Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

BASTIDORES DA REPÚBLICA

EM CAMPANHA: Bolsonaro: Lira será “segundo homem do Executivo” a partir de segunda-feira (1º)

Publicados

em

O PREFERIDO

Deputado Federal Arthur Lira - Portal da Câmara dos Deputados

Como é do conhecimento de todas as lideranças políticas, e sem esconder a sua preferência para a eleição à presidência da Câmara dos Deputados, que acontece na semana que vem, o presidente Jair Bolsonaro disse, nesta quinta-feira (28) que o deputado Arthur Lira (PP-AL) será eleito “se Deus quiser” para ser o “segundo homem do Executivo”.O comentário aconteceu durante cerimônia de inauguração de uma ponte sobre o Rio São Francisco, na BR-101, entre Alagoas e Sergipe. Nas últimas semanas, Bolsonaro intensificou as articulações com bancadas partidárias e frentes parlamentares para garantir mais votos ao seu candidato. Depois de passar meses dizendo que nunca interferiria nas eleições do Legislativo, o presidente agora faz de tudo para que a Câmara seja comandada por alguém aliado do governo.

BB INSATISFEITO

BB Estação Experimental: A agência do Banco do Brasil vive um abandono total – Sindicatos dos Bancários do Acre

Agora é para valer! Funcionários do Banco do Brasil programam para esta sexta-feira (29) um dia de paralisação nacional, em protesto às medidas de reestruturação recentemente anunciadas pela instituição. O governo quer fechar 112 agências e desligar 5 mil funcionários.A decisão de fazer uma paralisação de 24 horas, nesta sexta-feira, foi tomada na última segunda (25) em assembleia virtual de funcionários do banco. Segundo nota do Sindicato dos Bancários de Brasília, os trabalhadores cruzarão os braços durante um dia, em manifestação à proposta de reestruturação da instituição. Uma das principais críticas dos funcionários é a redução salarial de até 40%.

PROMESSA

Sem falar em prazos, o presidente Jair Bolsonaro prometeu, nesta quinta-feira, vacinar toda a população brasileira contra a covid-19 “em um curto espaço de tempo”, Bolsonaro nem comentou o fato do Brasil ter em mãos, até o momento, apenas cerca de 13 milhões de doses de vacinas liberadas.
“A Europa e alguns países aqui da América do Sul não tem vacina. E nós sabemos que a procura é muito grande. Nós assinamos convênios, fizemos contratos e compromissos, desde setembro do ano passado, com vários laboratórios e as vacinas começaram a chegar, e vão chegar, para vacinar toda a população em um curto espaço de tempo”, disse em discurso durante um evento em Sergipe.

Leia Também:  Livro editado pelo Senado traz discursos de JK na Presidência da República

MAIS CRÍTICAS

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar as medidas de isolamento social como forma de conter a disseminação do novo coronavírus. Ele disse que o “povo brasileiro é forte e não tem medo do perigo”. Segundo dados do consórcio de veículos de imprensa, o Brasil ultrapassou as 200 mil mortes pela covid-19.Bolsonaro afirmou fazer um apelo aos governadores e ressaltou que, segundo ele, sem apresentar dados, “a política de fechar tudo e ficar em casa não deu certo”. “Os mais vulneráveis são velhos e com comorbidades, o resto tem que trabalhar.”

GREVE

ANTB diz que greve dos caminhoneiros no dia 1º pode ser maior do que em 2018 – MA10

Nesta quinta-feira (28, no município de Propriá, no Sergipe. Bolsonaro participou de cerimônia de entrega do tráfego na ponte sobre o Rio São Francisco, na BR-101, entre Alagoas e Sergipe, e aproveitou para construir uma agenda positiva em relação a assuntos polêmicos.Um deles tem relação à greve dos caminhoneiros. Nessa quarta-feira (27/1), o chefe do Executivo pediu que a categoria não faça greve a partir da semana que vem. No evento no nordeste, ele foi até caminhoneiros que estavam à beira da BR-101 e passou quase meia hora em apertos de mãos e cumprimentos.
Uma paralisação do grupo está convocada para a próxima segunda-feira (1º). Bolsonaro foi questionado sobre a pauta da agenda com o ministro Paulo Guedes, e se abordou a redução do PIS/Cofins sobre o diesel, uma das demandas dos caminhoneiros.

Leia Também:  Ministro da Saúde prevê que o Brasil vai receber 24,7 milhões de doses da vacina contra o coronavírus em janeiro

VERGONHA NACIONAL

M.Officer é condenada em 2ª instância por trabalho escravo de bolivianos em S. Paulo – Hora do Povo

Desde o início da semana passada, cerca de 110 pessoas foram tiradas de situações análogas à escravidão pela Operação Resgate. A ação está sendo realizada em 23 unidades da federação e conta com membros da Polícia Federal, do Ministério Público do Trabalho (MPT), da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), do Ministério Público Federal (MPF) e da Defensoria Pública da União (DPU).A maior ação foi em Goiás, onde 24 pessoas foram retiradas de uma plantação de laranja. No mesmo estado, uma pessoa foi resgatada após trabalhar 15 anos em troca de moradia. Os dados foram apresentados pela nesta quinta-feira (28), dia nacional de combate ao trabalho escravo.
Entre os resgatados se destacam ainda dois adolescentes em Minas Gerais, três indígenas no Mato Grosso do Sul, cinco pessoas que eram exploradas num parque de diversões em Pernambuco, 11 resgatados em um garimpo na fronteira entre a Paraíba e o Rio Grande do Norte e duas pessoas com deficiência que eram exploradas no Rio Grande do Sul.

ECONOMIA OFICIAL

As contas do governo registraram em 2020 déficit primário recorde de R$ 743,087 bilhões, informou nesta quinta-feira (28) a Secretaria do Tesouro Nacional. Apenas no mês de dezembro, o governo teve déficit de R$ 44,113 bilhões. Déficit primário ocorre quando as despesas do governo superam as receitas com impostos e tributos. O resultado primário não considerada os gastos com o pagamento de juros da dívida pública. O déficit de R$ 743,087 bilhões registrado em 2020 é 666,5% maior que o verificado em 2019, que foi de R$ 95,065 bilhões, e, segundo o Tesouro Nacional, representa 10% do Produto Interno Bruto (PIB) estimado.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Bastidores da República

Investigação contra ministro Dias Tofolli vira batata quente nas mãos do STF

Publicados

em

BATATA QUENTE

O Supremo Tribunal Federal está com uma batata quente nas mãos. É que a Polícia Federal pediu abertura de inquérito para investigar a suposta participação do ministro Dias Toffoli, do STF, na venda de sentenças judiciais. A investigação precisa de autorização da própria Corte para ser iniciada. A solicitação foi enviada ao gabinete do ministro Edson Fachin, que encaminhou o caso para manifestação da Procuradoria Geral da República (PGR).

BATATA QUENTE (2)

Toffoli foi citado pelo ex-governador do Rio de Janeiro Sergio Cabral em depoimento válido por um acordo de delação premiada. Ele alegou que o ministro recebeu R$ 4 milhões em propina para favorecer dois prefeitos do Rio em processos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O magistrado atuou na Corte eleitoral entre 2012 e 2016. Por meio de nota, o ministro negou qualquer irregularidade, e disse que desconhece qualquer investigação contra ele.

OPERAÇÃO CORSÁRIOS

Quem também está na mira da Polícia Federal é a senadora Rose de Freitas (MDB-ES). A PF investiga o possível envolvimento dela numa organização criminosa que atuava na Companhia de Docas do Espírito Santo. Esquema envolvia direcionamento de licitação e desvio de recursos públicos de contratos. Para obter essas vantagens indevidas, o grupo usava um escritório de advocacia que simulava a prestação de serviços advocatícios para dar aparência de legalidade à movimentação de valores. Conforme apuração, a lavagem de dinheiro também acontecia por meio da compra de imóveis de luxo e pagamento de despesas pessoais dos envolvidos.

Leia Também:  BPW Cuiabá e Assembleia Social firmam parceria para implementação do Projeto Chita & e Fuxico

LEITE CONDENSADO

O presidente Jair Bolsonaro ironizou nesta quarta-feira (12) a Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) da covid-19. Ao relator da CPI, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), Bolsonaro sugeriu que seja criada também uma “CPI do leite condensado”. O chefe do Executivo reclamou sobre declaração de Calheiros, que afirmou que a investigação sobre desvios de verbas de estados poderá ser feita “se houver necessidade”, mas que não é objetivo inicial da comissão. “Vocês viram o Renan Calheiros essa semana? A CPI não existe para investigar desvio de recurso. Vou dar uma sugestão para o Renan: depois faça a CPI do leite condensado”, apontou rindo.

PEDIU PRA SAIR

O chefe da Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Giuseppe Dutra Janino deixou o cargo após 25 anos de serviços prestados à Justiça Eleitoral. Conhecido como o pai da urna eletrônica, por ter participado do grupo que projetou o equipamento, deixou o cargo a pedido. Foi nomeado em seu lugar Júlio Valente. A saída de Janino coincide com pedidos por parte do presidente Jair Bolsonaro para aprovação do voto impresso. “Com toda certeza nós aprovaremos no Parlamento e teremos, sim, uma maneira de auditar o voto por ocasião das eleições de 2022. Ganhe quem ganhar, mas na certeza, não na suspeição da fraude”, afirmou Bolsonaro.

Leia Também:  Apesar do bombardeio Jair Bolsonaro mantém aprovação do governo em 37%

E O ENEM?

Uma portaria do INEP, publicada no dia 11 de Maio, no Diário Oficial da União, é mais uma evidência de que não teremos mais uma edição do ENEM ainda em 2021. A Portaria trata das Metas Globais do INEP para o ano de 2021. Nas metas listadas não está a aplicação do ENEM. Outros exames, como o ENADE, o ENCCEJA e o CELPE-BRAS, também sob a responsabilidade do INEP, constam entre as metas, com a previsão da realização de um de cada destes exames em 2021. Sobre o ENEM consta, como meta, 100% do Planejamento e da Preparação Técnica do exame. Uma pena, né?

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA