Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

ECONOMIA

MTI implementa solução que possibilita motoristas terem acesso a documentação veicular digital

Publicados

em

A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI), em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), implementou uma solução que possibilita que os motoristas mato-grossenses tenham acesso à documentação veicular em versão eletrônica, pelo aplicativo Carteira Digital de Trânsito.

Além deste Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo Digital (CRLV), os motoristas também têm acesso à Carteira Nacional de Habilitação (CNH), que já estava disponível no aplicativo, com muito mais facilidade e agilidade, a um clique de distância.

De acordo com o analista da MTI Emanuel Ribeiro Daubian Neto, a solução gerenciada pela MTI faz o repasse de todas as informações do CRLV diretamente ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para inclusão no aplicativo, desenvolvido pelo Sistema Federal de Processamento de Dados (Serpro).

“A MTI, através do Sistema do Detran, desenvolveu a rotina de autorização para emissão do CRLV, enviando os dados dos licenciamentos para o Sistema Nacional do Denatran. Isso tornou possível a disponibilização desses dados no aplicativo Carteira Digital”, explicou.

Leia Também:  Movimenta em Rondonópolis faz mais de 30 mil atendimentos

Para ter acesso ao CRLV Digital, basta que o proprietário do veículo faça a instalação do aplicativo para celulares “Carteira Digital”, disponível para download no Google Play e App Store. Na sequência, é necessário efetuar o cadastro de usuário e adicionar o CRLV, informando o número do Renavam e o código de segurança impresso no documento.

Assim como a CNH, o CRLV Digital pode ser acessado pelo celular mesmo sem internet e as versões digitais dos documentos trazem as mesmas informações dos documentos impressos e têm a mesma validade jurídica.  Inclusive a autenticidade do documento é garantida pelo QR Code, que pode ser lido para verificar a existência de falsificação no documento.

Outra novidade do CRLV Digital é que o documento pode ser compartilhado com até cinco pessoas que utilizem o mesmo veículo, desde que já tenham instalado o aplicativo no celular. Quem recebe o CRLV Digital não consegue exportar ou compartilhar o documento, mas pode apresentá-lo às autoridades de trânsito. Caso o proprietário do veículo não queira mais compartilhar o documento é possível cancelar a opção no aplicativo.

Leia Também:  Volume de serviços recua 0,7% de fevereiro para março, diz IBGE

Todo o procedimento de obtenção do CRLV e da CNH Digital é 100% online, através do aplicativo, não sendo necessário o comparecimento dos proprietários do veículo ao Detran. Veja a seguir como se cadastrar:

Fonte: Gcom-MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ECONOMIA

Receita abre hoje consulta a lote residual de restituição do IR

Publicados

em

A Receita Federal abre hoje (23), às 10h, a consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). O crédito bancário para 273.545 contribuintes será feito no dia 30 de outubro, totalizando R$ 560 milhões.

Desse valor, R$ 211.773.065,86 são destinados aos contribuintes com prioridade legal: 5.110 idosos acima de 80 anos, 38.301 entre 60 e 79 anos, 4.636 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou doença grave e 21.244 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Foram contemplados ainda 204.254 contribuintes não prioritários, que entregaram a declaração até o dia 5 deste mês.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar o site da Receita Federal. Na consulta ao Portal e-CAC, é possível acessar o serviço Meu Imposto de Renda e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nessa hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones que facilita a consulta às declarações do IR e à situação cadastral no CPF. Com ele é possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições e a situação cadastral.

Leia Também:  Mais de 1,5 mil motoristas de aplicativos já são microempreendedores

Caso a restituição tenha sido liberada, mas o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco. O contribuinte também poderá fazer o agendamento no site do BB.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer requerimento por meio do Portal e-CAC, no serviço Meu Imposto de Renda, na opção Solicitar Restituição não Resgatada na Rede Bancária.

Edição: Graça Adjuto

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA