Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

ACADEMIA DE LETRAS

Rui Matos concorre à cadeira nº 02 da Academia Mato-grossense de Letras

Ele é um dos 11 concorrentes às vagas que eram ocupadas pelos escritores Marília Beatriz de Figueiredo Leite e Benedito Pedro Dorileo

Publicados

em

Uma disputa acirrada marca a escolha de dois novos membros da Academia Mato-grossense de Letras (AML). Onze candidatos disputam as duas cadeiras que tem como patronos Joaquim da Costa Siqueira (Cadeira nº 02) e Joaquim Duarte Murtinho (Cadeira nº 26). Os últimos ocupantes foram Marília Beatriz de Figueiredo Leite e Benedito Pedro Dorileo, respectivamente. Para a presidente da AML, Sueli Batista, o número de inscritos superou as expectativas. “É um privilégio ver a nossa Academia de Letras tão prestigiada. Isso mostra que a AML tem projeção e que há renovação de escritores. Temos que comemorar”, declarou.

Rui Matos é jornalista há mais de 20 anos e teve o seu segundo romance lançado pela Carlini & Caniato

Nesta terça-feira (13), as Comissões de Admissibilidade e de Mérito começaram analisar os currículos, documentos e obras dos candidatos. Emitidos os pareceres, dá-se prosseguimento ao processo eleitoral, cujo sufrágio ocorrerá no dia 7 de agosto. “Serão concorridas às disputas, não só pelo número dos inscritos, mas também pelos méritos”, frisou a presidente da AML.

A Academia Mato-grossense de Letras (AML) é a mais antiga instituição literária de Mato Grosso, em atividade desde a sua fundação em 1921. Está sediada em Cuiabá, na Casa Barão de Melgaço, imóvel que pertenceu ao Barão de Melgaço, onde funciona também o Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso.

Leia Também:  Primeira-dama acompanha dia de beleza de garis e destaca importância da autoestima

O escritor e jornalista Rui Matos, um dos seis candidatos à cadeira nº 02, diz ser um privilégio poder estar no mesmo ambiente antes frequentado por personagens históricos como José de Mesquita, Barão de Melgaço, Visconde de Taunay e José Barnabé de Mesquita, só para citar alguns. “Temos personagens mais recentes que também deixaram o seu legado à cultura, artes e literatura mato-grossense e que passaram pela Casa Barão de Melgaço. Admiro muito Dunga Rodrigues, Maria de Arruda Muller, meu saudoso amigo colega de crônicas na Revista RDM, Benedito Pedro Dorileo; além de minha vizinha e querida amiga, Marília Beatriz de Figueiredo Leite”, completou Rui Matos.

O autor recorda que teve uma saudosa convivência com Maria e o professor Dorileo. “Marília foi minha vizinha no bairro Coophema e trocávamos ideias desde quando decidi aproveitar a experiência jornalística na literatura. Era criteriosa nos elogios e dura nas críticas. Ajudou-me muito. Já a convivência com o professor Dorileo ocorreu nos tempos em que ele foi cronista na Revista RDM, onde trabalho até hoje. A fala mansa, serenidade até no ritmo do andar e as palavras sábias eram as suas características”. Rui Matos salienta que a Academia Mato-grossense de Letras perdeu dois grandes membros, no entanto, onze candidatos concorrendo a essas duas vagas mostra o respeito e o reconhecimento aos últimos ocupantes. “Estou feliz só de participar e desejo a mesma sorte aos demais concorrentes”.

Leia Também:  Secel oferece plantões online para tirar dúvidas sobre editais da Lei Aldir Blanc

O escritor observa que antes de ser um sonho, as suas razões para ingressar na Academia de Letras se balizam no nobre desejo de poder contribuir com os propósitos da honrada instituição. “Fazer parte da AML, além de servo humílimo das letras que constroem o ambiente da literatura universal e a própria saga da Academia Mato-grossense de Letras, é ter o próprio trabalho literário coroado. Só de participar do pleito enquanto candidato, muito me honra”, conclui Rui Matos. Ele é autor da trilogia Agnus Dei, que já teve lançada as duas primeiras obras românticas: No Mar de Água Doce e A Voz dos Sinos (Carlini & Caniato). Rui Matos também é jornalista há mais de 20 anos em Cuiabá e acumula dois prêmios literários e quatro prêmios jornalísticos.

Candidatos para a Cadeira nº 02

Caio Augusto Ribeiro

Celso Ferreira da Cruz Victoriano

Gabriel Augusto Leal

Kleiber Leite Pereira

Marli Walker

Rui Matos

Candidatos para a Cadeira nº 26

Allan Kardec Pinto Acosta Benitz

Antônio Ernani Pedroso Calháo

Bruno Lima Barcellos

Josué Ribeiro da Silva Nunes

Mário Cézar Silva Leite

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ARTE & CULTURA

Florada dos Ipês é atração em galeria de fotógrafo cuiabano

Publicados

em

Tendo como identidade de seus trabalhos a Florada dos Ipês, o fotógrafo Amaury Santos celebra o sucesso de sua galeria de arte homônima, localizada no Espaço La Provence, em Cuiabá, onde expõe suas fotografias com a coleção Nature, retratando uma parte de Chapada dos Guimarães, Pantanal e a Lagoa Azul, em Primavera do Leste.

De acordo com Amaury, o convite aconteceu porque seu primo Edson Canuto trabalha no espaço e, em conversa com os proprietários, contou sobre seu trabalho fotográfico. Em uma reunião de apresentação, descobriu-se que além de fotografias de qualidade, os públicos eram afins. Uma vez que, até então, no espaço não se trabalhava com artistas, surgiu a oportunidade e a parceria foi firmada.
As obras foram produzidas e a exposição foi montada. “ Estou muito feliz. É um caminho em construção, as coisas estão fluindo e tenho certeza de que tudo vai dar certo ”, explica ele.

Entre as 15 obras expostas no local, está a premiada em primeiro lugar no Brasília Photo Show, categoria agronegócio: Cavalos Pantaneiros, que retrata o dia a dia do homem pantaneiro, o peão, a lida com o cavalo, o Lago de Manso, a Lagoa Azul em Primavera do Leste, além dos Ipês. Ele também disponibiliza um catálogo com diversos temas das belezas do nosso Estado. As obras serão produzidas de acordo com o tamanho e projeto do ambiente do cliente.

Leia Também:  Lei garante que o Estado compre livros inclusivos para bibliotecas públicas

A Galeria Amaury Santos, é aberta ao público em geral. Funciona em horário comercial, de segunda a sábado e as vendas das obras são realizadas pela La Provance Decor, loja de decoração que fica no local.
“É bom saber que a minha galeria, está atraindo mais público para o espaço. Isso é um ponto muito positivo”, revela Amaury.

*Serviço*
O que: Galeria Amaury Santos
Horário: Segunda à sexta – 08h30 às 18h / Sábado – 08h30 às 17h.
Onde: Espaço La Provence – Av. Presidente Marques, 35 – Goiabeiras, Cuiabá – MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA