Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

PONTES DE CONCRETO

Governo de MT continua trabalhando para entregar obras à população

O superintendente da CEF, João Henrique Cruz de Oliveira, fez questão de destacar que a operação de crédito foi permitida porque o Governo garantiu o reequilíbrio econômico e fiscal

Publicados

em

Governo e Caixa Econômica Federal firmam empréstimo de R$ 550 milhões para construção de pontes – Foto por: Michel Alvim – SECOM/MT

Governo e Caixa Econômica Federal firmam empréstimo de R$ 550 milhões para construção de pontes

“Esse programa para construção de 5 mil pontes demonstra a força do Estado de Mato Grosso, que mesmo embora em meio à pandemia, continua trabalhando para entregar melhorias à população”. A afirmação é do superintendente da Caixa Econômica Federal em Mato Grosso, João Henrique Cruz de Oliveira, durante a assinatura do contrato que vai permitir o maior programa de construção de pontes no Brasil, na quarta-feira (09.09), no Palácio Paiaguás, com o governador Mauro Mendes.

As obras serão possíveis após empréstimo de R$ 550 milhões, aprovado pela Assembleia Legislativa e concedido pela CEF, e Oliveira fez questão de destacar que a operação de crédito foi permitida porque o Governo garantiu o reequilíbrio econômico e fiscal.

“É um Estado com sua saúde financeira saneada, extremamente possível de que o contrato fosse feito, sendo considerado como a maior operação de crédito já feita pela Caixa Econômica em tempo recorde. Graças à equipe fantástica que trabalhou com afinco para entregar resultados, como é o perfil do governador Mauro Mendes e dos secretários Marcelo [Oliveira, Infraestrutura e Logística] e Gallo [Fazenda] e suas equipes”, pontuou o superintendente.

Leia Também:  Governador comemora adicional a servidores que atuam contra a covid-19

Para ele, as obras de infraestrutura promovem o desenvolvimento sustentável, uma vez que permite não apenas o escoamento da produção agrícola do Estado, mas também o transporte escolar e a circulação de ambulâncias entre os municípios.

“Vai beneficiar todas as pessoas, não apenas os grandes produtores, pois vai permitir que a criança não deixe mais de assistir às aulas por falta de travessia, nem aqueles pequenos produtores vão deixar de escoar seus produtos, como leite, gado, para municípios vizinhos, permitindo o aumento da renda de toda uma população local”, disse.

O programa

Dos recursos oriundos do financiamento, aproximadamente R$ 255 milhões serão destinados para a construção de 60 pontes de concreto em diversas rodovias estruturantes do Estado. Dentre elas, as MTs 100, 110, 130, 140 e 220, contemplando todas as regiões de Mato Grosso. Outros R$ 177 milhões serão destinados ainda para a aquisição de 5 mil metros de bueiros metálicos, 22 mil metros lineares de aduelas de concreto e 900 pares de conjuntos de vigas metálicas e lajes pré-moldadas.

Leia Também:  Cartões de crédito em uso no país chegaram a 123 milhões em 2019

Esse conjunto de materiais e insumos atenderá à demanda dos Municípios por obras de arte especiais, tanto nas rodovias estaduais, quanto em rodovias municipais. Isso porque, com a aquisição desses materiais, será possível a substituição de pontes de madeira por pontes com estrutura de vigas metálicas, de aduelas e de bueiros, totalizando até 5 mil obras.

Além desses investimentos, outros R$ 118 milhões serão utilizados para a aquisição de 175 máquinas e equipamentos, sendo 100 moto-niveladoras, 30 pás-carregadeiras, 30 escavadeiras hidráulicas e 15 pranchas para a manutenção de rodovias não-pavimentadas. Essas aquisições ocorrerão por meio de parcerias com prefeituras, associações e consórcios intermunicipais.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

EXECUTIVO

SINOP: Bolsonaro chega a cidade com seguidores gritando seu nome

Publicados

em

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou a Sinop (500km de Cuiabá) na manhã desta sexta-feira (18) e desceu do avião presidencial sem usar máscaras. O chefe do Executivo nacional cumprimentou apoiadores e levantou até mesmo um cachorro.

Bolsonaro tem se apresentado publicamente sem máscaras desde o início da pandemia, mesmo quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) passou a recomendar o uso para evitar o contágio pelo novo coronavírus. Também não evita dar apertos de mão e cumprimentos, outra forma possível de espalhar o vírus.

No aeroporto da cidade, o presidente foi recepcionado por muitos apoiadores, mas também por opositores. Sem máscara, desceu da aeronave e cumprimentou diversas pessoas que estavam vestidas com a bandeira do Brasil e de roupa com as cores verde e amarela. Ele também levantou crianças e até um cachorro. Em seguida, seguiu em comitiva rumo a BR-163.

Do lado de fora do aeroporto, houve um princípio de manifestação organizada por pessoas em defesa da Amazônia e Pantanal. Os manifestantes seguravam cartazes com ‘Fora Bolsonaro e cobravam medidas de proteção ao meio ambiente. Um dos militantes chegou a pintar todo o corpo com chamas. Em minoria, o grupo de aproximadamente 40 pessoas sofreu retaliação dos apoiadores do presidente. Aproximadamente cinco mil se aglomeraram no entorno.

Leia Também:  Viaduto na Av. das Torres passa para fase de construção de muro

09h40 – No local onde será realizado o evento também há muitos apoiadores, todos aglomerados na lateral. No palanque, quase todos os políticos também estavam sem máscara.

Olhar Direto – Isabela Mercuri / Do local – Max Aguiar

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA