Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

COLUNA JPM

Comissão da reforma tributária terá 25 deputados e 25 senadores

Publicados

em

BANHO- MARIA

Finalmente, após muitos debates ,a comissão mista da reforma tributária foi anunciada e terá 25 deputados e 25 senadores. A comissão ainda não foi formada, mas número é maior do que a negociação anterior, que previa 20 integrantes de cada Casa.O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), afirmou que o Planalto vai enviar sugestões para a reforma ao longo da discussão no colegiado. “Vai caminhar a reforma. Não tem nenhuma divergência sobre tramitação. Já se acertou, a comissão mista está sendo instalada.”

OUTRA REFORMA

Na saída do Palácio da Alvorada, ele afirmou que a proposta deve ser encaminhada ao Congresso na próxima semana.Está muito tranquila a reforma. Não será mexido nos direitos atuais dos servidores, inclusive a questão da estabilidade. Quem é servidor continua com a estabilidade sem problema nenhum”, disse Bolsonaro. “As mudanças propostas ao Congresso valeriam para os futuros servidores”, explicou.

REGIMENTO

A coluna apurou que não há previsão de uma comissão como essa no regimento. O grupo será formado para tentar chegar a um texto de consenso entre Câmara e Senado, mas não terá o poder de votar formalmente uma proposta.

INSISTÊNCIA

O advogado-geral da União, André Mendonça, pediu, mais uma vez, em nome do governo, que o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), adie o julgamento de ações que questionam a constitucionalidade do tabelamento do frete rodoviário.O julgamento está marcado para a manhã da próxima quarta-feira (19) e é um dos mais aguardados pelos agentes econômicos, por se tratar de tema que impacta as cadeias produtivas.

Leia Também:  Aumento da carga tributária pode afetar o comércio de Mato Grosso
SEM COMENTÁRIOS

Nesta quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro avaliou que o preço da moeda está “um pouquinho alto”. Ele não quis comentar a declaração polêmica do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que o dólar mais baixo permitia a empregadas irem à Disney e virou “uma festa danada”.

ASPAS DE BOLSONARO

“Pergunta para quem falou isso. Eu respondo pelos meus atos”, disse Bolsonaro ao ser questionado sobre a fala de Guedes por jornalistas na saída do Palácio da Alvorada “Respondo pelos meus atos”, insistiu diante de novos questionamentos sobre o que achou da declaração.

FALOU DEMAIS

Ganhou muita repercussão, a fala do ministro da Economia, Paulo Guedes, ao tentar se defender pelo baixo patamar da taxa de câmbio, afirmando que o dólar mais baixo permitia que domésticas viajassem para a Disney, movimentou o mercado financeiro. O dólar bateu novo recorde e chegou a R$ 4,38

MERCADO NERVOSO

O comentário de Guedes não repercutiu apenas no mercado financeiro, mas também nas redes sociais. O ministro foi comparado com Caco Antibes, personagem interpretado por Miguel Falabella, que tinha “horror a pobre”.

UNANIMIDADE

Mais uma questão resolvida. o indicado para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Nestor José Forster Junior, foi sabatinado nesta quinta-feira (13) pelo Senado Federal e aprovado por unanimidade pela Comissão de Relações Exteriores. Agora, o nome depende de aprovação do plenário da Casa.

Leia Também:  Câmara aprova em primeiro turno texto-base da reforma da Previdência
ALERTA

O deputado federal Lorenzoni concebeu, incentivou e impulsionou a candidatura de seu colega Jair Bolsonaro à Presidência. Depois, tomou a linha de frente e foi fundamental no Senado e na Câmara dos Deputados para aprovação dos projetos do governo. Ontem, começou a conhecer a retribuição.

ASPAS DE LULA

Hoje, o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva criticou, por meio de uma mensagem no Twitter, a frase do atual ministro da Economia, Paulo Guedes, que citou viagens de empregadas domésticas à Disneylândia. “É triste, e muita gente acha que exagero quando digo isso. Mas essa gente não suporta nem a ascensão social dos mais pobres, nem o desenvolvimento soberano do Brasil”, escreveu Lula.

AUSÊNCIAS

Gente!!!Por falta de senadores no plenário, o presidente Davi Alcolumbre cancelou ontem a sessão conjunta do Congresso Nacional. A próxima sessão está prevista para depois do Carnaval.

NOVIDADE

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse em entrevista à Globonews, que a instituição estuda uma forma de permitir saques de dinheiro em comércios, em vez de apenas em bancos ou em caixas eletrônicos.

ECONOMIA

A Caixa inicia nesta quinta-feira (13) o pagamento do Abono Salarial do Programa de Integração Social (PIS) calendário 2019/2020, para os trabalhadores nascidos nos meses de março e abril. Os beneficiários com conta individual na instituição, cadastro atualizado e movimentação, o crédito foi feito na terça-feira (11).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

COLUNA JPM

Bolsonaro lamenta marca de quase cem mil mortes pela Covid-19 e convoca sociedade a tocar em frente

Publicados

em

Por

TOCANDO EM FRENTE

O presidente Jair Bolsonaro disse, em transmissão pelas redes sociais, lamentar as mortes por Covid-19 no país, que devem chegar em breve a 100 mil, mas disse que é preciso tocar a vida e buscar formas de superar o novo coronavírus. “A gente lamenta todas as mortes, está chegando ao número 100 mil… mas vamos tocar a vida e buscar uma maneira de se safar desse problema”, disse Bolsonaro.

EFEITO COVID

Os efeitos da pandemia do novo coronavírus na economia foi mais drástico do que o previsto. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o Brasil encerrou o segundo trimestre com a maior taxa de desemprego em três anos e redução recorde no número de pessoas ocupadas, como consequência das medidas de contenção da pandemia de coronavírus.

ABENÇOADOS

Por outro lado, cerca de 10 milhões de trabalhadores que conseguiram manter os seus empregos retornaram ao trabalho após afastamento por causa da covid-19. De 12 a 18 de julho, estavam nessa condição 6,2 milhões (7,5% da população ocupada). O número de afastados caiu pela oitava semana seguida. Entre essas pessoas, 8,2 milhões (ou 11,3%) trabalhavam remotamente.

BEM NA PRAÇA

O presidente Jair Bolsonaro continua em alta com policiais militares. Uma pesquisa inédita divulgada pelo UOL mostra que parte considerável dos policiais brasileiros usa as redes sociais para interagir com páginas e grupos bolsonaristas. De acordo com o estudo feito pelo FBSP (Fórum Brasileiro de Segurança Pública) em parceria com a empresa de inteligência de dados Decode cerca de 41% dos praças da PM no país são bolsonaristas roxos.

Leia Também:  Deputados retornam as atividades na ALMT

BEM NA PRAÇA (2)

Por falar em bem na praça, se a eleição presidencial fosse hoje, o presidente Jair Bolsonaro seria reeleito com 38%, Fernando Haddad teria 14% dos votos, Sérgio Moro ficaria com pífios 10% e Ciro ficaria estacionado nos 6% de intenções de votos que sempre teve. Na pesquisa também aparecem com menos de 5% Henrique Mandetta e João Doria. Pela pesquisa, Bolsonaro lideraria isolado a intenção de votos para o 1º turno da disputa ao Planalto, em 2022. A pesquisa é do PoderData e foi coletada de 3 a 5 de agosto.

GESTO HUMANITÁRIO

Ao que tudo indica o presidente Bolsonaro também vai estar de bem com a comunidade libanesa no Brasil, que é a maior do mundo fora do Líbano. Em contato com a Embaixada do Líbano no Brasil e com a comunidade libanesa em São Paulo, Jair Bolsonaro identificou as necessidades no país e prometeu ajuda financeira. “O Brasil vai fazer mais que um gesto, algo concreto, para atender em parte aquelas pessoas que estão numa situação complicada”, declarou. Foi um gesto humanitário, acima de tudo.

Leia Também:  Fachin autoriza comissão de deputados a visitar Lula na prisão

ACERTIVO

O presidente Jair Bolsonaro deu um importante passo ao assinar a MP que abre crédito extraordinário de cerca de R$ 2 bilhões para viabilizar a produção e aquisição da vacina contra a covid-19. Ao menos, Bolsonaro evitou polêmica ao rejeitar a vacina russa e recomendar a compra da que está sendo desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford. Com isso, caso a eficácia do imunobiológico seja comprovada, o Brasil deverá produzir 100 milhões de doses.

BLINDAGEM

Assessores próximos ao presidente Jair BoIsonaro (sem partido) e a cúpula do governo no Palácio do Planalto estão tentando traçar uma estratégia para blindar o presidente sobre a revelação feita nesta sexta-feira (7) de que o ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, depositou R$ 72 mil na conta da primeira-dama, Michelle Bolsonaro. Mesmo com o presidente não tendo relação direta com as atitudes do filho, os fatos poderão respingar na imagem do Planalto. Canja de galinha de galinha e precaução não faz mal a ninguém, não é mesmo?

COMENTE ABAIXO:

Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA