Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

CARROS E MOTOS

Primeiro Mercedes SL com motor V8 completa 50 anos de história

Publicados

em


source
Mercedes-Benz 350 SL: um dos ícones de esportividade da marca alemã tem uma legião de fãs ao redor do mundo
Divulgação

Mercedes-Benz 350 SL: um dos ícones de esportividade da marca alemã tem uma legião de fãs ao redor do mundo


Poucos carros conseguem sobreviver no mercado por um período de 18 anos praticamente sem sofrer modificações visuais e sem perder o status de ícone. Este é o caso do Mercedes-Benz SL da geração R 107, roadster que completou 50 anos do seu lançamento neste mês de abril.


No Brasil, o Mercedes SL R 107 ficou conhecido como o carro da personagem Jennifer Hart (interpretada pela atriz Stefanie Powers) na série de TV dos anos 1980 “Casal 20”. Descendente direto do lendário 300 SL dos anos 1950, o R 107 era um carro totalmente novo, sendo o primeiro SL com a motorização V8.

Você viu?

Conversível com espaço para apenas dois ocupantes, trazia uma capota rígida removível que complementava a capota convencional de lona. O carro incorporava ainda tecnologias que se tornariam comuns nos automóveis das décadas seguintes, como a carroceria com aços de alta resistência e zonas de deformação programadas e para-brisa fixado por meio de cola.

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação

Leia Também:  Kia Stinger reestilizado está nos planos da marca para o Brasil

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação


Inicialmente, a única versão disponível era a 350 SL , equipada com um motor 3.5 V8 de 200 cv. Mas posteriormente, a linha iria incorporar também variações de seis cilindros (280 SL e 300 SL) além de motores V8 mais potentes, sendo o maior deles o 5.0 de 245 cv que equipou o 500 SL e trazia um sistema de injeção indireta e mecânica de gasolina com controle eletrônico.

Além de novos propulsores, ao longo de 18 anos de produção o SL R 107 ganhou alguns leves retoques estéticos — como a adoção de novas rodas e spoiler dianteiro e traseiro — e foi atualizado com modificações mecânicas como a suspensão dianteira reprojetada, novos modelos de câmbio e a inclusão de freios ABS, airbag do motorista e cintos de segurança com pré-tensionador.

A produção foi encerrada em agosto de 1989, com um total de 237.287 unidades produzidas na fábrica de Sindelfingen (Alemanha), sendo substituído pelo R 129. Mesmo tendo sido comercializado em uma época de importações proibidas no Brasil, o Mercedes SL R 107 não é um carro tão difícil de ser encontrado por aqui. Certamente ajuda o fato de ter mais de 30 anos de produção, permitindo a sua importação como automóvel antigo.

Leia Também:  Lima Duarte afirma: "Eu dei o primeiro beijo gay na TV! E exijo reconhecimento"
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Harley-Davidson celebra 10 anos de vendas no Brasil

Publicados

em


source
Harley-Davidson faz 10 anos no Brasil e mostra um dos eventos com fãs da marca, em 2014, o
Divulgação

Harley-Davidson faz 10 anos no Brasil e mostra um dos eventos com fãs da marca, em 2014, o “Harley Days”

Neste ano de 2021, a Harley-Davidson está comemorando 10 anos de operações de vendas no Brasil. A sua história no país é marcada com a inauguração da filial brasileira em 2011 com direito a desfile “Willie G. Parade” em São Paulo, em homenagem à participação especial de Willie G. Davidson, neto de um dos cofundadores da empresa.

Desde então a marca norte-americana fundada em 1903 não parou de investir a sua participação no Brasil. Além de ter inaugurado o Centro de Distribuição em Cajamar, São Paulo.

A empresa celebrou seus 110 anos de fundação com a participação de Bill Davidson, filho de Willie G. Davidson e VP do Harley-Davidson Museum ; e implantou o Centro de Treinamento em São Paulo em parceria com o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial).

Foto: Divulgação

Leia Também:  Veja os novos caminhões eletrificados de Mercedes-Benz e Scania

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Bem antes de estabelecer operações de vendas aqui, em 1998 a Harley-Davidson já havia construído a sua primeira fábrica de CKD (Complete Knock-Down) em Manaus, com foco no suprimento de motos ao mercado brasileiro.

Após as medidas restritivas do isolamento social por conta do Covid-19 forem contidas, a Harley Davidson prometer marcar presença no Salão Duas Rodas , além de promover encontros com entusiastas da marca.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA