Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

ADMINISTRAÇÃO

Empresárias se reinventam e criam projeto para capacitar servidores e auxiliar administração pública

Publicados

em

Com a pandemia da covid-19, o serviço público se tornou mais evidente e, consequentemente, afetou na organização de auxílios à população em situação de extrema pobreza.

Em busca de melhorar a vida dessas pessoas, duas empresárias de Cuiabá se reinventaram no ramo da consultoria e criaram o projeto ‘Protagonista Social’, que tem como objetivo auxiliar a administração pública nos benefícios disponibilizados para a população.

Ozenira Félix, que foi secretária de Saúde de Cuiabá – além de outros cargos ocupados em nível estadual e municipal -, deixou em stand-by sua vida pública para encarar o desafio de seguir sua nova profissão: consultoria organizacional.

Com seu conhecimento dentro da vida pública, Ozenira se uniu com a empresária Marinez Duarte e juntas desenvolveram o projeto de formação e capacitação de servidores públicos para a execução de projetos na área de políticas públicas.

O intuito é, primeiramente, capacitar os profissionais da área de Assistência Social para executar o programa de transferência de renda do governo federal – Bolsa Família -, que na verdade, poderá passar a se chamar Auxílio Brasil.

Leia Também:  Comissão de Meio Ambiente irá ao Pantanal definir ações após queimadas

Em Mato Grosso, cerca 167.179 mil famílias foram beneficiadas pelo Bolsa Família neste mês de setembro. Já em Cuiabá, 24.107 mil famílias receberam o auxílio. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Cidadania.

Diversas ações deverão ser realizadas no processo de formação e capacitação desses profissionais com o intuito de facilitar aos processos de atualização cadastral das famílias beneficiadas pelo programa.

Assim, os servidores devem possuir a habilidade de abordar as famílias e dialogar para recolher dados de forma empática.

Além da área da Assistência Social, os grupos de servidores da Educação e Saúde também devem ser capacitados. E, ao longo de 12 meses, esses profissionais poderão participar de cursos, palestras e oficinas a fim de fortalecer o vínculo da população assistida e a gestão pública.

O projeto foi apresentado aos assessores do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) durante sua última visita em Cuiabá. Agora, Marinez e Ozenira articulam parceria com o governo federal para o desenvolvimento do projeto.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Semana de Valorização da Família

O evento contará com palestras de especialistas e o lançamento de programas para estimular o fortalecimento dos vínculos familiares

Publicados

em

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos iniciou hoje (19) a Semana de Valorização da Família. O evento contará com palestras de especialistas e o lançamento de programas para estimular o fortalecimento dos vínculos familiares. A programação ocorrerá até quinta-feira (21) nas redes sociais da pasta.

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Durante o evento, serão lançadas novas ações como a Campanha Refeições em Família – um incentivo para que os pais realizem as refeições em conjunto com os filhos para estimular o diálogo; o Projeto Família na Escola – para permitir que pais e professores possam atuar conjuntamente no desenvolvimento da criança; a Escola Nacional da Família – uma plataforma digital com conteúdos sobre educação parental e o Selo Empresa Amiga da Família – reconhecimento público de empresas comprometidas com o equilíbrio trabalho-família.

A ministra Damares Alves participou da abertura do primeiro dia de transmissão do evento e disse que a pasta trabalha no fortalecimento dos vínculos familiares.

“Chama todo mundo. Chama as famílias, os profissionais da saúde, da educação, da assistência social, gestores e instituições, organizações da sociedade civil”, conclamou a ministra.

Leia Também:  Ninguém acerta as seis dezenas e Mega-Sena vai a R$ 32 milhões

A secretária Nacional da Família, Angela Gandra, disse que a família precisa ser prestigiada a cada dia. “É isso que estamos procurando fazer. Dar um destaque para a família, um destaque suprapartidário, formar uma política de Estado, e que, de fato, consigamos fazer valer o que está na nossa Constituição. A família é a base da sociedade”, ressaltou.

As palestras serão transmitidas até o dia 21, das 15h às 17h, nas redes sociais do ministério.

O evento é motivado pela comemoração do Dia Nacional de Valorização da Família, que será lembrado na próxima quinta-feira (21).

EBC Geral/Assessoria 
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA