Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

26 ANIVERSÁRIO

Carlinda comemora aniversário com parceria do Governo de MT

Publicados

em

Carlinda, distante 756 quilômetros da capital Cuiabá, com 10.199 habitantes, comemora nesta sexta-feira (16) seu 26º aniversário de emancipação administrativa, com ações do Governo do Estado em infraestruturaagricultura familiarsaúde e com os repasses financeiros em dia, que neste ano já ultrapassaram R$ 6 milhões.

Está em execução a pavimentação de 6.128 metros de três ruas na região central da cidade. A obra é resultado de um convênio assinado em junho deste ano entre Sinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística) e prefeitura, num total de R$ 409 mil, dos quais R$ 400 mil de responsabilidade da Sinfra. Até então, a cidade tinha menos de cinco km de ruas asfaltadas.

Foram concluídos, em julho, os serviços de manutenção e conservação de 66,29 quilômetros de duas rodovias estaduais não pavimentadas (MT-208 e MT-419) em parceria com a prefeitura, com o fornecimento de 50 mil litros de óleo diesel.

Há dois meses foi lançada a licitação para a pavimentação de 31 quilômetros da MT 322, a primeira etapa de uma obra que irá pavimentar todo o trajeto entre o município e Matupá, num total de 142 quilômetros.

Pelo Programa MT Produtivo Leite, foram distribuídas 200 doses de sêmen bovino das raças holandês, girolando e jersey a 10 agricultores familiares de Carlinda, de um total 7,5 mil doses distribuídas em outros 21 municípios mato-grossenses. A meta é o melhoramento genético do rebanho leiteiro. Carlinda é o 17º no ranking estadual de municípios produtores de leite.

Leia Também:  Idosa dada como morta ‘ressuscita’ durante a noite na morgue

Foram enviados ao município, pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), 875 testes rápidos para detecção do coronavírus e medicamentos para combatê-lo, num total de 37.716 comprimidos entre azitromicina (4.637), ivermectina (3.710) e dipirona (29.369), também em gotas (721 frascos).

Entre janeiro e setembro deste ano, o Governo do Estado repassou R$ 5,52 milhões aos cofres municipais em ICMS, IPVA e Fethab, além de R$ 1,59 milhão em assistência social, transporte escolar e convênios na área de saúde entre 2019 e julho de 2020.

Economia

Administração pública (R$ 59,36 milhões), serviços (R$ 47,77 milhões) e agropecuária (R$ 33,86 milhões) são os principais componentes do Produto Interno Bruto (PIB) municipal de R$ 162,87 milhões. O PIB per capita é de R$ 16.069,29.

Segundo dados do IBGE de 2018, o município possui um rebanho bovino com 262.254 cabeças, entre elas 10 mil vacas ordenhadas, com 12 milhões de litros de leite avaliados em R$ 12 milhões; um rebanho galináceo com 41.028 cabeças, cuja metade (20.514) é formada por galinhas, com uma produção de 205 mil dúzias de ovos avaliadas em R$ 1,02 milhão; e um rebanho suíno com 3,322 cabeças, das quais 370 matrizes.

Leia Também:  Proposta abre crédito extra de R$ 29,4 mi para Judiciário e Ministério Público

Na agricultura, segundo dados do IBGE de 2019, Carlinda produz, em toneladas, soja (37,7 mil avaliadas em R$ 36,25 milhões), milho (36 mil, R$ 14,4 milhões), arroz (1.500), banana (360), mandioca (300) melancia (245), maracujá (96), tangerina (95), limão (80), café (60) e cacau (10), além de 100 mil unidades de abacaxi.

História

O nome é uma referência ao rio Carlinda, entre o município e Alta Floresta, que, por sua vez, homenageia Carlinda Lourenço, esposa do capitão Teles Pires, responsável por levantar o curso do rio, que hoje leva seu nome, ainda no século XIX.

Chegou a ser conhecida como Quatro Pontes – no início da colonização da região, já na segunda metade da década de 1970, foram construídas três pontes, no mesmo local, sobre o rio Carlinda, todas destruídas no período chuvoso. Somente a quarta permaneceu.

O efetivo povoamento começou em 1981, por conta de um assentamento da reforma agrária, em uma área de 89 mil hectares, denominado Parque Carlinda, onde se estabeleceram 54 famílias.

Como data de fundação, é considerado o dia 16 de outubro, embora tenha se tornado município em 19 de dezembro, desmembrado de Alta Floresta, pela lei estadual 6594.

Fonte: GOV-MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Transformação digital do saneamento será assunto da Brazil Water Week

Publicados

em

“Transformação digital” será um dos temas de destaque da Brazil Water Week, encontro internacional, que será promovido online de 26 a 30 de outubro pelaABES – Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (confira a programação geral no site – https://www.brazilwaterweek.com.br/resumo-sessoes). A discussão faz parte do Tema 3 – Gestão Eficiente do evento, que terá 26 sessões em 8 temas principais, mais de 50 horas de conteúdo online e mais de 100 palestrantes do Brasil e de outros países. Inscrições neste link: https://www.brazilwaterweek.com.br/inscricoesO credenciamento para jornalistas está aberto neste link: https://www.brazilwaterweek.com.br/credenciamento-de-imprensa

A sessão terá a participação do especialista Sam Azimi (SIAAP – Service Public de l’Assainissement Francilien), Rogério Marques (Ministério do Desenvolvimento Regional) e Helena Alegre (Laboratório Nacional de Engenharia Civil – Portugal). A coordenação da sessão e moderação é de Samuel Alves Barbi Costa, da ARSAE – Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais.

A transformação digital é mais processual e baseada em pessoas do que tecnológica. Identificar corretamente os desafios e as necessidades informacionais das organizações em termos de aspectos ambientais e econômicos são essenciais para estruturar as abordagens digitais. Com base nisso, os sistemas de infraestrutura física, instrumentação e controle podem ser adaptados à transformação digital, bem como à comunicação e análise.

Leia Também:  Deputada Janaina dá a luz a Diogenes Riva Fagundes, o terceiro terceiro filho

Nesta sessão, concessionárias de água europeias e brasileiras vão apresentar roteiros para aumentar as abordagens digitais e os participantes do painel discutirão como os governos podem incentivar as concessionárias em sua jornada digital.

A Brazil Water Week, que já ocorre em outros países, como Suécia e Cingapura, reunirá profissionais e empresas do Brasil e outros países e envolverá também a comunidade acadêmica, especialistas e organizações internacionais para discutir a água em sua concepção mais ampla, abordando desafios, políticas públicas e soluções e tecnologias existentes no Brasil e em todo o mundo, com foco no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 6 da ONU: ODS 6 – Água e Esgoto para todos até 2030!

Uma grande oportunidade para os participantes compartilharem conhecimentos e realizarem networking com públicos do Brasil e exterior. A Brazil Water

Week tem patrocínio da Sabesp, Miya, Suez, Aegea, Cedae e Iguá Saneamento.

Sobre a ABES

Com 54 anos de atuação pelo saneamento e meio ambiente no Brasil, a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES reúne em seu corpo associativo cerca de 10.000 profissionais do setor. A ABES tem como missão ser propulsora de atividades técnico-científicas, político-institucionais e de gestão que contribuam para o desenvolvimento do saneamento ambiental, visando à melhoria da saúde, do meio ambiente e da qualidade de vida das pessoas.

Leia Também:  Caixa paga R$ 300 a 1,6 milhão beneficiários do Bolsa Família

Inscrições em: https://www.brazilwaterweek.com.br/inscricoes

Para mais informações, acesse: https://www.brazilwaterweek.com.br/

www.abes-dn.org.br

Fonte: Assessoria de Imprensa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA