Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

SAIU NA FRENTE

GOL DE PLACA: EMANUEL PINHEIRO ACERTA EM CHEIO NA COPA AMÉRICA

Publicados

em

Claro que não se trata do gol de pênalti (que pênalti??) feito pelo prefeito em uma pelada de final de semana, mas de mais um capitulo da novela Bolacha/Biscoito.

Conforme a tabela divulgada pela Conmebol, entidade responsável pela organização do torneio, Cuiabá será sede de cinco jogos da Copa América de 2021. Receberemos as seleções da Argentina, Colômbia, Equador, Chile, Bolívia e Uruguai. Os jogos se darão na Arena Pantanal.

Aceitar os jogos em solo mato-grossense, pelo governador Mauro Mendes (DEM), mais parece ter sido para atender um pedido do presidente Bolsonaro, saindo do radar presidencial e somando alguns pontos para futuros pedidos, do que algo realmente desejado, tanto que a secretaria de estado de Saúde se manteve em silêncio, sem crítica e sem defesa ao evento.

Já o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) se declarou contra o evento em seu município; nenhuma surpresa, afinal Mauro Mendes é favorável.

Mas aí veio a grande tacada, “Apoio o evento se me enviarem 670 mil doses de vacina para imunizar o povo cuiabano, aplico todas em uma semana”, disse.

Leia Também:  Trabalhadores nascidos em março podem sacar auxílio emergencial

E não era só isso. Sem criticar Bolsonaro por tomar a decisão de trazer o torneio neste momento da pandemia, se valendo dos elogios feitos por ele ao presidente pelo envio de recursos ao município para combate á Covid-19 no ano passado e de seu filho deputado federal Emanuelzinho (PTB), conseguiu agenda para discutir a liberação das vacinas, não com o ministro da saúde Marcelo Queiroga, mas com o presidente Jair Bolsonaro!

Mesmo que na conversa com o presidente nem se toque no assunto de doses extras para Cuiabá.

Mesmo que não recebamos uma única dose a mais por conta do pedido do prefeito, o primeiro gol da Copa América 2021 acaba de ser marcado!

PHDNEWS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

EXECUTIVO

Apesar de alta abstenção, mais de 40% da população adulta de Cuiabá já foi vacinada pelo menos com a primeira dose da vacina contra a covid-19

Publicados

em

 

Somente na última quarta-feira (16), mais de 3 mil pessoas dos variados grupos contemplados faltaram aos polos de vacinação contra a covid-19, mesmo estando agendadas para tomar a primeira dose. Atualmente, a Prefeitura de Cuiabá está vacinando pessoas a partir de 53 anos sem comorbidades, pessoas com comorbidade ou deficiência permanente grave a partir de 18 anos, gestantes e puérperas a partir de 18 anos com ou sem comorbidade e que tenham atestado médico, pessoas com síndrome de Down a partir de 18 anos, trabalhadores das Forças de Segurança e Salvamento e das Forças Armadas, trabalhadores da Saúde e da Educação, profissionais da imprensa e da Assistência Social.

Entre os dias 20 de janeiro e 16 de junho, a Prefeitura de Cuiabá, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e da campanha de imunização contra a covid-19 “Vacina Cuiabá – sua vida em primeiro lugar” já aplicou 247.024 doses, o que significa que 86,5% das 287.092 doses recebidas já foram utilizadas, conforme a plataforma Localiza SUS, do Ministério da Saúde.

Leia Também:  Mauro Mendes entrega 536 títulos já registrados: "Ninguém precisou pagar R$ 1"

Com relação à primeira aplicação, foram aplicadas 183.768 doses, ou seja, 91,2% das doses recebidas para esta etapa da imunização. Na segunda aplicação, 63.266 pessoas já completaram o esquema vacinal, o que representa 75,7% das doses recebidas para tal. Em termos populacionais, 29,6% da população geral cuiabana já tomou a primeira dose da vacina e 10,1% da população já completou o esquema vacinal. Levando-se em conta apenas a população adulta (acima de 18 anos), que é de cerca de 454 mil pessoas, conforme estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o ano de 2020, mais de 40% da população adulta já tomou a primeira dose e mais de 13% da população acima de 18 anos já tomou as duas doses.

O grupo prioritário que mais se vacinou, até o momento, foi o de trabalhadores da saúde, em que 30.040 pessoas já tomaram a primeira dose, ou seja, 128,5% da meta estipulada pelo Ministério da Saúde para Cuiabá. Em seguida, o grupo de idosos foi o que mais buscou a vacina. Foram 80.925 pessoas vacinadas, o que representa 106,2% da população estimada.

Leia Também:  TCE se une a órgãos de controle para debate sobre atuação durante pandemia

Dentre as categorias de trabalhadores do ensino básico e do ensino superior, 13.817 já haviam se vacinado até o dia 16 de junho, o que representa 79,4% da meta. Entre as pessoas com comorbidades, 35.858 já tomaram ao menos a primeira dose, o que corresponde a 66,9% do público. No grupo prioritário de trabalhadores das Forças de Segurança e Salvamento, 5.352 já se vacinaram, ou seja, 61,2%.

Além disso, Cuiabá já vacinou mais de 2 mil pessoas do grupo de vulnerabilidade, composto por motoristas do transporte coletivo, carroceiros, catadores de material reciclável, trabalhadores da limpeza urbana, bem como pessoas em situação de rua.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA