Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

ENTRETENIMENTO

Xuxa e Mara Maravilha vão ficar cara a cara após polêmicas

Publicados

em


source
Xuxa e Mara
Reprodução

Xuxa e Mara


Marlene Mattos não será o único desafeto que Xuxa Meneghel vai encarar de frente no documentário sobre sua trajetória que está sendo produzido pelo Globoplay. A apresentadora vai ficar cara a cara com Mara Maravilha, com quem vem trocando farpas públicas nos últimos tempos. Convidada a participar do projeto, a baiana aceitou como uma forma de, como se diz, deixar a relação em pratos limpos.

Xuxa e Mara foram apontadas como rivais na década de 80, quando as duas apresentavam atrações infantis em emissoras diferentes. O último encontro na TV aconteceu em 2016, no extinto programa da Rainha dos Baixinhos.


Recentemente, a loira rebateu a atitude da colega, que parodiou a música “Ilariê” num programa de televisão. A atitude de Mara gerou polêmica, que incluiu a expressão “débil mental” no lugar da letra original da canção. Xuxa se pronunciou sobre a situação e questionou: “Como uma pessoa que trabalhou para criança fala isso? Tenho pena dela”.

Leia Também:  Queremos aumentar a família, revela Mara Maravilha

Pelé e Galisteu

O documentário sobre Xuxa ainda vai contar com depoimentos de Adriane Galisteu, também já apontada como rival da apresentadora na época da morte de Ayrton Senna. A produção também batalha por uma entrevista com Pelé, seu ex-namorado.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Aguinaldo Silva critica comportamento de advogado de Robinho: “Odioso”

Publicados

em


source
Robinho e Aguinaldo Silva
Reprodução/Instagram

Robinho e Aguinaldo Silva


Aguinaldo Silva  também foi às redes sociais repercurtir a  condenação de Robinho, a nove anos de prisão pelo crime de violência sexual coletiva, cometido numa boate de Milão, em 2013, quando atuava pelo Milan. A Corte de Cassação de Roma — última instância da Justiça italiana — confirmou a decisão na manhã desta quarta-feira (19).

“Não sou eu quem vai dizer se Robinho mereceu ser ou não condenado. Mas essa história de o advogado dele tentar desmerecer a vítima do suposto estupro divulgando fatos de sua conduta íntima é odioso. Então, os homens podem ter uma vida sexual e as mulheres, não?”, questionou o  ex-novelista da Globo por meio do microblog.


Para quem não está por dentro dos últimos desdobramentos do caso, o  dramaturgo estava se referindo ao fato de Franco Moretti, um dos representantes do atacante, que teve passagem por Santos, Real Madrid e seleção brasileira, afirmar que a relação entre a mulher albanesa e o seu cliente foi consensual e ainda citar um dossiê da vida privada da jovem, que foi rechaçado no julgamento. 

Leia Também:  "A Fazenda": Saiba quando começa o confinamento dos participantes


Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA