Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

CARROS E MOTOS

Novo Audi A5 Sportback entra em pré-venda no mercado brasileiro

Publicados

em


source
Audi A5 Sportback
Divulgação

Audi A5 Sportback com motor 2.0 turbo, de 190 cv, pode acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 7,3 segundos, diz a fabricante


A Audi inicia no mercado brasileira a pré-venda do novo A5 Sportback, que chega com mudanças no visual e novos conteúdos tecnológicos. O carro chega nas lojas em janeiro, em duas versões e com preços a partir de R$ 284.990.


O novo A5 Sportback , que chegou nas concessionárias europeias no início do ano, traz uma nova grade frontal Singleframe, mais larga e que segundo o fabricante foi inspirado no icônico Audi Sport quattro de 1984, faróis do tipo LED Matrix, escape com ponteiras trapezoidais e lanternas traseiras com nova assinatura visual e setas traseiras dinâmicas.

No interior, o destaque vai para o novo sistema multimídia com tela de maior dimensão e sensível ao toque, que veio acompanhado de uma lista de equipamentos tecnológicos com controlador automático de velocidade adaptativo, alerta de saída involuntária de faixa e volante esportivo multifuncional com aletas para troca de marcha.



A Audi não divulgou a lista de equipamentos completas das duas versões, que serão oferecidas no Brasil com a mesma mecânica, centrada em um motor 2.0 TFSI de 190 cv e 32,6 kgfm e no câmbio automatizado S tronic de sete marchas e dupla embreagem. Conjunto que permite ao modelo acelerar de 0 a 100 km/h em 7,3 segundos.

Leia Também:  PF deflagra operação contra compra e venda de votos no TRF5

Dotado de tecnologia híbrida-leve, que traz um motor elétrico de pequenas dimensões projetado para reduzir a carga de trabalho do propulsor convencional, o veículo pode se deslocar com o motor a combustão desligado em velocidades entre 55 e 160 km/h, além do start-stop começar a funcionar em 22 km/h. O que resulta em um ganho em termos de consumo de gasolina.

O novo A5 Sportback será oferecido no Brasil em nove opções de cores externas e três combinações diferentes para o acabamento interno. Nessa fase inicial de pré-venda, a Audi promete uma supervalorização do usado que for usado na negociação pelo carro novo.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Chevrolet completa 96 anos de Brasil com 17 milhões de carros produzidos

Publicados

em


source
Nova geração do Chevrolet Tracker é um dos modelos montados na fábrica de São Caetano do Sul (SP)
Divulgação

Nova geração do Chevrolet Tracker é um dos modelos montados na fábrica de São Caetano do Sul (SP)

Você viu?

A Chevrolet completa 96 anos de presença entre os fabricantes brasileiros de automóveis. Segunda a montar uma fábrica no Brasil — sendo precedida apenas pela Ford — a marca da gravata douradas atingiu em quase um século a marca de 17 milhões de automóveis produzidos por aqui.

O dia 26 de janeiro de 1925 marcou o registro oficial da filial brasileira da General Motors , que no mesmo ano inaugurou a linha de montagem em um galpão na Avenida Presidente Wilson, na capital paulista. Dois anos, após a montagem do primeiro Chevrolet no Brasil, quando já haviam sido montados 50 mil carros, a empresa iniciou a construção da fábrica de São Caetano do Sul (SP), que até hoje é uma das principais plantas industriais da companhia no Brasil.

Leia Também:  PF deflagra operação contra compra e venda de votos no TRF5

Nas primeiras décadas, a fábrica localizada no ABC Paulista montava os carros vindos dos Estados Unidos e também produzia carrocerias para ônibus, que seriam montadas sobre os chassis importados. Ao mesmo tempo, trabalhava na nacionalização de alguns componentes.

Mas o primeiro Chevrolet nacional , um caminhão, foi fabricado apenas em 1957. Modelo que no ano seguinte iria ganhar um motor brasileiro, fundido, forjado e usinado na então nova fábrica de São José dos Campos (SP).

Em 1968, foi a vez de General Motors do Brasil fabricar o seu primeiro carro de passeio no Brasil. O Chevrolet Opala unia a carroceria do alemão Opel Rekord C com os motores usados na linha americana da Chevrolet. No ano seguinte, a filial local atingiu a marca de 500 mil carros produzidos.

Nas décadas seguintes, a General Motors do Brasil seguiu a tendência lançada com o Opala e se inspirou nos modelos da alemã Opel para renovar a linha de produtos Chevrolet de passeio.

Foi assim que surgiram modelos como o Chevette , Kadett e Monza , que seguiram em produção até os anos 1990, sendo sucedidos pelos novos Corsa, Vectra, Astra e Omega, Meriva e Zafira, todos também projetos originalmente da Opel.

Leia Também:  Governo de SP irá indicar localização de todos os radares de velocidade

A partir de 2012, com o lançamento do Cobalt, os Chevrolet brasileiros de passeio passaram a serem produtos independentes, desenvolvidos com grande participação da engenharia local e voltados para mercados em desenvolvimento.

A nova filosofia deu origem também aos modelos Spin, Prisma e Onix , hatch que atualmente está em sua 2ª geração e é o modelo mais vendido do Brasil.

A General Motors conta com três fábricas de carro no Brasil: São José dos Campos (SP), São Caetano do Sul (SP) e Gravataí (RS), além de fábricas de componentes em Mogi das Cruzes (SP) e Joinville (SC). Atualmente, são fabricados por aqui os Chevrolet S10, Trailblazer, Joy, Joy Plus, Onix, Onix Plus, Tracker e Spin.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA