Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

CUIDADOS

Corpo de Bombeiros entrega abafadores sustentáveis a moradores do Pantanal

Publicados

em

Para auxiliar no combate aos incêndios florestais nas áreas rurais durante o período de estiagem, o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBM), por meio do Batalhão Ambiental de Emergências Ambientais (BEA), entregou na manhã desta quarta-feira (09.06) a primeira remessa de 200 abafadores sustentáveis aos brigadistas e moradores da região do Pantanal.

A solenidade para entrega do material foi realizada no portal de entrada do Pantanal, no Km-17 da Transpantaneira, em Poconé (103 km de Cuiabá), e contou com a presença do comandante-geral adjunto do CBM, coronel, Ricardo Antônio Bezerra, a secretária estadual de Meio ambiente, Mauren Lazzaretti, o secretário adjunto de Integração Operação da Sesp, Victor Fortes, a secretária municipal de Meio Ambiente de Poconé, Danielle Carvalho e demais autoridades.

Em seu discurso, o comandante-geral adjunto do CBM, coronel Ricardo Antônio Bezerra, destacou que todas as ações de prevenção e preparo aos incêndios no Pantanal é resultado dos investimentos do Governo de Mato Grosso.

“A entrega desses abafadores mostra a nossa preparação, pois o nosso trabalho de prevenção é uma de nossas prioridades. Todo este planejamento foi possível porque o Governo de Mato Grosso tem dado um forte apoio ao Corpo de Bombeiros, com financeiros para compra de viaturas, equipamentos, materiais e contratações”, destacou o comandante.

Leia Também:  Governo de MT consegue autorização para vacinar trabalhadores da Assistência Social

O projeto para produção de 1.200 abafadores foi idealizado (BEA) com apoio de demais parcerias entre a Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT), Secretaria de Meio Ambiente (Sema), Sistema Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Sindicato Rural. Os 200 abafadores deste primeiro foi realizado por um grupo de 15 reeducandos da marcenaria do Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC).

A secretária de Estadual de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, explicou que a entrega dos abafadores vai permitir que os moradores da região do Pantanal, treinados pelos bombeiros, realizem o primeiro atendimento de combate aos incêndios para evitar a propagação das chamas.

“Nas ações preventivas é permitido que o primeiro atendimento de início ao incêndio florestal seja realizado pela comunidade local. Os moradores da região vão realizar aquele primeiro combate de nível um, evitando que se transforme em um incêndio de grandes proporções no Pantanal. Uma estratégia preventiva do Governo de Mato Grosso com a população local para responder de forma mais eficiente aos incêndios florestais”.

De acordo com o comandante da Companhia de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais do BEA, 1° tenente Isaac Wihby, parte do material utilizado na produção seria descartado no lixo, mas foi reaproveitado para produção dos abafadores.

Leia Também:  Candidato a vereador sofre tentativa de homicídio em MT

“Essa confecção de abafadores sustentáveis foi pensada como forma de reaproveitar um material que seria descartado na natureza. A borracha usada nesta produção foi reaproveitada de um equipamento chamado correia de esteira, bastante utilizada pelas agroindústrias, que já tinha sido descartado no lixo, mas foi recuperada para reutilização, conforme pensado no nosso projeto. Além disso, utilizamos as madeiras apreendidas nas operações de fiscalização realizadas pela Sema e Corpo de Bombeiros para fazer o cabo desta importante ferramenta usada no combate ao fogo”, explicou o militar.

A previsão de entrega da segunda remessa de mais 1.000 abafadores será no dia primeiro de julho, início do período proibitivo de queimadas. Ao final da produção, a força-tarefa de trabalho dos reeducandos terá produzido um total de 1.200 peças. A ação faz parte do Plano de Operações para a Temporada de Incêndios Florestais (POTIF 2021), que integra a política pública do Governo do Estado de Mato Grosso como instrumento de resposta preventiva e eficaz no combate às queimadas.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões neste sábado

Publicados

em

O concurso da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 7 milhões para quem acertar as seis dezenas. A aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet.

O sorteio ocorre às 20h deste sábado (19) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

As apostas do concurso 2.382 podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais).

Quina de São João

O sorteio da Quina de São João será realizado em 26 de junho e vai pagar o maior prêmio da história da modalidade, estimado, agora, em R$ 190 milhões. As apostas podem ser realizadas em qualquer uma das 13 mil lotéricas do país, pelo portal Loterias CAIXA  e no app Loterias CAIXA.

No portal Loterias CAIXA é possível adquirir um combo especial do sorteio, com 15 apostas para o concurso 5.590 ou ainda outros três combos contendo apostas de diversas modalidades, além do concurso especial.

Leia Também:  Prévia da inflação de março tem maior alta para o mês desde 2015

Para apostar na Quina, basta marcar de 5 a 15 números dentre os 80 disponíveis. O apostador também pode deixar o sistema escolher os números, por meio da aposta no formato Surpresinha. Ganham prêmios os apostadores que acertarem 2, 3, 4 ou 5 números. O preço de uma aposta simples, com cinco números, é de R$ 2.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA