Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

NO CAMINHO

Chuva provoca pequeno deslizamento em barranco próximo ao Portão do Inferno

Publicados

em

Da Redação

Um deslizamento de terra foi registrado nesta sexta-feira, 19 de novembro, em um trecho da MT-251, conhecido como Portão do Inferno, que ligas os municípios de Cuiabá e Chapada dos Guimarães.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros Militar (CBMMT), uma guarnição já foi acionada, porém, como não se trata de nenhuma ocorrência grave, não há necessidade uma atuação emergencial da guarnição.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Agrotóxicos podem ser a causa de casos de câncer e malformação?
Propaganda

CIDADES

Prefeita de Leverger lamenta novo decreto para população evitar aglomeração: “Perderam o medo”

Publicados

em

VG Notícias

Com o decreto proibindo a realização de eventos, como campeonatos com presença de público, shows, festas, carnaval, acesso às praias e confraternização familiar em vigor a partir desta segunda-feira (17.01), a Prefeitura de Santo Antônio de Leverger (distante 36km de Cuiabá) reforça a fiscalização.

A prefeita Francieli Magalhães (PTB) lamentou precisar emitir decreto para obrigar as pessoas a se conscientizarem aos cuidados para evitar contágio da Covid-19.

“Hoje em dia, as pessoas já sabem todos os procedimentos, usar máscara, passar álcool em gel, manter o distanciamento social, mas eu vejo que as pessoas perderam o medo e respeitam mais quando tem um decreto, parece que tem que ter aquela obrigatoriedade: ter um decreto no município, para as pessoas se conscientizarem”, lamentou.

Em relação à fiscalização, Francieli Magalhães pediu reforço à Polícia Militar do Estado de Mato Grosso. “Vamos estar com a equipe de fiscalização e vamos multar as pessoas que descumprirem. Já conversei com o nosso comandante para pedir apoio da PM, para nos auxiliar”, declarou a prefeita.

Leia Também:  Live sobre carreira de gestor governamental abre programação de 20 anos nesta terça (22)

Francieli Magalhães destacou que a fiscalização busca coibir qualquer tipo de festa clandestina, porém, pede mais conscientização da população. O decreto cita que o descumprimento das medidas deste Decreto acarretará a responsabilização civil, administrativa e penal dos agentes infratores.

A prefeita destacou que o Poder Público está fazendo o dever de casa. Segundo ela, o município tem recebido apoio do Governo do Estado e atualmente conta com sete leitos de UTIs Covid-19, que estão desocupadas: “Graças a Deus em nossa unidade hospitalar não faltam remédios, profissionais. Então assim, temos trabalhado bastante com muita seriedade e muito respeito ao dinheiro público.”

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA