Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

CUIABÁ 202 ANOS

Na semana de aniversário de Cuiabá, Mauro Mendes fala sobre ações do Governo na Capital

Governador citou obras já entregues, como o Hospital Estadual Santa Casa e a Avenida Parque do Barbado, e as em andamento, a exemplo dos hospitais Central e Julio Muller

Publicados

em

Ex-prefeito de Cuiabá (2012-2016), o governador Mauro Mendes falou sobre as obras concluídas, as obras em andamento e as próximas ações do Governo do Mato Grosso para beneficiar a população cuiabana.

O senhor é de Goiás, veio para Cuiabá fazer faculdade, se tornou prefeito… Essa experiência na Prefeitura ajudou a definir, enquanto governador, as Minha experiência como prefeito de Cuiabá é algo que me orgulho muito e guardo com muito carinho. Primeiro que pudemos ao longo de quatro anos dar grandes contribuições à nossa cidade, na área de urbanismo, asfaltando diversos bairros, iniciando e dando andamento à construção do novo Pronto-Socorro, construindo escolas, creches, Parque Tia Nair, Orla do Porto, Parque das Águas, e tantas outras obras e ações para melhorar a qualidade de vida da nossa capital.

E essa experiência foi determinante para que quando entramos aqui no Governo, pudéssemos rapidamente colocar em prática ações voltadas à Cuiabá e também implementar um programa de recuperação do Estado, que estava literalmente quebrado em janeiro de 2019.

Muitos falam que a Saúde de Cuiabá carrega boa parte da demanda da média e alta complexidade de Mato Grosso. O que o Governo tem feito para melhorar esse serviço?

Hoje em Cuiabá nós temos um grande programa de obras e ações em execução. Vamos recuperar toda a rede estadual. Adauto Botelho está em reforma nesse momento, o Hemocentro recebeu equipamentos novos, o Cermac… Temos várias obras para recuperar estruturas antigas, ineficientes e que ao longo do tempo foram se deteriorando.

Além disso, o Governo de Mato Grosso tem hoje aqui na Capital um grande programa de construção de hospitais. O Hospital Central, que estava há 34 anos paralisado, teve a obra retomada e está a pleno vapor. Demos ordem de serviço e já estão iniciando os trabalhos da construção do novo Hospital Universitário Julio Muller, na saída de Santo Antônio do Leverger. Repassamos R$ 1,2 milhão para terminar o Hospital Lions da Visão, um grande hospital na área de oftalmologia.

Nesse período de covid-19, além de reabrir, ampliar e modernizar o Hospital Estadual Santa Casa, que era da Prefeitura e foi fechado, tendo sido reaberto pelo Governo, prestando um grande serviço à população mato-grossense. Abrimos o Centro de Triagem Covid-19 na Arena Pantanal, que é uma grande contribuição para minimizar e fazer a prevenção e diagnóstico para o tratamento da covid-19.

A falta de acesso à moradia ainda é um problema grande em todo o país. Em Cuiabá, o que o Governo tem feito para ajudar as famílias a conquistarem esse sonho?

O Governo do Estado ajudou na entrega do Residencial Nico Baracat I, II e III, além da entrega de mais de 900 títulos de regularização fundiária e outros milhares de títulos que estamos finalizando e que ao longo de 2021, se Deus quiser, vamos entregar na Capital. O título é a certeza definitiva de um sonho que as pessoas têm, que é ter o seu lar, ter o seu cantinho, ter a segurança da moradia e de que algum dia possam deixar aquele bem para os seus filhos, os seus sucessores.

Como prefeito, entregamos quase 16 mil títulos e agora no Governo vamos entregar milhares em Cuiabá e em todo o Mato Grosso.

Outro foco da gestão são as obras de Infraestrutura. O que já foi entregue aqui em Cuiabá?

 Nós concluímos a Avenida Parque do Barbado, a Duplicação da Estrada da Guia, os 8,6 km da MT-402, que liga Chapada ao Distrito do Coxipó do Ouro. Fizemos 23 km de asfalto novo na MT-020, no Distrito de Água Fria, no Manso. Terminamos a ponte sobre o riacho Curicaca, sobre o córrego Aguaçu e sobre o córrego Água Branca. Temos em andamento a finalização da Avenida 8 de abril, asfalto novo de 13 km na MT-400, restauração de 57 km da MT-251, que é essa rodovia que liga Cuiabá até Chapada. Temos também dezenas de obras que estão ou em licitação ou finalizando projeto para serem implementadas nos próximos meses e próximos anos. Toda obra entregue representa melhoria dos serviços públicos, qualidade de vida, acesso no ir e vir das pessoas e acima de tudo, você ter uma cidade melhor.

Leia Também:  "Trabalhamos para garantir iluminação de LED em todos os municípios e construir 20 mil casas populares"

A Cultura, Esporte e Lazer, que muitas vezes é tratada com menos importância pelos gestores, tem recebido atenção especial da gestão?

São muitos os investimentos. Entregamos o COT da UFMT, que também era uma obra que deveria ter sido finalizada na Copa de 2014. Reabrimos o Museu Dom Aquino, a Casa Cuiabana, o Museu de Arte Sacra, a Residência dos Governadores. São obras ligadas ao nosso patrimônio cultural e equipamentos que foram reorganizados, restruturados e estão à disposição da população. Estamos com vários programas e editais que fomentam as atividades culturais aqui em Cuiabá e em todo o estado.

Temos o Projeto Olympus, que paga bolsa-atleta para profissionais, amadores, técnicos. Estamos retomando esse estímulo ao esporte amador, ao esporte profissional, esporte olímpico, incentivando pessoas que possam se destacar e, se destacando, tem o apoio do Estado para competir e trazer grande orgulho para todos nós mato-grossenses.

Também é preciso destacar o trabalho feito pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer na aplicação dos recursos da Lei Aldir Blanc, que está alcançando milhares de artistas mato-grossenses em todas as áreas, promovendo grandes projetos e produções culturais. Além de trazer renda para o setor cultural, pois são mais de R$ 30 milhões aplicados nesse setor, contaremos grandes produções culturais na cidade de Cuiabá e em Mato Grosso.

Estamos com um grande programa de reforma de escolas e até mesmo de novas construções de escolas em Cuiabá. Destaco a Escola Mário Castro, no Pedra 90, que será entregue agora em abril, uma grande obra para essa região que eu tenho muito carinho. Estamos entregando também a reforma geral de duas escolas: a Cleinia Rosalina e a Hermelinda de Figueiredo, que também serão entregues em abril. Vamos continuar com esse trabalho de melhoria de infraestrutura escolar. A Escola Técnica de Cuiabá, que vai oferecer profissionalização, também está na fase final no Bairro Planalto.

A Educação Pública em Mato Grosso e em Cuiabá precisa receber muitos investimentos. Investir nos nossos profissionais, na qualificação, no treinamento, na infraestrutura e em novas metodologias pedagógicas. O Governo está fazendo isso e vai acelerar. A Educação tem pressa, tem prioridade. Depositamos os recursos para que quase 16 mil professores possam comprar notebook de última geração e vamos pagar pacote de internet, como ferramenta para poder transmitir um ensino melhor na sala de aula em Cuiabá e em todo o Mato Grosso.

O senhor tem falado muito em Tolerância Zero contra o crime. O que na prática está sendo feito?

Tolerância Zero é uma política para aplicar de forma rígida o que manda a legislação. O Estado brasileiro, de forma geral, é muito omisso e nós do Governo não estamos praticando essa omissão. Em todas as áreas e em todas as regiões do nosso estado temos obras, ações em todas as áreas pelo programa Mais MT. São 12 eixos e em todos eles estamos colocando recursos e entregas estão acontecendo.

Na área de Segurança Pública, já entregamos em Cuiabá um raio de ampliação na Penitenciária Central, com 432 novas vagas. Estamos iniciando mais dois raios, serão mais 864 vagas nessas duas novas obras. Aqui em Várzea Grande, bem próximo, inauguramos um presídio com 1008 vagas. E todo esse investimento é para, em primeiro lugar, termos o controle do Sistema Penitenciário, com mais eficiência, menos custo e mais tecnologia. Controlando esse sistema, trazemos mais segurança aqui fora para o cidadão.

Leia Também:  Ministro Braga Netto tem resultado positivo para covid-19

Inauguramos a Delegacia 24h da Mulher, trabalho encabeçado pela primeira-dama, a minha esposa Virginia Mendes. Estamos com reformas na Politec, entregamos 35 novas viaturas aqui em Cuiabá para as diversas forças de Segurança. Compramos as pistolas mais modernas do mundo, entregamos 1500 e já autorizamos a aquisição para 100% das nossas forças de Segurança. Até o final desse ano, teremos a Polícia de Mato Grosso como uma das mais bem equipadas do Brasil, para fazer o enfrentamento aos criminosos. Implantamos a radiocomunicação digital aqui na região metropolitana, porque antes os bandidos conseguiam escutar a frequência da Polícia, e agora já não podem mais. Essa tecnologia será expandida para todo o estado.

Esses investimentos e essa forte atuação dos nossos profissionais trouxeram já uma forte redução nos índices de criminalidade em Cuiabá: 36% menos roubos, 22% menos furtos, 54% menos roubos de veículos e 36% de redução do tráfico, por exemplo.

A Assistência Social tem se destacado, especialmente pela atuação voluntária da primeira-dama junto à Setasc. O que já foi feito especificamente para Cuiabá nessa área e porque o senhor acha importante esse tipo de investimento?

O Governo tem uma atuação muito forte nessa área, sob o comando da secretária Rosamaria e a liderança voluntária da minha esposa Virginia. Só aqui em Cuiabá nós entregamos 120 mil cestas básicas, 37 mil cobertores. Agora vamos implementar o auxílio emergencial e mais de 10 mil famílias de Cuiabá serão beneficiadas, além do SER Família normal que vai favorecer todos os municípios de Mato Grosso.

Sem contar a distribuição de 194 mil pratos populares e 17 mil marmitas para a população vulnerável da Capital, entre vários outros programas voltados a quem mais precisa.

Há também outras ações do Governo agora na pandemia que beneficiam Cuiabá e todo o estado?

Nesse momento, é importante que todos façam a sua parte. Nosso estado lamentavelmente figura como o estado com o pior índice de isolamento social. Isso gera maior circulação das pessoas, maior circulação do vírus, que se transforma em maior contaminação e maior número de mortes.

O Governo está fazendo sua parte. Abrimos mais de 540 UTIs desde março do ano passado até agora. Saímos de zero UTIs para 543, porque as demais UTIs que nós tínhamos continuaram para as outras doenças. Algumas diretamente pelo estado, outras em parceria com municípios, mas com o Governo de Mato Grosso pagando a conta junto com o Governo Federal. Compramos centenas de milhares de testes e distribuímos para o estado inteiro, estamos comprando mais 500 mil, antecipamos recursos, compramos medicamentos.

Prorrogamos impostos como o IPVA e o licenciamento, criamos um programa de prorrogação do ICMS das empresas que estão no Simples Nacional, aprovamos R$ 55 milhões para crédito a pequenas empresas e setores afetados pela pandemia. Instituímos o auxílio emergencial para 100 mil famílias e continuamos com o pagamento em dia para a saúde dos 141 municípios.

Cuiabá está prestes a completar seus 302 anos. Qual a mensagem que o senhor deixa ao povo cuiabano?

Quero renovar meu amor, meu carinho por Cuiabá, pela nossa gente. Sou muito grato por toda a minha história e pelas oportunidades que tive nessa cidade. Nesse aniversário de 302 anos de sua história, todos nós nos orgulhamos. Tem presente e tem futuro, e tenho orgulho como cuiabano de história, de vida, de amor, de dedicação, de ter dado minha contribuição a essa cidade enquanto prefeito, e agora como governador me dedico muito aos 141 municípios, mas sempre vou ter um carinho especial por Cuiabá, que é a cidade que eu vivo, que vivi ao longo da minha vida a partir dos 16 anos, e que muito provavelmente viverei aqui sempre. Amo essa cidade e desejo parabéns a todos que verdadeiramente a amam e fazem dela o seu verdadeiro lar.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

EXECUTIVO

Educação em MT inaugura nova fase do regime de colaboração

Publicados

em

A educação é parte essencial na vida de todas as pessoas, sejam crianças, jovens ou adultos. Em Mato Grosso e em qualquer lugar do mundo a educação é um dos principais fatores para a formação de cidadãos conscientes e mobilidade social.

É para amparar e dar todo o suporte técnico e financeiro a este movimento que o governador Mauro Mendes apresentou, o “Programa Educação Já, Mato Grosso”, uma série de ações cujos conceitos centrais são o trabalho em regime de colaboração com prefeitos e secretários municipais para elevar a alfabetização e a aprendizagem de qualidade entre os alunos dos dois primeiros anos iniciais do Ensino Fundamental.

Vamos trabalhar em regime de colaboração com o Estado, municípios, escola e sociedade organizada pela qualidade no sistema educacional, pelo regime previsto na Constituição Federal (CF) e no Plano Nacional de Educação (PNE). Com boas práticas educacionais, baseadas em evidências de outros estados e do mundo. Juntos, vamos colocar a educação de Mato Grosso em índice alto de qualidade.

A organização do programa requer estabelecer e definir metas, indicadores e governança que serão monitorados permanentemente para que a alfabetização e todo o ciclo inicial da educação da primeira infância tenham resultados satisfatórios de ensino e aprendizagem dos alunos.

Leia Também:  Governo de MT frea desmatamento ilegal e digitaliza aplicação de multas e embargo de áreas desmatadas

Uma das premissas centrais do programa baseia-se no fato de que o aluno é do município, independente da rede. E por isso vamos todos juntos fomentar apoio técnico e financeiro necessários para atingir nossos objetivos. E para isso, o governador Mauro Mendes, no lançamento do programa, já deixou claro que haverá recursos públicos suficientes e bem aplicados para investir e prover de infraestrutura física e tecnológica as unidades escolares, graças ao acúmulo de verba pública obtida pela redução de gastos e equilíbrio fiscal rigoroso implantado pela gestão estadual entre 2019 e 2020.

Essa atitude de gestão responsável em todo o governo e, especificamente na educação, permitiu os investimentos para criar as condições adequadas para a melhoria do ambiente humano e de infraestrutura das escolas estaduais.

Mas, sabemos que o sonho de entender e interpretar o mundo pelo conhecimento permitido pela educação de qualidade requer um esforço coletivo. Com participação de pais, mães e responsáveis pela longa caminhada de pessoas desde a primeira infância até à formação profissional adulta.

Leia Também:  Governo de MT investe R$ 28,4 milhões em quase dez mil cirurgias eletivas

Por isso, vamos perseguir nossas convicções, fundamentos, práticas educacionais e planos traçados para melhorar a educação com foco na alfabetização no primeiro e segundo anos do Ensino Fundamental, amparados em um trabalho diário da Seduc e dos municípios.

Queremos colocar a educação de Mato Grosso entre as 5 melhores do Brasil. Para atingir a meta, sabemos claramente que 70% do sucesso da educação é gente. E, paralelo ao programa de alfabetização colaborativa, já temos planos de valorização profissional, formação continuada dos professores e técnicos e a avaliação periódica da qualidade do ensino ofertado aos nossos estudantes de Mato Grosso.

Sabemos dos obstáculos e barreiras, mas, vamos implementar o regime de colaboração entre o Estado e os municípios na alfabetização para alcançar os sonhos do conhecimento advindo com a educação. E permitir no médio e longo prazo os primeiros degraus da escada para a mobilidade social de que muita gente depende em Mato Grosso e no Brasil para a sobrevivência e a felicidade efetiva.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA