Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

PARQUE TECNOLÓGICO

Governo e Prefeitura firmam parceria para acelerar obras em Várzea Grande

Publicados

em

O Governo de Mato Grosso firmou parceria com a Prefeitura de Várzea Grande para a finalização das obras do Parque Tecnológico, localizado no município. A prefeitura ficará responsável por dar seguindo às obras de infraestrutura da região do parque, como redes de água, esgoto e energia, além de uma parte da pavimentação de ruas próximas.

O acordo foi feito esta semana, durante visita às obras do Parque Tecnológico. O secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), Nilton Borgato, apresentou o projeto e as demandas ao prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat.

Na ocasião, Borgato ressaltou a importância da parceria com a Prefeitura para a conclusão deste empreendimento, que será importante para o desenvolvimento científico e tecnológico do Estado.

“Estamos trabalhando no fomento de pesquisas e inovações em Mato Grosso, e o Parque Tecnológico será uma ferramenta fundamental neste processo. Por isso, o Governo do Estado está focado em concluir a obra, que está na etapa inicial, com previsão de entrega em cerca de dois anos. Agora os trabalhos serão acelerados com o apoio da Prefeitura, que vai resolver as questões de infraestrutura na região”, disse o secretário.

Leia Também:  Juiz cita fake news e suspende propaganda de Abílio contra EP e secretários

“Fizemos um compromisso com o secretário Borgato, de além dessa infraestrutura necessária para acelerar os serviços, ainda iremos executar uma parte do asfalto. Vale ressaltar que a obra de pavimentação é realizada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística [Sinfra], porém, atendendo à solicitação da Seciteci, a Prefeitura também vai fazer uma parte da pavimentação, para agilizar o cronograma”, completou o prefeito.

De acordo com a superintendente de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lectícia Figueiredo,  o  Parque beneficiará todo o Estado, por meio do desenvolvimento de empresas de base tecnológica.

“É um empreendimento que dará suporte ao Estado inteiro. Isso porque, além do Centro de Inovação, teremos espaços para empresas instalarem laboratórios de pesquisa e desenvolvimento, além de instituições de ensino com iniciações científicas, por meio de parcerias”, afirmou.

A obra

Em maio de 2020, o governador Mauro Mendes assinou a ordem de serviço para construção do Centro de Inovação do Parque Tecnológico Mato Grosso, em Várzea Grande. O valor da obra é de aproximadamente R$ 8,7 milhões.

Leia Também:  Polícia apreende R$ 1 milhão em medicamentos desviados da rede pública

Os recursos serão disponibilizados pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat), que é parceira do projeto, por meio de oferta de bolsas, realização de eventos, além dos recursos para a construção do Centro de Inovação.

Localizado na região do Chapéu do Sol, em Várzea Grande, a área total do Parque Tecnológico é de 16 hectares.

O projeto moderno, com estruturas metálicas, prevê a implantação de um centro de inovação, incubadoras, aceleradoras, centro de pesquisas, edifícios corporativos, estacionamento, parques, restaurantes e espaço para prestadoras de serviço.

O Parque será um ambiente voltado à criação, desenvolvimento, disponibilização de soluções tecnológicas e atração de empresas inovadoras ao mercado.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

EXECUTIVO

Governo de Mato Grosso debate novas medidas contra a covid-19 com Poderes e prefeitos

Publicados

em

O governador Mauro Mendes vai se reunir com representantes dos Poderes, instituições e com os prefeitos de Mato Grosso, via videoconferência, para alinhar novas medidas contra a covid-19.

As reuniões ocorrerão na manhã de segunda-feira (01.03) e visam a definição de diretrizes para frear o avanço da pandemia no estado.

“É uma situação que está me deixando muito preocupado e temos que tomar uma decisão diferente do que temos feito nos últimos meses. Lamentavelmente a pandemia está crescendo. O Governo abriu muitas UTIs nas últimas semanas, mas estamos no limite da capacidade de abrir UTI. Não há profissionais, não se consegue mais médicos e o aparato necessário para abrir UTI”, relatou o governador.

A primeira reunião ocorrerá a partir das 8h30, e contará com a participação de secretários de Estado, representantes do Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas, Ministério Público, Defensoria Pública e demais instituições.

Já a segunda reunião, prevista para 11h30, será com a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) e com os prefeitos dos 141 municípios.

De acordo com Mauro Mendes, a capacidade de atendimento nas UTIs públicas e privadas em Mato Grosso já está se esgotando, realidade que já tem assolado vários outros estados.

Leia Também:  MP já propôs cinco ações relativas ao sistema de abastecimento de água

Desta forma, segundo o gestor, é preciso que as lideranças públicas estaduais unam esforços para diminuir o contágio.

“A taxa de ocupação chegou a 80% e todo mundo está levando a vida como se nada estivesse acontecendo. Não podemos ter aglomerações. Termos que tomar medidas um pouco mais severas”, adiantou.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA