos na rede e nunca houve a oportunidade de sentar e discutir a educação como agora, com redes consolidadas, com gestão compartilhada, com parcerias.

“Estou acompanhando os investimentos e o que tenho a dizer aos estudantes é que aproveitem. Esse momento histórico da educação está nas mãos de vocês. Estão recebendo salas novas, material didático de qualidade, vocês têm professores capacitados. Tem internet na escola. Não percam essa oportunidade de estudar, porque isso ninguém tira de vocês”.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Sefaz amplia prazo para empresas industriais entregarem registros da EFD

Publicados

em

A Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz-MT) ampliou o prazo para as empresas industriais regularizarem as omissões nos registros referentes ao controle da produção e do estoque (registros K200 e K280), que devem ser informados no Bloco K da Escrituração Fiscal Digital (EFD). Com isso, os contribuintes deverão apresentar os dados é até o dia 31 de outubro de 2021.

Essa é uma extensão ao prazo inicial oportunizada aos contribuintes, já que a data limite para entrega definitiva das notificações, emitidas no mês de agosto, expirou no dia 20 de setembro de 2021.

A medida foi adotada em atendimento às associações do setor que apresentaram ofícios solicitando a prorrogação do prazo para cumprimento da obrigação. De acordo com elas, no interior do estado, principalmente municípios localizados no norte de Mato Grosso, existe muitas dificuldades em deslocamento de pessoal e encontrar redes de internet disponíveis.

A alteração do prazo é benéfica tanto ao contribuinte, que terá mais tempo para prestar informações, quanto ao Estado, que tem grande interesse em receber todas essas informações e de forma correta.

Leia Também:  Jorginho anuncia evento com a frente parlamentar das micros e pequenas empresas

Com isso, a Sefaz deferiu a solicitação de prorrogação do prazo fixando para o dia 31 de outubro de 2021, destacando que o contribuinte que não cumprir o prazo, será penalizado.

Importante lembrar que todas as datas de início de obrigatoriedade do Bloco K são definidas em âmbito nacional, por meio de Ato Cotepe e Confaz.

Para entender melhor, o sistema chamado Bloco K, trata de um conjunto de informações declaradas na Escrituração Fiscal Digital, que dizem respeito a produção e respectivo consumo de insumos, bem como do estoque escriturado. A legislação de 2016 elenca datas de início dessa obrigatoriedade, divididas por setor e tamanho das empresas industriais ou ele equiparados, como atacadistas.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA