Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

LUTO

Governo de MT lamenta morte do fotojornalista Lenine Martins

Publicados

em

O Governo de Mato Grosso lamenta o falecimento do fotojornalista Lenine Martins de Oliveira nesta sexta-feira (23.10), vítima da Covid-19. Ele tinha 64 anos e estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por complicações da doença desde o início de outubro.

Lenine era servidor efetivo e atuou por 41 anos na Secretaria de Comunicação. Mesmo após a aposentadoria continuou fotografando e permaneceu no Estado como funcionário comissionado entre os anos de 2014 a 2019.

Ele começou a trabalhar para o governo na gestão de José Fragelli, entre os anos de 1971 e 1975. Na época, um funcionário da assessoria de imprensa do então governador. Tornou-se fotógrafo no governo de Frederico Campos, entre 1979 e 1983.

O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, lamentou a morte do fotógrafo e externou condolências à família e amigos. “Foi um funcionário que dedicou sua vida a servir ao Estado. O trabalho de Lenine, está registrado na história da fotografia de Mato Grosso. Que Deus dê forças aos familiares e amigos e abençoe a todos neste momento difícil”.

Leia Também:  Em nome de um vereador, pastor promete testes grátis de Covid-19

A secretária adjunta de Comunicação, Laice Souza, lembrou dos tempos em que trabalhou com o fotógrafo. “Tive o prazer de trabalhar com Lenine. Um profissional que amava o que fazia e um ser humano incrível. Fará muita falta. Meus profundos sentimentos à família”.

O repórter fotográfico Mayke Toscano fez questão de destacar ter aprendido muito com Lenine. “Perco um grande amigo, que conheci no início da minha carreira. Lenine, o fotógrafo que trabalhou por mais tempo na Secom, 40 anos de história. Aprendi muito com ele”.

A assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública, Débora Siqueira, contou ter trabalhado com Lenine entre os anos de 2016 e 2018. “Sempre foi muito respeitado, sempre disposto para fotografar operações, o que fazia dele um cara muito querido pelas forças policiais”.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Rede Comper participa do projeto Heróis da Covid-19

Publicados

em

A Rede Comper participa do projeto “Heróis da Covid 19”, com obra do renomado artista mato-grossenses Benedito Silva no supermercado da Av. do CPA, em Cuiabá. O projeto é realizado pela Fundação Júlio Campos – FJC com parceria da BPW Cuiabá – Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais que tem por objetivo  homenagear os profissionais da saúde e todos os trabalhadores envolvidos em atividades essenciais, que trabalharam incansavelmente durante a pandemia enquanto grande parte da população cumpria  a quarentena em casa. Esses anônimos são profissionais da área de saúde, funcionários de supermercados, farmácias, bombeiros, policiais, motoristas de aplicativos, moto boys, dentre outros.

No total foram 16 artistas que deixaram registradas suas obras, em formato de asas com colorido especial, que retratam os anjos, em diversos locais de Cuiabá e Várzea Grande para levar alegria e beleza para a população neste momento desafiador. A idealizadora do projeto e gestora da FJC,  Laura Campos, disse que esta homenagem é um reconhecimento às pessoas que trabalharam durante a pandemia. “São verdadeiros anjos na terra, que se colocaram para servir, que tem compromisso com a vida e com os seus semelhantes”, enfatizou.

Leia Também:  Parque Nacional do Iguaçu retoma atividades a partir de hoje

A gerente Regional de Operações da Rede Comper de Mato Grosso Fátima Camilo, disse que apoiar este projeto é uma forma de reconhecimento e gratidão a todos os profissionais que não mediram esforços e se arriscaram principalmente durante o pico da pandemia. “Há uma obra do artista Benedito Silva no Comper da Av do CPA em Cuiabá, onde os clientes podem apreciar a beleza da pintura e também eternizar este momento através dos registros fotográficos”, destacou.

 Na obra do artista Benedito da Silva foi evidenciado os ícones regionais como a viola de cocho, pássaros,  peixes e bandeirolas. “Através da valorização da nossa cultura estamos homenageando as pessoas que arriscaram suas vidas, enfatizou o artista.

  A presidente da BPW-Cuiabá Zilda Zompero disse que foi muito importante a articulação feita pela BPW Cuiabá para realização deste projeto com importante  contexto social e histórico enfrentado durante a pandemia. “A BPW-Cuiabá sempre é apoiadora das causas sociais e tem comprometimento com a arte e cultura local. “É lindo e gratificante prestar essa homenagem aos heróis da Covid”.

Leia Também:  Agências da Caixa não abrem neste sábado

Participam do projeto os renomados artistas: Adriano Figueiredo, Benedito Silva, Cláudyo Casares, Heleninha Botelho, Jacqueline Barroso, Odete Venâncio, Pádua Nobre, Rafael Jonnier, Regis Gomes, Rita Rezende, Sérgio Veny, Valdemar Souza, Valques Pimenta, Vicente Paulo, Victor Hugo e Vitória Basaia.  As obras estão nos  locais: shoppings Goiabeiras, Três Américas e Várzea Grande, na TV Brasil Oeste; Supermercado Comper da Avenida CPA e Alzira Santana; EletroFios; Posto BR – Fernando Correia. Complexo da Casa Barão (Academia de Letras e Instituto Histórico e Geográfico); Vida Diagnóstico, Farmácia Modelo da Av. Fernando Correia, Arcobaleno, Maquinox e oficina além do muro da Fundação Júlio Campos que se transformou numa galeria de arte a céu aberto. O projeto Heróis  da Covid 19 conta com o patrocínio da Energisa e TBO.

 Os visitantes podem registrar sua experiência e publicar nas redes sociais com as hashtags: #heroisdacovidfjc, #energisa, #bpwcuiaba #tvbrasiloeste

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA