Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

DE OLHO

TCE disponibiliza informações sobre receitas e despesas com a Covid-19

Publicados

em

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) disponibilizou mais três abas no Radar Covid-19, painel de análise e monitoramento do novo coronavírus. Com as novas ferramentas, é possível acompanhar os recursos recebidos pelos municípios para o combate à Covid-19, além das receitas e despesas realizadas todos os meses desde o início da pandemia.

A ferramenta é atualizada diariamente e está disponível para o acesso da população e dos fiscalizados (clique aqui). No Radar Covid-19, é possível acompanhar os casos de coronavírus, a estrutura hospitalar disponível por município ou em nível estadual e a projeção da população de risco.

As três novas abas são: Recursos Covid, Receitas Covid e Despesas Covid. Na aba “Recursos Covid”, o cidadão vai acompanhar uma síntese comparativa dos recursos da Covid-19 (receitas e despesas) de todos os municípios, a evolução mensal de recebimentos e gastos destes recursos, além da possibilidade de consulta pelo detalhamento dos recursos.

“O painel possibilita análise por bloco de recursos, separando os recursos para o enfrentamento do coronavírus e os recursos para a mitigação dos efeitos financeiros provocados pela pandemia, assim como, permite aplicar filtros por município, mês de referência, jurisdicionado e destinação do recurso”, explicou a auditora e assessora técnica da Secretaria-geral de Controle Externo do TCE-MT, Lisandra Hardy Barros.

Leia Também:  Várzea Grande vacina mais de 3 mil pessoas supera 15 mil atendidos e prevê novos pontos fixos

Na aba “Receitas Covid”, é possível acompanhar as receitas contabilizadas nas unidades jurisdicionadas em razão dos repasses e transferências para o enfrentamento e mitigação dos efeitos da pandemia. Os gráficos apresentam análise mês a mês da receita recebida, especificação por detalhamento da fonte de recurso, categoria econômica, origem, espécie e rubrica, bem como consulta por jurisdicionado, mês de referência, chegando até a nível de conta contábil. Além disso, permite a exportação dos dados em excel para análises avançadas pelos usuários, a nível de lançamento contábil com todas as informações detalhadas.

Já na aba “Despesas Covid”, o cidadão pode ver as despesas empenhadas, liquidadas e pagas pelas unidades jurisdicionadas na aplicação dos recursos para o enfrentamento e mitigação dos efeitos financeiros da pandemia. Os gráficos apresentam análise mês a mês das despesas covid, filtros de consulta por jurisdicionado, mês de referência, detalhamento da fonte de recurso, função e sub-função de governo, programa, projeto/atividade, categoria econômica, natureza, modalidade e elemento, bem como a empresa ou pessoa física credora da despesa. Neste painel, é possível também a exportação dos dados em excel para análises avançadas pelos usuários, a nível de lançamento contábil da despesa com todas as informações detalhadas.

Leia Também:  Governador anuncia pacote de socorro a bares, restaurantes e setor de eventos

NOVAS ABAS

As três novas abas foram desenvolvidas com base nas informações da contabilidade pública declarada pelas unidades gestoras municipais ao TCE-MT, por meio do Sistema Aplic. Pode ocorrer a ausência de informações de municípios devido a não encaminharem ainda a prestação de contas obrigatória ao TCE-MT ou informaram apenas de forma parcial, o que acarreta a ausência de informações de algumas unidades.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

EXECUTIVO

Generais “batem” continência a Jair Bolsonaro e mostram quem é o “comandante”

Publicados

em

O vídeo é do dia 8 de abril e mostra o presidente Jair Bolsonaro durante a cerimônia de promoção de oficiais-generais do Exército. Na ocasião, ele afirma: “O nosso Exército, tradição, o nosso Exército, de respeito, de orgulho, bem como reconhecido por toda a nossa população, representa para o nosso Brasil uma estabilidade”, elogiou, em cerimônia no Clube do Exército.

Em seguida, o presidente defendeu uma atuação das Forças Armadas respeitando a Constituição, mas disse que “não podemos admitir” quem “sair desse balizamento”. “Nós atuamos dentro das quatro linhas da nossa Constituição. Devemos e sempre agiremos assim. Por outro lado, não podemos admitir quem por ventura queira sair deste balizamento”, alertou.

Ao tocar o Hino Nacional, todos os generais que participavam da cerimônia prestaram homenagem ao presidente Jair Bolsonaro e “bateram” continência para ele, demonstrando à sociedade brasileira quem é o homem mais importante do Brasil, o Comandante Supremo das Forças Armadas. Um tributo a poucos presidenciáveis. Confira o vídeo: “Eu quero ver qualquer um desses políticos, ou qualquer um daqueles supremacistas do STF, sair às ruas”, detona jornalista (veja o vídeo)

Leia Também:  Pandemia afeta saúde mental de crianças e jovens, dizem psiquiatras

JORNAL DA CIDADE ONLINE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA