Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

Brasil

Sebrae reforça parcerias pela inovação e qualificação de empreendedores

Publicados

em

O Sebrae e o governo federal trabalharão em sinergia com o objetivo de qualificar 9 milhões de brasileiros para gerar inovação nos próximos três anos. O anúncio foi feito pelo secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos Da Costa, durante reunião de líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), liderada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília. Na ocasião, o Sebrae também renovou parceria para incentivar a inovação em startups, pequenas e médias empresas, com a EMBRAPII, por meio do financiamento de R$ 100 milhões a ideias inovadoras em todo o Brasil.

A atuação prevista entre Sistema S e a Secretaria de Produtividade, Emprego e Competitividade (SEPEC) faz parte de um conjunto de projetos para estimular a inovação. Segundo Carlos Da Costa, aproximadamente de 9 milhões de pessoas serão qualificadas nos próximos três anos; sendo metade desse total composto por beneficiários do programa Bolsa Família. “Uma das diretrizes desta qualificação será a inovação. Mais do mesmo as máquinas podem fazer. A chave do processo de inovação são as pessoas e a elas precisam ser capacitadas”, contextualizou Da Costa. O secretário ainda ressaltou como pilares da inovação um ambiente de negócio adequado, a concorrência, a cultura da criatividade e políticas públicas eficazes.

Leia Também:  Países devem reduzir tarifas e buscar acordos comerciais, diz Ipea

O presidente do Sebrae, Carlos Melles, reforçou que o Sebrae está sempre próximo de agentes estratégicos e envolvido em projetos que fomentam a inovação, seja na atuação conjunta com a EMBRAPII ou com a SEPEC. “O Sebrae possui um importante papel de ponte por sua capilaridade e capacidade técnica e empresarial. Nossos projetos são motivo de grande celebração, pois estamos em todos os momentos, fazendo um país melhor por meio de sua competente ação”, ressaltou Melles.

Durante o evento, o Sebrae e a EMBRAPII (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial) renovaram parceria para incentivar a inovação de startups, pequenas e médias empresas. O objetivo é gerar 120 novos projetos e R$ 100 milhões para o financiamento de ideias inovadoras de empreendedores dispostos a tornar suas empresas mais eficientes e competitivas. O valor do contrato será somado aos recursos da EMBRAPII, das Unidades EMBRAPII e das empresas. Essa é a 2ª vez que as instituições firmam parceria. Na 1ª oportunidade, a adesão superou as expectativas e o aporte de R$ 20 milhões, que a princípio seria utilizado em quatro anos, foi liberado em dois anos, resultando em apoio a 109 projetos e R$ 77 milhões de incentivo.

Inovação na agenda pública
O evento, promovido pela CNI, é a primeira reunião conjunta entre a Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI) e a Frente Parlamentar Mista de Ciência, Tecnologia, Pesquisa e Inovação, visando fortalecer a agenda da inovação no Brasil. Em seu discurso, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, afirmou que a pasta concentra esforços para melhorar as condições técnicas cientificas dos ambientes de negócio.

Leia Também:  Governo libera R$ 1 bilhão para projeto de inovação em municípios

Já o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, defendeu que o país precisa priorizar a ciência e a tecnologia: “Temos que criar caminhos para que o setor produtivo do Brasil passe por uma revolução tecnológica e isso depende da articulação de todos. A Câmara está à disposição para avançarmos”. Davi Alcolumbre, presidente do Senado, ressaltou o trabalho feito pelo Congresso em prol da ciência e tecnologia e do setor produtivo, que na visão dele, é o grande responsável pela geração de emprego no país.

Ainda durante o encontro, a CNI assinou acordo com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) para execução de projetos de pequenas, médias e grandes empresas em inovação, digitalização de processos produtivos e internacionalização de empresas. A iniciativa deve beneficiar três mil empresas.

Assessoria de Imprensa Sebrae

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasil

Empreendedorismo feminino ganha espaço exclusivo no Sebrae

Publicados

em

Por

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o Sebrae preparou para o mês de março uma série de atividades para destacar a força da mulher empreendedora. Com o slogan “Empreender é poder”, nesta segunda-feira (2), será lançado espaço exclusivo dentro do Portal Sebrae para o empreendedorismo feminino. Além de inspirar mulheres a empreender de forma sustentável, a nova página vai funcionar como uma porta de entrada para os serviços e soluções oferecidos pelo Sebrae a esse público. São diversos conteúdos, como artigos sobre empreendedorismo feminino, dicas e informações sobre os projetos da instituição voltados para mulheres que sonham em empreender ou já possuem uma empresa. O espaço também busca incentivar mulheres a compartilhar histórias de superação no mundo dos negócios.

De acordo com coordenadora nacional de empreendedorismo feminino do Sebrae, Renata Malheiros, a criação da página foi pensada justamente para reforçar a importância de políticas de sensibilização e de tomada de consciência para mulheres. “As mulheres enfrentam mais desafios para se tornarem donas de seus próprios negócios e há muito desconhecimento das dificuldades enfrentadas. Existe uma questão cultural que influencia muito e é preciso reforçar constantemente esse discurso que as mulheres são capazes de empreender”, destacou.

Leia Também:  Obama aponta concentração de riqueza como motivo da instabilidade política no mundo

Além de conteúdo e informação, a página vai facilitar o acesso aos cursos online oferecidos de forma gratuita pelo Sebrae, com destaque para as capacitações voltadas para o desenvolvimento de soft skills (habilidades socioemocionais), consideradas como grandes desafios a serem superados pelas empreendedoras. “As mulheres no Brasil são mais escolarizadas que os homens e são boas nas chamadas competências técnicas (planejamento, gestão etc.) mas, por causa da cultura, ainda enfrentam dificuldades na hora de fazer um networking, tomar decisões com autonomia, assumir posição de liderança e defender uma ideia”, explicou Malheiros.

Programação
Por meio da nova página, o Sebrae também vai oferecer webinários ao longo do mês de março, com a participação de especialistas e mulheres reconhecidas em suas áreas de atuação. Entre os temas escolhidos estão liderança, finanças, inovação, política, entre outros.

O mês de março também terá diversos conteúdos para inspirar as mulheres nas redes sociais do Sebrae. Na próxima quinta-feira (5), será realizada uma live, a partir das 14h30, com a presença de duas empreendedoras de sucesso no DF. As convidadas são a empresária Adama Djalo, que veio de Guiné-Bissau (África) e hoje é dona do Salão Ouro Negro em Taguatinga (DF), e a paraibana formada em Direito, ex-servidora pública Giovanna Maia, proprietária do bar Loca Como Tu Madre, em Brasília.

Leia Também:  Depósitos na poupança em abril atingem maior saldo desde 2013

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA