Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

CONSUMO CONSCIENTE

Procon/VG inicia entrega de Kits que orienta alunos da Rede de Ensino

Publicados

em

O mês em que é comemorado o Dia das Crianças, o Procon/VG apresenta a mascote “Dandara” – personagem que irá personificar o órgão de defesa do consumidor nas ações pela cidade. Voltado aos alunos de escolas municipais de Várzea Grande, a ideia é aproximar o Procon/VG do público infantil tornando a questão das relações de consumo um aprendizado continuado. As ações terão suas atividades intensificadas até 10 de novembro com apresentação de teatro e entrega de kits lúdicos pedagógicos.   A abertura do projeto foi realizada na Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Abdala José de Almeida, nesta quinta-feira (15).

A coordenadora do Procon/VG, Carolina Barbosa, disse que Dandara é o mascote do Procon da cidade e que vai até as escolas para conversar com as crianças e esclarecer dúvidas sobre Direitos e Deveres do Consumidor. Com a mascote Dandara, o órgão conseguirá se aproximar de um público que hoje não recebe orientação sobre o consumo.

Com as atividades remotas, em decorrência da Pandemia, o Procon/VG faz a entrega simbólica as unidades escolares, com um grupo pequeno de alunos, e os professores se encarregam de fazer chegar os Kits nas mãos dos alunos, junto com as atividades escolares que são distribuídas aos pais, e o tema fará parte das aulas remotas.

A escolha do nome Dandara se deu em decorrência de ser uma guerreira, que neste caso, luta em prol dos direitos dos consumidores. “Com a mascote onde as crianças verem Dandara vão associar ao Procon/VG. Já o critério de escolha foi por conta dos traços étnicos e mistura de raças de negros, índios , caboclos que predominam na cidade, no caso a Dandara a etnia negra. É uma das características também dos cidadãos do município”.

Leia Também:  Entra em vigor lei que cria cadastro nacional de condenados por estupro

“A ideia é tornar essa questão mais próxima da realidade dos pequenos. Crescer sabendo não só seus direitos e deveres, mas que a má administração do dinheiro e o consumo indiscriminado trazem consequências que comprometem a saúde financeira da sua família e que acaba afetando diversos outros fatores da vida”, explica a coordenadora.

Todas 84 unidades escolares receberão 30 mil kits para os estudantes. “No primeiro contato é apresentada a mascote do órgão para um grupo de alunos, posteriormente apresentamos uma peça sobre direitos e deveres dos cidadãos pela equipe técnica. A entrega presencial dos kits ocorre apenas nas unidades que tem teatro, pois em decorrência da pandemia as aulas estão suspensas temporariamente. Em observância aos protocolos de saúde pública, a entrega para os alunos será na sua própria residência pelos profissionais da educação”, destaca Carolina.

Vale destacar que na revistinha animada, retrata a divertida ida da personagem ao supermercado. Além de divertida, também é informativa e responde às questões da Dandara. Ela e a mãe estarão repletas de dúvidas sobre direitos e deveres, mas no decorrer da história, isso mudará com conhecimento adquirido.

Leia Também:  MPT e OIT lançam série sobre a realidade dos profissionais de saúde no país

“Essa é uma iniciativa destinada ao público infanto-juvenil que visa ser um instrumento de construção e cidadania, possibilitando a sensibilização dos consumidores. É uma oportunidade de começar cedo e entender direitos e deveres, tudo baseado no Código de Defesa do Consumidor (CDC)”, enfatiza Carolina.

O PROJETO – O projeto criado pelo órgão de defesa do consumidor visa educar as crianças para um consumo consciente. Com a ação, o Procon visa criar mecanismos que ensinem as crianças desde cedo a usarem o dinheiro de forma sadia, evitando o consumismo desenfreado e o super endividamento. Para tanto, o órgão conta com o apoio de sua mascote, a Dandara do Procon.

DANDARA – Foi esposa de Zumbi dos Palmares, o último dos líderes do Quilombo dos Palmares, o maior dos quilombos do período colonial brasileiro. Dandara era uma guerreira negra que lutava ao lado de homens e mulheres nas muitas batalhas geradas por ataques ao quilombo. Dandara foi decisiva para ascensão e manutenção da liderança de Zumbi.

O KIT – É composto por uma revistinha com tema: Descobrindo Direitos e Deveres do Consumidor com a Turma da Dandara; giz de cera; bloco de notas; agenda permanente e uma sacola.

Por: Cláudia Joséh – Secom/VG

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

EXECUTIVO

Governador vistoria área para construção de casas populares em Tabaporã

Publicados

em

O governador Mauro Mendes visitou nesta sexta-feira (23.10) o terreno no qual estão sendo construídas 49 unidades habitacionais, no município de Tabaporã. O programa Casa MT é uma parceria do Governo do Estado, através do MT Participações S/A (MT Par), com a prefeitura.

“Esse é um projeto que vamos ampliar no próximo ano. Faremos milhares de casas em parceria com as prefeituras. O prefeito arruma o terreno, o governo entra com o restante e a Caixa Econômica financia, com prestações acessíveis. Assim, conseguiremos viabilizar a casa própria para milhares de famílias que ainda não puderam realizar esse sonho. Será um grande investimento em benefício de toda a população de Mato Grosso”, afirmou Mauro Mendes.

De acordo com o presidente do MT Par, Wener dos Santos, a construção das unidades habitacionais em Tabaporã gera investimentos na economia local de mais de R$ 6 milhões e 140 empregos diretos e indiretos.

“O programa tem a finalidade de proporcionar acesso digno à moradia, atendendo à demanda habitacional com custos menores aos praticados pelo mercado. Para se ter uma ideia, cada casa foi avaliada pela Caixa Econômica ao valor de R$ 126 mil, que são parcelados a juros baixos. Tudo isso, além de promover qualidade de vida, fomenta a economia local, gera emprego e renda e reduz o déficit habitacional”, disse Wener.

Leia Também:  Novo serviço da Nota MT facilita vida do consumidor

Casa MT

Na primeira etapa do programa – lançada em março deste ano – serão investidos R$ 340 milhões para a construção de 3 mil casas, em 25 municípios, gerando cerca de 8,5 mil empregos diretos e indiretos.

Para a parceria, o governo lançou chamada pública para que as prefeituras interessadas possam se inscrever. O cadastro está disponível no site do MT Par (www.mtpar.mt.gov.br).

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA