Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

REGIONAL

Lançamento de “Distúrbio”, primeira história em quadrinhos da ilustradora cuiabana

Publicados

em

A história se passa em Cuiabá-MT, entre os anos 90 e 2000, desde o início dos primeiros sintomas até a cura. São 60 páginas coloridas em aquarela, nas quais ela conta com certa dose de humor (dentro do possível) todas as memórias que a marcaram nessa época.

Foram dois anos para concluir a obra, que foi inteiramente produzida pela ilustradora, desde roteiro até a diagramação.

A história pode gerar identificação com todas as idades mas, fala particularmente da importância da comunicação entre pais de meninas que estão entrando na adolescência, numa fase de mudanças físicas e emocionais e numa sociedade que bombardeia as mulheres com padrões inatingíveis de beleza.

Além disso, o livro também pode ajudar profissionais da área na abordagem com pacientes que estejam em tratamento.

A HQ “Distúrbio” é uma publicação independente, foi viabilizada pela plataforma de financiamento coletivo “Catarse” e as unidades extras estão sendo vendidas pela autora no seu canal no Instagram @danidiasarte.

Dani Dias é ilustradora e quadrinista cuiabana. Mantém um ateliê onde se dedica a criar ilustrações e a ministrar cursos. Ilustrou “Jeri Kurireu: O menino que se reinventou” de Daniela Freire e “Tereza Natureza e Sofia Tecnoalogia” de Val Baminger e Belle John, ambos publicados pela editora Entrelinhas. Também publicou um ensaio de nus em aquarela chamado “Pelados em Sonhos” pelo selo Aroe.

Leia Também:  Inclusão Literária: Cine Teatro é o novo ponto de coleta para doações de livros

Veja:

Assessoria

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ARTE & CULTURA

Produção de escritores mato-grossenses intensivistas estará disponível em biblioteca digital

Publicados

em

Por

No próximo domingo (20.06), às 17h, será lançado o site do projeto “Criação da Biblioteca Digital do Intensivismo”, da professora e pesquisadora Cristina Campos, aprovado no edital Mato Grosso Criativo realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

O lançamento será transmitido nos canais do Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários da Universidade do Estado de Mato Grosso (PPGEL/Unemat), da Revista Pixé Canal Literário e da Editora Carlini & Caniato.

Após o evento de lançamento, a Biblioteca Digital do Intensivismo estará disponível no endereço eletrônico www.intensivismo.com.br. O site hospedará periódicos, documentos e livros referentes ao Intensivismo, movimento literário de vanguarda que aconteceu em Mato Grosso a partir do final dos anos 1940.

Cristina Campos acredita que a disponibilização do acervo digital fomentará a pesquisa acerca desta face da produção literária do Modernismo em Mato Grosso. “O material é de difícil acesso, pois se encontra disperso por acervos familiares e bibliotecas. Venho coletando e digitalizando ao longo de muitos anos”.

O secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), Alberto Machado, destaca a importância da disponibilização do acervo. “A digitalização deste segmento literário mato-grossense é muito importante para a valorização da nossa cultura. Permitirá a ampliação do acesso a obras de grandes pensadores, escritores do nosso Estado”.

Leia Também:  EXPOSIÇÃO: Artista visual realiza exposição de miniaturas em Primavera do Leste

Além do site, foram produzidos três folders destinados a professores do 3º ano do 2º grau, professores e alunos de Letras e Pós-graduação em Estudos Literários e Cultura Mato-grossense.

Eles trazem informações sobre o movimento, alguns manifestos assinados por Wlademir Dias Pino, além de poemas de tradicionais e jovens autores intensivistas. “Funcionarão como tira-gosto, a fim de despertar o interesse pelo Intensivismo”, destaca Cristina Campos.

O Intensivismo foi reconhecido pela Lei nº 9.244, de 18 de novembro de 2009, como forma de manifestação literária e cultural mato-grossense. Destaca-se pelo simbolismo duplo e superposição de leituras em substituição da concreção da fala. Os poemas são desmontáveis como em um procedimento matemático.

Dentre os escritores de maior expressão deste movimento estão: Wlademir Dias Pino, Benedito Santana da Silva Freire, Rubens de Mendonça, Dias da Cruz, José Lobo, Lopes de Brito, Newton Alfredo, Amália Verlangieri, Agenor Ferreira Leão e Antônio Costa.

Serviço

Live de lançamento do projeto “Criação da Biblioteca Digital do Intensivismo”

Data: 20 de junho de 2021

Leia Também:  Sistema Penitenciário realiza Encontro de Educação, Trabalho e Renda

Horário: 17h

Local: Canal de Youtube do PPGEL/Unemat, da Editora Carlini & Caniato e da Revista Pixé Canal Literário

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA