Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

ECONOMIA

Cerca de 20 milhões sem conta já resgataram auxílio de R$ 600

Publicados

em


.
Um total de 20,02 milhões de brasileiros sem conta bancária recebeu a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras). O número supera a estimativa de 18,5 milhões de pessoas apresentada no início da semana. A informação foi dada hoje (8) pelo vice-presidente de Varejo da Caixa Econômica Federal, Paulo Henrique Angelo.

O vice-presidente da Caixa concedeu entrevista coletiva transmitida pela internet diretamente de uma agência no centro de Manaus. Apesar da expectativa de que o banco anunciasse hoje o calendário de pagamento da segunda parcela do benefício, nenhuma data foi informada.

A maior parte dos “desbancarizados” que fizeram o resgate optou por transferir o dinheiro para contas da Caixa em nome de parentes ou de amigos. Segundo Angelo, 8,22 milhões fizeram essa opção, que, conforme explicou, equivale à retirada do auxílio. Uma hipótese para essa opção é de que a conta poupança digital permite transferências ilimitadas e sem custo para outras contas da própria Caixa.

Em segundo lugar, ficou o saque em dinheiro nas agências da Caixa, nos caixas eletrônicos ou em casas lotéricas, com 6,78 milhões de retiradas realizadas até as 14h de hoje. O número representa o contingente que tem ido aos pontos de atendimento nos últimos dias, fazendo longas filas. Desde terça-feira (5), o saque em espécie da primeira parcela está liberado para todos os beneficiários, independentemente do mês de nascimento.

Leia Também:  Ipea revisa para cima projeção do PIB do agronegócio

Um total de 4,03 milhões de brasileiros transferiu o dinheiro da conta digital para contas de outros bancos por meio da Transferência Eletrônica Disponível (TED) ou do Documento de Ordem de Crédito (DOC). A conta poupança digital permite até três operações do tipo por mês. Por 90 dias, elas serão gratuitas.

Segundo a Caixa, 461,1 mil pessoas usaram a conta digital para pagar contas domésticas (água, luz, telefone e gás), 451,99 mil pagaram boletos por meio do aplicativo Caixa Tem e apenas 47,5 mil optaram por receber o benefício em cartões de débito da bandeira ELO.

Filas menores

Em entrevista coletiva para fazer um balanço do auxílio emergencial, o vice-presidente da Caixa ressaltou que não há necessidade de as pessoas fazerem filas na madrugada nas portas das agências do banco. Segundo Angelo, o movimento caiu bastante desde quarta-feira (6), depois que a maioria dos beneficiários conseguiu sacar em dinheiro o auxílio emergencial.

Na segunda-feira (4), 1,13 milhão de pessoas retiraram o benefício nas agências da Caixa, nos caixas eletrônicos ou nas lotéricas e nos correspondentes bancários (onde eles estivavam abertos). Na terça-feira, 1,08 milhão fizeram o saque. O número caiu para 651,5 mil na quarta (6), 399,5 mil ontem (7) e 346,8 mil até as 14h de hoje.

Angelo destacou que todas as pessoas que estão chegando até as 14h estão sendo atendidas, mesmo que as agências tenham de fechar mais tarde. Segundo ele, na maioria das agências, as filas estão acabando antes das 9h porque vigilantes externos e recepcionistas têm ajudado a população a gerar o código para saque no caixa eletrônico.

Leia Também:  Impostômetro atinge a marca de R$ 1,5 trilhão

Fim de semana

Neste sábado (9), 680 agências da Caixa em todo o país abrirão das 8h às 12h para fazer atendimentos sobre o auxílio emergencial.

O banco também porá à disposição cinco caminhões-agências, principalmente no Norte e no Nordeste. A lista das agências que vão funcionar amanhã pode ser consultada na página da Caixa na internet.

Edição: Nádia Franco

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ECONOMIA

Orçamento anual de 2022 será debatido em audiência pública na segunda-feira (27)

Publicados

em

A audiência pública para debater o projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) 2022 será realizada na segunda-feira (27.09), a partir das 10h, de forma online. Na ocasião serão apresentadas as previsões de receitas e despesas de acordo com a previsão de arrecadação, além das as metas e prioridades do Governo do Estado para o próximo exercício.

O evento será transmitido pelo canal do Governo do Estado de Mato Grosso no Youtube – https://www.youtube.com/user/mtcomvc. Participam dele o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, o secretário adjunto do Orçamento Estadual, Ricardo Capistrano, e representantes dos órgãos de controle e da sociedade civil organizada.

Durante a audiência pública será aberto um espaço para debate. O link de acesso para quem quiser fazer o uso da palavra será disponibilizado durante a transmissão ao vivo, na descrição do vídeo no Youtube.

A LOA é uma peça de execução orçamentária, sendo o instrumento pelo qual o governo detalha as receitas a serem arrecadadas e fixa as despesas e os gastos para o ano seguinte. A realização de audiências públicas para debater os projetos de leis orçamentárias é um instrumento de transparência, que visa proporcionar a participação pública no processo de elaboração, previsto no artigo 48 da Lei de Responsabilidade Fiscal – Lei Complementar nº 101/2000”.

Leia Também:  Nascidos em setembro podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje

Serviço

O quê: Audiência Pública sobre o Projeto de Lei Orçamentária (PLOA/2022)
Quando: 27.09.2021 – segunda-feira
Como participar: transmissão online pelo canal https://www.youtube.com/user/mtcomvc

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA