Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

FAKE NEWS

Ciclo de debates sobre a Lei de combate às fake news discute financiamento de notícias falsas

Publicados

em

Goodluz/DepositPhotos

Comunicação - internet - smartphones telefones celulares tablets redes sociais reuniões negócios empreendedorismo liderança empresas fake news notícias falsas
O financiamento de condutas maliciosas será tema de uma das mesas de debate

Na próxima semana a Câmara realiza mais dois eventos do ciclo de debates públicos virtuais sobre a Lei de combate às fake news, proposta já aprovada pelo Senado e em discussão na Casa (PL 2630/20).

Na segunda-feira (3), haverá um mesa de debates intitulada “Como enfrentar o financiamento público e privado da desinformação?”. A ideia é discutir quais mecanismos são necessários para identificação de financiamento de condutas maliciosas e canais de desinformação nas redes sociais, e como tornar menos lucrativo o uso da desinformação como modelo de negócio de canais das redes sociais. A mesa será presidida pela deputada Natália Bonavides (PT-RN) e terá como mediadora a deputada Lídice da Mata (PSB-BA).

O evento ocorrerá a partir das 9 horas e será transmitido pelo canal da Câmara no YouTube.

O público também poderá participar do debate em sala virtual.

Educação e mídia
Na quarta-feira (5), a mesa será sobre “Educação midiática para um mundo hiperconectado”. A proposta é discutir de que forma a educação midiática amplia as capacidades de análise, interpretação, comunicação e criação de conteúdo em benefício do desenvolvimento de cidadãs e cidadãos mais capazes e atuantes. Essa mesa será coordenada pela deputada Tábata Amaral (PDT-SP) e terá como moderador o senador Rodrigo Cunha (PSDB-AL).

Leia Também:  Nova Iguaçu divulga plano de retomada gradual do comércio

O ciclo de debates sobre a lei de combate às fake news começará às 9 horas e também poderá ser acompanhado pelo canal do Youtube ou em sala virtual.

Da Redação – RS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Emanuel Pinheiro lamenta o falecimento de ex-primeira dama Zulmira Meirelles

Publicados

em

Por

O prefeito Emanuel Pinheiro recebeu com pesar a notícia do falecimento da ex-primeira dama de Cuiabá, Zulmira Meirelles nesta segunda-feira (03). Ela faleceu aos 96 anos de falência múltipla dos órgãos. Zulmira foi casada com o ex-prefeito de Cuiabá, coronel José Meirelles e é mãe da atriz global Totia Meirelles. O velório de Zulmira começará às 12h na Capela Jardins

“Com tristeza recebi a notícia do falecimento de nossa ex-primeira dama, dona Zulmira Meirelles. Que Deus conforte o coração dos familiares e amigos desta mulher gentil e generosa”, comentou o prefeito de Cuiabá.

Zulmira foi primeira dama de Cuiabá na década de 1990, quando seu marido, o coronel José Meireles esteve à frente do Palácio Alencastro. Foi vice-prefeito de Dante de Oliveira e prefeito de Cuiabá de 1994 a 1996.

Coronel José Meirelles faleceu em 2012

Ele também comandou o 9º Batalhão de Engenharia de Construção (BEC) do Exército Brasileiro, durante a abertura da BR-163 no estado. Meirelles morreu em 2012.

A ex-primeira dama é mãe de oito filhos, dentre eles, da atriz global, Totia Meireles. A atriz se manifestou em sua rede social pela morte da mãe. “Descanse em paz, minha querida”, escreveu a atriz.

Leia Também:  Escritor critica Bolsonaro que, por enquanto, parece não estar disposto a criar polêmicas

O velório aconteceu na Capela Jardins, sala Tulipas, e o sepultamento foi às 17h no Cemitério Parque Bom Jesus de Cuiabá, no bairro Parque Cuiabá.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA