Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

FESTIVAL DE CULTURA

Rádio Assembleia é parceira de festival que reúne cerca de 200 artistas locais

O evento será transmitido pelo Instagram do “Ixpia O Festival” de 7 de setembro a 4 de outubro

Publicados

em

A Rádio Assembleia (89,5 FM) transmitirá compactos da 2ª edição do “Ixpia O Festival”, que contará com 28 dias de programação – de 7 de setembro a 4 de outubro – e terá participação de cerca de 200 artistas de Mato Grosso ou que atuam no estado. O início é nesta segunda-feira (7).

Além dos resumos semanais, que serão veiculados aos sábados a partir das 13h, a emissora fará chamadas e entrevistas com organizadores e artistas para que os ouvintes possam acompanhar o que vai acontecer no festival.

Na nova edição, a principal novidade é a inclusão de artistas de diversas áreas além da música, destaca o organizador do evento, André Coruja. “O primeiro festival foi musical e realizado bem no início da pandemia. Agora será bem maior e terá também dança, teatro, fotografia, cinema, literatura, escultura, artesanato, pintura, além da participação de profissionais como produtores culturais e representantes de distribuidoras digitais”, explica.

Entre os artistas que vão se apresentar estão Hend (música), Rogê Além (música), Larissa Campos (literatura), Ananás (poesia), Bruno El Joe (música), Aline Fauth (dança), in-Próprio Coletivo (teatro), Ruth Albernaz (pintura) e Emanoele Daiane (fotografia). Segundo André Coruja, o festival terá representantes de diferentes municípios do estado e muita diversidade. “Vai ser aberto com artistas de diferentes classes sociais, etnias, orientações sexuais”, adianta.

Leia Também:  Maioria dos brasileiros quer retomar atividades culturais

O festival será composto por transmissões ao vivo (lives), vídeos gravados e posts. Profissionais de saúde foram convidados para fazer textos conscientizando sobre a pandemia do novo coronavírus e também sobre saúde mental, uma ação que faz parte do Setembro Amarelo.

O gerente da Rádio Assembleia, Eduardo Ferreira, lembra que a emissora é parceira do evento desde a primeira edição, quando transmitiu quase todo o festival. “A rádio pública tem a obrigação de apoiar a cultura, principalmente o que está fora do mainstream. Somos parceiros desses artistas autorais e locais e temos prazer em mostrar a diversidade musical e das demais manifestações culturais que vêm acontecendo no estado”, ressalta Ferreira. “Vamos falar do Ixpia durante os programas, veicular os resumos semanais e fazer chamadas. Também transmitimos o lançamento no último domingo”, completa.

O festival será on-line com transmissões e posts no Instagram do “Ixpia O Festival”. Mais informações estão disponíveis por lá e também podem ser obtidas pelo e-mail [email protected]. O evento será realizado de 7 de setembro a 4 de outubro, com exceção do dia 17 de setembro, quando não haverá atividades. A programação de cada dia é variável, mas as apresentações sempre acontecem entre 15h e 21h.

Leia Também:  Bolsonaro diz que busca a conscientização contra a covid-19
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ARTE & CULTURA

Comissão de Cultura debate situação do patrimônio histórico e artístico nacional

Publicados

em

A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados realiza audiência pública nessa sexta-feira (16) para discutir a situação do patrimônio histórico, artístico e cultural brasileiro e os desafios para assegurar sua proteção. O encontro atende requerimento da deputada Érika Kokay (PT-DF).

Foram convidados para o debate:
– o presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Pedro Machado Mastrobuono;
– o presidente do Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (Icomos – Brasil), Leonardo Castriota;
– a diretora-geral do Arquivo Nacional, Neide De Sordi;
– a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Larissa Peixoto;
– Mestre Paulão Kikongo, membro do Setorial do Patrimônio Cultural Imaterial e do Pleno do CNPC e membro do Grupo de Salvaguarda da Capoeira no Iphan-RJ;
– Mestre Alcides, presidente do Fórum para as Culturas Populares e Tradicionais (FCPT); e
– Raphael da Silva Cavalcanti, bibliotecário e analista em documentação e informação legislativa da Câmara dos Deputados.

Hora e local
A audiência pública será às 9 horas, no plenário 8.

Da Redação – RS

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Brasileira é uma das vítimas do ataque em igreja de Nice, diz Itamaray
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA