Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

ENSINO MÉDIO

Seduc inicia planejamento para virada na Educação e melhorar índices do Ideb

O índice do Ensino Médio é um dos maiores gargalos não somente para a educação de Mato Grosso, mas em todo o país

Publicados

em

As provas do Ideb foram realizadas em 2019 – Foto por: Secom

As provas do Ideb foram realizadas em 2019

Os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nesta terça-feira (15.09) pelo Ministério da Educação (MEC), apontam que o ensino médio na rede estadual avançou em relação aos índices de 2017, passando de 3,2 para 3,4. Nos anos iniciais a média foi de 5,6 e nos anos finais de 4,5.

A secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, ressalta que os resultados obtidos não foram satisfatórios, porém, o ano de 2019 foi de grandes desafios para a Educação. As provas do Ideb foram realizadas no primeiro ano da atual gestão, que passou por uma greve de 74 dias, fator que prejudicou o processo de ensino-aprendizagem dos alunos.

“Em 2019, a atual gestão recebeu uma Secretaria com R$ 636,8 milhões de restos a pagar de exercícios anteriores, incluindo encargos e pessoal e despesas correntes, o que impossibilitou a capacidade de investimentos naquele ano. No entanto, em dezembro de 2019, já havia pago R$ 430,9 milhões do total de restos a pagar”, explica a secretária.

Leia Também:  MPT e OIT lançam série sobre a realidade dos profissionais de saúde no país

Com as dívidas pagas, foi possível planejar investimentos, tanto na área pedagógica, como na infraestrutura. Com isso, a Seduc agora passa por uma reformulação e em breve Mato Grosso terá uma grande virada na Educação.

Entre as ações da Seduc está o reordenamento e redimensionamento da rede, visando otimizar espaços físicos e os recursos financeiros e melhorar o atendimento da demanda nas unidades educacionais.

Conforme a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) a educação infantil (atendimento da creche e pré-escola) é de responsabilidade dos municípios e o Ensino Médio é de responsabilidade do Estado. Já o ensino fundamental (do 1º ao 9º ano) deve ser exercido e implementado em regime de colaboração entre Estado e os municípios. Diante disso, a reorganização do atendimento escolar tem sido feita de forma que os municípios atendem os anos iniciais (1º ao 6º ano) e o Estado os anos finais (7º ao 9º) para que possa haver um equilíbrio no atendimento da demanda.

Segundo a secretária, o índice do Ensino Médio é um dos maiores gargalos não somente para a educação de Mato Grosso, mas em todo o país, pois, apesar de terem crescidos em relação a 2017, apenas dois estados atingiram a meta.

Leia Também:  Senado analisa propostas para enfrentamento do Alzheimer
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

EXECUTIVO

SINOP: Bolsonaro chega a cidade com seguidores gritando seu nome

Publicados

em

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou a Sinop (500km de Cuiabá) na manhã desta sexta-feira (18) e desceu do avião presidencial sem usar máscaras. O chefe do Executivo nacional cumprimentou apoiadores e levantou até mesmo um cachorro.

Bolsonaro tem se apresentado publicamente sem máscaras desde o início da pandemia, mesmo quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) passou a recomendar o uso para evitar o contágio pelo novo coronavírus. Também não evita dar apertos de mão e cumprimentos, outra forma possível de espalhar o vírus.

No aeroporto da cidade, o presidente foi recepcionado por muitos apoiadores, mas também por opositores. Sem máscara, desceu da aeronave e cumprimentou diversas pessoas que estavam vestidas com a bandeira do Brasil e de roupa com as cores verde e amarela. Ele também levantou crianças e até um cachorro. Em seguida, seguiu em comitiva rumo a BR-163.

Do lado de fora do aeroporto, houve um princípio de manifestação organizada por pessoas em defesa da Amazônia e Pantanal. Os manifestantes seguravam cartazes com ‘Fora Bolsonaro e cobravam medidas de proteção ao meio ambiente. Um dos militantes chegou a pintar todo o corpo com chamas. Em minoria, o grupo de aproximadamente 40 pessoas sofreu retaliação dos apoiadores do presidente. Aproximadamente cinco mil se aglomeraram no entorno.

Leia Também:  Petrobras anuncia redução de 5% na gasolina e de 5% no diesel

09h40 – No local onde será realizado o evento também há muitos apoiadores, todos aglomerados na lateral. No palanque, quase todos os políticos também estavam sem máscara.

Olhar Direto – Isabela Mercuri / Do local – Max Aguiar

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA